Álcool e problemas de saúde

Vinho - HHS.gov

Consumir muito álcool pode prejudicar sua saúde. A ingestão excessiva de álcool pode levar à morte. As pessoas que morrem em decorrência do consumo de álcool têm sua vida diminuída em 30 anos em média.

O que é um drink?

Nos EUA, um drink padrão contém 14 gramas de álcool puro. Geralmente isso representa:

* 340 gramas de cerveja (5% de álcool).

* 226 gramas de licor de malte (7% de álcool).

* 140 gramas de vinho (12% de álcool).

* De 28 a 140 gramas de bebidas destiladas como gin, rum, vodka e whiskey.

PUBLICIDADE

O que é considerado consumo de álcool excessivo?

O consumo excessivo de álcool é definido como:

* Para mulheres: 4 ou mais drinks durante uma única ocasião; ou 8 ou mais drinks por semana.

* Para homens: 5 ou mais drinks durante uma única ocasião; ou 15 ou mais drinks por semana.

A maioria das pessoas que bebem excessivamente não são dependentes de álcool (alcoolismo).

O que é beber moderadamente?

O “Dietary Guidelines for Americans” define beber moderadamente como não mais que 1 drink por dia para mulheres e 2 drinks para homens. 

PUBLICIDADE

Porém, algumas pessoas não devem beber nenhuma quantidade de álcool, incluindo:

* Mulheres grávidas ou tentando engravidar.

* Pessoas tomando remédios que podem ter reações adversas quando misturados com álcool.

* Menores de 21 anos.

* Pessoas se recuperando de alcoolismo ou incapazes de controlar a quantidade que bebem.

* Pessoas que estão dirigindo, vão dirigir ou participem de atividades que requerem habilidade, coordenação e concentração.

Problemas de curto prazo à saúde relacionados ao consumo excessivo de álcool 

O consumo excessivo de álcool tem efeitos imediatos no risco para muitos problemas de saúde, incluindo:

* Lesões decorrentes de acidentes de carro, quedas e queimaduras.

* Violência, incluindo homicídio, suicídio e agressão sexual.

* Envenenamento por álcool, uma condição médica de emergência decorrente de níveis muito altos de álcool no sangue.

* Comportamento sexual perigoso, incluindo sexo sem proteção ou com vários parceiros. Esses comportamentos podem resultar em gravidez não desejada e doenças sexualmente transmissíveis (DST), incluindo AIDS.

* Entre mulheres grávidas: aborto, parto prematuro, perturbações do espectro do álcool fetal e síndrome do alcoolismo fetal.

Problemas de longo prazo à saúde relacionados ao consumo excessivo de álcool

Com o tempo, o consumo excessivo de álcool pode levar ao desenvolvimento de doenças crônicas e outros problemas sérios, incluindo:

* Pressão alta, doenças cardiovasculares, AVC, doenças hepáticas e problemas digestivos.

* Câncer de mama, boca, garganta, esôfago, fígado e cólon.

* Problemas de memória e aprendizado, incluindo demência e desempenho acadêmico ruim.

* Problemas sociais, como perda de produtividade, problemas familiares e desemprego.

* Dependência ao álcool, ou alcoolismo.

Ao evitar o consumo excessivo de álcool você pode reduzir o risco desses efeitos de curto e longo prazo à sua saúde.

Saiba mais:
Cerveja dá barriga?
Barriga de chopp ou de cerveja
Alcoolismo familiar
Anorexia Alcoólica ou Drunkorexia
Ressaca ou Veisalgia
Cirrose hepática e problemas no fígado
Defeitos de Nascença - Genética, consumo de álcool
Perturbações do espectro do álcool fetal e Síndrome do alcoolismo fetal
Álcool e as festas de fim de ano
Vinhos - Benefícios do vinho à saúde
Resveratrol no vinho tinto é antiinflamatório
Fígado gorduroso ou gordura no fígado - Causas, sintomas e tratamento
Biologia da dependência - Álcool e drogas podem sequestrar seu cérebro
Microcefalia - O que é, causas, tratamento
Mais saúde e diversão nas festas de fim de ano


PUBLICIDADE


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2014, Hélio Augusto Ferreira Fontes
Texto: CDC - Centers for Disease Control