Copacabana Runners

Angina
O que é, tratamentos

Coração - Mikael Häggström, domínio público

O que é angina?

Angina é dor ou desconforto no peito quando os músculos cardíacos não recebem sangue suficiente. Angina pode ser sentida como uma pressão ou aperto no peito. A dor também pode ocorrer nos ombros, braços, pescoço, mandíbula ou costas. Angina também pode ser sentida como uma indigestão

Angina é um sintoma de doença das artérias coronárias, o tipo mais comum de doença cardíaca. A doença na artéria coronária acontece quando as placas acumulam-se nas artérias coronárias. Esse acumulo de placas é chamado aterosclerose. À medida que as placas se acumulam, as artérias coronárias ficam estreitas e duras. O fluxo sanguíneo para o coração é diminuído, reduzindo o suprimento de oxigênio para o músculo cardíaco. 

Nem toda dor ou desconforto é angina, porém sempre deve sempre ser checada por um médico.

Tipos de angina

Os três tipos de angina são:

* Angina estável. Esse é o tipo mais comum de angina. Ele ocorre quando o coração está trabalhando mais forte do que o usual. Na angina estável há um padrão regular, o qual depois de alguns episódios a pessoa pode reconhecer e prever quando ocorrerá. A dor da angina estável geralmente vai embora alguns minutos depois da pessoa repousar ou tomar medicamento. Angina estável aumenta a probabilidade de ataque cardíaco futuro.

* Angina instável. Essa é uma condição muito perigosa que requer tratamento de emergência. É um sinal de que ataque cardíaco pode ocorrer logo. Diferente da angina estável, a instável não segue um padrão. Ela pode ocorrer sem esforço físico e não é aliviada com repouso ou medicamento.

* Angina variante (Prinzmetal). Esse é um tipo raro de angina que geralmente ocorre quando a pessoa está repousando. A dor pode ser forte e geralmente ocorre entre a meia-noite e cedo de manhã. Angina variante é aliviada com medicamentos.

Tratamentos para angina

Os tratamentos para angina incluem mudanças no estilo de vida, medicamentos, procedimentos especiais e reabilitação cardíaca. Os objetivos principais do tratamento são:
* Reduzir a freqüência e severidade dos sintomas.
* Prevenir ou diminuir o risco de ataque cardíaco e morte.

Caso os sintomas sejam leves e não estejam piorando, os únicos tratamentos necessários são mudança no estilo de vida e medicamentos. Angina instável é uma condição de emergência que requer tratamento hospitalar.

Mudanças de estilo de vida

A primeira coisa que uma pessoa com angina deve fazer é realizar algumas alterações de estilo de vida, como:
* Caso angina venha com esforço físico, diminuir o esforço ou fazer paradas de descanso.
* Caso angina venha depois de refeição pesada, evitar refeições grandes que façam sentir-se cheio.
* Caso angina apareça com o estresse, evitar situações estressantes ou perturbadoras e aprender técnicas para administrar o estresse que não pode ser evitado.

A pessoa também pode fazer outras mudanças no estilo de vida, como por exemplo:
* Caso seja fumante, parar de fumar.
* Praticar exercícios físicos sob orientação médica.
* Emagrecer caso esteja acima do peso.

Medicamentos para tratamento de angina

Nitratos são os medicamentos mais usados para tratar angina. Preparações de ação rápida são tomadas quando angina ocorre ou espera-se que ocorra. Nitratos relaxam e alargam os vasos sanguíneos, permitindo que mais sangue flua até o coração reduzindo o seu trabalho.

Nitroglicerina é o nitrato mais comumente usado para tratar angina. A nitroglicerina que dissolve abaixo da língua, ou entre a bochecha e gengiva, é usada para aliviar um episódio de angina. Nitroglicerina, em forma de pílula e adesivo para a pele, é usada para prevenir ataques de angina e age muito devagar para aliviar a dor durante um ataque.

Outros medicamentos usados para o tratamento de angina incluem:
* Beta bloqueadores que diminuem a freqüência cardíaca e abaixam a pressão sanguínea. Eles podem postergar ou prevenir um ataque de angina.
* Bloqueadores dos canais de cálcio relaxam os vasos sanguíneos de modo que mais sangue flua ao coração, reduzindo a dor da angina. Eles também diminuem a pressão sanguínea.
* Inibidores das enzimas conversoras da angiotensão (ACE em inglês) diminuem a pressão sanguínea e reduzem o esforço do coração. Eles também diminuem o risco de ataques cardíacos futuros e insuficiência cardíaca.

Pessoas com angina também podem usar:
* Medicamentos para diminuir os níveis de colesterol.
* Medicamentos para baixar a pressão sanguínea.
* Aspirina, clopidogrel e inibidores da glicoproteína IIb-IIIa.
* Anti-coagulantes.

Procedimentos especiais para tratamento da angina

Quando medicamentos e outros tratamentos não controlam angina, procedimentos especiais (invasivos) podem ser necessários. Dois procedimentos comumente usados são:
* Angioplastia. Esse procedimento abre artérias bloqueadas ou estreitadas.
* Cirurgia de ponte de safena. Esse procedimento usa artérias ou veias de outra área como um desvio pela artéria coronária bloqueada.

Reabilitação cardíaca

A reabilitação cardíaca é executada por uma equipe que pode incluir: médico, enfermeiro, fisioterapeuta e especialista em exercícios físicos. A reabilitação cardíaca tem duas partes:
* Treinamento de exercício físico. Isso ajuda a pessoa a exercitar-se de forma mais segura, fortalecer os músculos e melhorar a energia e resistência.
* Educação e aconselhamento. Isso ajuda o paciente a entender sua condição e encontrar formas de reduzir o risco de problemas cardíacos. A equipe de reabilitação cardíaca ajudará o paciente a aprender como lidar com o estresse de ajustar-se a um novo estilo de vida e seus medos em relação ao futuro.

Saiba mais:
Angiografia coronária
Cateterismo Cardíaco
Doenças cardíacas - Prevenção de doença cardíaca e seus tipos
Doenças cardiovasculares
Doença das artérias coronárias e ataque cardíaco em mulheres - Fatores de risco
Doença arterial coronariana - Diagnóstico
Doença arterial coronariana - Tratamento
Doença arterial coronariana - Sinais e Sintomas
Doença arterial coronariana - Causas
Doença arterial coronariana
Doença das artérias coronárias
Aterosclerose
Infarto do miocárdio ou ataque do coração - Sintomas
Cirurgia Cardíaca
Cirurgia das coronárias - Ponte de safena, ponte mamária



Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Texto: National Heart, Lung, and Blood Institute
Tradução: copyright © por Helio Augusto Ferreira Fontes