Copacabana Runners

Diagnóstico da Artrose ou Osteoartrite

Como você sabe se tem artrose ou osteoartrite?

Geralmente a artrose, também conhecida como osteoartrite, aparece lentamente. No começo da artrose, ou osteoartrite, as articulações podem doer depois de atividade física. Posteriormente, a dor pode ficar mais persistente e a pessoa também podem sentir rigidez nas articulações, particularmente depois de acordar de manhã ou de estar em uma posição por muito tempo. Embora a artrose possa ocorrer em qualquer articulação, ela mais freqüentemente ataca as mãos, joelhos, quadril e espinha (tanto no pescoço quanto na região lombar). As diferentes características da artrose depende das articulações afetadas.

Informações sobre as articulações mais freqüentemente afetadas pela artrose

Mãos - Artrose nas mãos parece ter algumas características hereditárias. Se a sua mãe ou avó teve artrose nas mãos, você sofre um risco maior de ter também. Mulheres têm maior probabilidade de desenvolver artrose nas mãos, sendo que a maioria dos casos acontece depois da menopausa. Quando a artrose desenvolve-se nas mãos, pequenas saliências ósseas podem aparecer nas extremidades das articulações dos dedos (aquelas perto das unhas). Saliências ósseas similares podem aparecer nas articulações médias dos dedos. Os dedos podem ficar inchados, doloridos, duros e entorpecidos. A base da articulação do polegar também é comumente afetada pela artrose.

Joelhos - As articulações dos joelhos estão entre as mais comumente afetadas pela artrose. Sintomas de artrose no joelho incluem rigidez, inchaço e dor, que tornam difícil andar, subir escada, sentar e levantar de cadeiras e banheiras. Artrose nos joelhos pode ser desabilitante.

Quadril - Outro local comum de artrose é o quadril. Assim como a artrose nos joelhos, os sintomas da no quadril incluem dor e rigidez na própria articulação. Porém, em algum casos, a dor é sentida nas nádegas, virilha, coxas e até nos joelhos. Artrose no quadril pode limitar a movimentação, tornando atividades cotidianas, como vestir-se e colocar um sapato, um desafio.

Espinha - Artrose na espinha pode aparecer como rigidez e dor no pescoço ou região lombar. Em alguns casos, alterações na espinha relacionadas à artrose podem causar pressão nos nervos onde eles saem da coluna espinhal, resultando em fraqueza ou entorpecimento dos braços ou pernas.

Como os médicos fazem o diagnóstico da artrose?

Não há um teste unicamente capaz de diagnosticar a artrose. A maioria dos médicos utiliza uma combinação dos métodos a seguir para diagnosticar artrose e eliminar outras condições que possam estar causando os sintomas.

Histórico clínico. O médico começa pedindo ao paciente que descreva os sintomas, quando e como eles começaram e também como evoluíram com o tempo. O médico também perguntará por outros problemas médicos que o paciente e membros próximos da família têm e sobre medicamentos tomados pelo paciente. Respostas acuradas a essas perguntas podem ajudar o médico a fazer o diagnóstico e entender o impacto que a doença tem na vida do paciente.

Exame físico - O médico checa os reflexos do paciente e saúde geral, incluindo força muscular. Ele também examina as articulações que incomodam e observa a habilidade do paciente de caminhar, abaixar-se e desempenhar outras atividades do cotidiano.

Raio-x - Os médicos requisitam raio-x para ver o quanto a articulação foi danificada. Raios-x da articulação afetada podem mostrar coisas como perda de cartilagem, dano ósseo e esporões. Porém, freqüentemente há uma grande diferença entre a gravidade da artrose mostrada no raio-x e o grau de dor e problemas motores enfrentados pela paciente. Ainda, raio-x não mostra os danos iniciais da artrose antes que haja muita perda de cartilagem.

Ressonância magnética - A ressonância magnética provê imagens computadorizadas de alta resolução dos tecidos internos do corpo. Esse procedimento usa um ímã potente que passa pelo corpo para criar as imagens. Médicos geralmente usam ressonância magnética se há dor e os achados do raio-x foram mínimos e sugerem danos a outros tecidos das articulações, como um ligamento ou o menisco.

Outros exames - O médico pode requisitar teste de sangue para eliminar outras causas dos sintomas. Ele também pode pedir uma aspiração da articulação através de uma agulha e examinar o fluido sob microscópio.

Geralmente não é difícil dizer ao paciente que ele tem artrose. O mais difícil é dizer se é a artrose que está causando os sintomas. Artrose é tão comum, especialmente em idosos, que os sintomas que parecem ser causados por ela podem na verdade ser decorrentes de outra condição médica. O médico tentará descobrir o que está causando os sintomas ao eliminar outras desordens e identificar condições que podem estar piorando os sintomas. A gravidade dos sintomas da artrose pode ser influenciada em grande escala pela atitude do paciente, ansiedade, depressão e nível de atividade diária.


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:



comments powered by Disqus

Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

Artigos relacionados:
O que é artrose ou osteoartrite
Hiperuricemia e gota - O que é, tratamento
Gota - O que é essa doença, tratamento, causas, diagnóstico
Ácido úrico e gota
Cirurgia de substituição de articulação - Prótese no joelho e quadril
Artrite Psoriática - O que é, sintomas, causas
Artrite Reumatóide - Tratamento
Artrite Reumatóide
Estenose espinhal e artrose na coluna vertebral
Fibromialgia - Sintomas e causas
Fibromialgia - Tratamento, fisioterapia, medicamentos
Fibromialgia tem cura?
Tratamento da Artrose ou Osteoartrite
Osteoartrite - impacto da perda de peso
Ácido Úrico / Gota Úrica - Sintomas, Dieta e Nutrição
Óleo de Prímula
Reumatismo
Bursite
Fibromialgia
Glicosamina - Glucosamina
Sulfato de Condroitina
Exercícios físicos e problemas de coluna como lordose, cifose e escoliose
Desvios posturais e lateralidade podem ser corrigidos com musculação
Boa postura corporal e postura sentada
Lombalgia
Exercícios aeróbicos - Saúde e exercício aeróbico
Antiinflamatórios não-esteróides
Dipirona Sódica - Novalgina, Neosaldina, Buscopan Composto
Dor crônica
Artrite e exercícios físicos
Depressão - Sintomas e causas
Edema
Inflamação nas articulações
Tendinite e Bursite
Meniscos - Lesões, cirurgia e tratamento
Lesões por superuso x Lesões traumáticas
Psicologia e respostas emocionais a lesões esportivas
Dor no Joelho - Síndrome Patelofemoral
Artroscopia - Cirurgia para o joelho
Ressonância magnética
Torcicolo - Dor no pescoço
Psoríase - Fotos, causa, sintomas, diagnóstico
Psoríase - O que é, causas, sintomas e tratamento
Psoríase
Lupus e gravidez
Síndrome de Guillain-Barré
Doença celíaca ou alergia ao glúten
Doença celíaca
Lupus - Causas, sintomas, diagnóstico
Lupus - Tratamento
Lúpus eritematoso sistêmico
Luxação e subluxação - tratamento e fisioterapia no ombro, pé, patela, tornozelo, cotovelo
Luxação de ombro - Tratamento do ombro deslocado
Exercícios de Alto Impacto e Artrose
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2007, Hélio Augusto Ferreira Fontes
Texto: National Institute of Arthritis and Musculoskeletal and Skin Diseases (NIAMS)