Câncer de colo do útero ou cervical - Causas e fatores de risco

Idosos ativos - National Cancer Institute Image Gallery

O que é câncer de colo do útero ou cervical

Tumores no colo do útero, ou cérvix, podem ser benignos ou malignos. 

Os tumores benignos não são câncer, não invadem os tecidos ao redor e geralmente não apresentam ameaça à vida. 

Já os tumores malignos (câncer de colo do útero ou cervical):
* Podem invadir tecidos e órgãos ao redor.
* Podem se espalhar para outras partes do corpo.
* Podem ser ameaça à vida.

PUBLICIDADE

O câncer de colo de útero, ou cervical, começa na superfície do cérvix, o qual é a porção inferior e estreita do útero. Com o tempo, o câncer cervical pode invadir mais profundamente o colo do útero e tecidos próximos. 

As células cancerosas podem entrar em vasos sanguíneos ou linfáticos, os quais se ramificam para todos os tecidos do corpo. As células cancerosas podem se ligar a outros tecidos e desenvolver novos tumores que podem danificar outras partes do corpo. Quando o câncer se espalha isso é chamado metástase.

Fatores de risco e causas do câncer de colo do útero ou cervical

Os médicos nem sempre podem explicar as causas do desenvolvimento do câncer de colo do útero. Porém, saber-se que há alguns fatores de risco que podem aumentar a probabilidade da mulher desenvolver câncer de colo do útero.

PUBLICIDADE

Estudos têm encontrado alguns fatores que podem elevar a probabilidade da mulher ter câncer de colo do útero. Por exemplo, infecção por HPV é a principal causa de câncer de colo do útero. 

O HPV é um grupo de vírus que pode infectar o colo do útero. Uma infecção de HPV que não vai embora pode causar câncer de colo do útero em algumas mulheres. Infecções por HPV são muito comuns e contraídas através de contato sexual. A maioria dos adultos já foi infectada pelo HPV em algum período da vida, mas a maior parte das infecções vai embora por si mesma. 

Alguns tipos de HPV podem causar alterações em células no colo do útero. Se essas alterações forem encontradas precocemente, o câncer cervical pode ser prevenido removendo ou matando essas células alteradas antes que fiquem cancerosas.

A infecção por HPV e outros fatores de risco podem agir em conjunto para elevar o risco de câncer de colo do útero ainda mais. Os outros fatores de risco para câncer de colo do útero incluem:

* Não fazer regularmente o teste de Papanicolau. O câncer de colo de útero é mais comum entre mulheres que não realizam o teste de Papanicolau regularmente. Esse exame ajuda o médico a encontrar células anormais, as quais podem ser mortas ou removidas a fim de prevenir que fiquem cancerosas.

* Fumo. Entre as mulheres infectadas com HPV, fumar eleva um pouco o risco de câncer de colo de útero.

* Sistema imunológico enfraquecido. Infecção por HIV (o vírus da AIDS) ou uso de drogas pode enfraquecer o sistema imunológico e elevar o risco de câncer de colo do útero.

* Histórico sexual. Mulheres que tiveram muitos parceiros sexuais têm risco maior de desenvolver câncer de colo do útero. A mulher que teve relação sexual com homem que teve muitas parceiras sexuais também têm risco maior de desenvolver câncer de colo do útero. Em ambos os casos, o risco de ter câncer cervical é maior porque a probabilidade de infecção por HPV também é mais elevada.

* Usar pílula anticoncepcional por muito tempo. O uso prolongado de pílula anticoncepcional (5 anos ou mais) pode elevar levemente o risco de câncer de colo do útero em mulheres com infecção por HPV. Porém, o risco cai rapidamente quando a mulher para de usar a pílula anticoncepcional.

* Ter muitos filhos. Estudo sugerem que ter muitos filhos (5 ou mais) pode elevar levemente o risco de câncer de colo do útero em mulheres com infecção por HPV.

Ter infecção por HPV ou outros fatores de risco não significa que a mulher desenvolverá câncer de colo do útero. A maioria das mulheres com os fatores de risco nunca desenvolverá câncer de colo do útero.

Saiba mais:
Câncer cervical ou de colo do útero - Sintomas, detecção e diagnóstico
Câncer de colo do útero ou cervical - Tratamento com cirurgia, radioterapia e quimioterapia
Tabagismo e problemas de saúde
Prevenção do câncer: Saiba como diminuir seu risco
Reposição hormonal a mulheres com histórico de câncer
Luta contra o Câncer - Alimentação e hábitos alimentares
Extrato de chá verde contra o câncer
Promessas de Curas Milagrosas de Câncer, AIDS, Artrite, doença de Alzheimer
Leiomioma de Útero - Mioma uterino
Métodos anticoncepcionais ou contraceptivos
Métodos anticoncepcionais - Contraceptivos e informação
Dor pélvica - Causas e tratamento
Fibrose Uterina
Check-up médico para a mulher
Teste de Papanicolau
Dor na Relação Sexual e Saúde Sexual Feminina
Doenças sexualmente transmissíveis - DST
Proteção contra HPV


PUBLICIDADE




Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2009, Hélio Augusto Ferreira Fontes
Texto: National Cancer Institute

VoltarVoltar a mulher corredora