Câncer cervical ou de colo do útero - Sintomas, detecção e diagnóstico

Idosos ativos - National Cancer Institute Image Gallery

Sintomas do câncer cervical ou de colo do útero

O câncer cervical, ou de colo do útero, não apresenta sintomas no seu início. 

Quando o câncer cervical cresce, a mulher pode notar um ou mais desses sintomas:

* Sangramento vaginal anormal: no meio do ciclo menstrual, após relação sexual ou exame pélvico, depois da menopausa, ou menstruação mais longa e forte do que o usual.

* Dor na relação sexual.

* Dor na pélvis.

* Elevação na secreção vaginal. 

PUBLICIDADE

Infecções ou outros problemas de saúde também podem causar esses sintomas. Somente um médico pode dizer ao certo. A mulher com qualquer um desses sintomas deve informar ao seu médico, de modo que o problema possa ser diagnosticado e tratado o mais cedo possível.

Detecção e diagnóstico do câncer cervical ou de colo do útero

Os médicos recomendam que as mulheres façam regularmente o teste de Papanicolau para ajudar a diminuir o risco de câncer cervical ou de colo do útero. O teste de Papanicolau é um exame simples usado para examinar as células do cérvix. O teste de Papanicolau pode encontrar células cancerosas ou células anormais que podem ocasionar câncer cervical.

PUBLICIDADE

Encontrar e tratar células anormais pode prevenir o câncer cervical. O teste de Papanicolau também pode encontrar câncer em estágio inicial, quando o tratamento tem maior probabilidade de ser eficiente. Para a maioria das mulheres o teste de Papanicolau não é doloroso. Ele pode ser feito na clínica do médico durante um exame pélvico. Geralmente as células anormais encontradas no teste de Papanicolau não são cancerosas. A mesma amostra usada no teste de Papanicolau pode ser utilizada para testar infecção por HPV.

Se a mulher tiver resultados de teste de HPV ou de Papanicolau anormais, o médico pode sugerir outros testes para fazer o diagnóstico:

* Coloscopia. O medico usa um coloscópio para examinar o cérvix. O coloscópio combina luz brilhante com lentes ampliadoras para tornar os tecidos mais fáceis de ver. Ele não é inserido na vagina.

* Biópsia. A mulher tem amostra de tecido do colo do útero removido com anestesia local. Um patologista checa o tecido sob microscópio para procurar por células anormais. Remover tecido do colo do útero pode causar sangramento, mas a área geralmente sara rapidamente. Algumas mulheres sentem dor similar a cólicas menstruais. O médico pode sugerir remédio para aliviar a dor.

Saiba mais:
Câncer de colo do útero ou cervical - Causas e fatores de risco
Câncer de colo do útero ou cervical - Tratamento com cirurgia, radioterapia e quimioterapia
Prevenção do câncer: Saiba como diminuir seu risco
Tabagismo e problemas de saúde
Reposição hormonal a mulheres com histórico de câncer
Luta contra o Câncer - Alimentação e hábitos alimentares
Extrato de chá verde contra o câncer
Promessas de Curas Milagrosas de Câncer, AIDS, Artrite, doença de Alzheimer
Quimioterapia - O que é, tipos
Radioterapia
Quimioterapia e efeitos colaterais
Leiomioma de Útero - Mioma uterino
Dor pélvica - Causas e tratamento
Fibrose Uterina
Check-up médico para a mulher
Teste de Papanicolau
Dor na Relação Sexual e Saúde Sexual Feminina
Câncer de ovário - Sintomas e tratamento de tumores malignos nos ovários
Histerectomia total, parcial e radical
Doenças sexualmente transmissíveis - DST


PUBLICIDADE




Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2009, Hélio Augusto Ferreira Fontes
Texto: National Cancer Institute

VoltarVoltar a mulher corredora