Câncer de próstata - Sintomas, tumores benignos e malignos

Médico conversando com paciente - CDC

O que é o câncer de próstata

O câncer começa em células, os blocos construtores que fazem tecidos, os quais constituem órgãos do corpo. Células normais crescem e dividem para formar células novas que o corpo precisa. Quando células normais envelhecem ou ficam danificadas, elas morrem e são substituídas por novas. Porém, algumas vezes esse processo dá errado. Novas células formam quando o corpo não precisa delas, as células velhas ou danificadas não morrem como deveriam. Esse acúmulo de células extras muitas vezes forma uma massa de tecido chamada tumor.

PUBLICIDADE

O tumor na próstata pode ser benigno (que não é câncer) ou maligno (câncer). Hiperplasia prostática benigna é um tumor benigno na próstata e não um câncer. Nesse caso a próstata aumenta de tamanho e comprime a uretra, impedindo o fluxo normal de urina. Hiperplasia prostática benigna é um problema bastante comum, porém em alguns homens os sintomas podem ser fortes o suficiente para precisar de tratamento.

Diferenças entre tumores benignos e malignos (câncer)

Os tumores benignos não são tão danosos quanto os malignos. Tumores benignos:
* Raramente são ameaça à vida.
* Podem ser removidos e provavelmente não crescerão novamente.
* Não invadem tecido ao redor.
* Não se espalham para outras partes do corpo.

Já os tumores malignos (câncer):
* Podem ser ameaça à vida.
* Freqüentemente podem ser removidos, mas algumas vezes crescem novamente.
* Podem invadir e danificar tecidos e órgãos próximos.
* Podem se espalhar para outras partes do corpo.

Células de cancerosas podem se espalhar para além do tumor na próstata. O câncer pode entrar nos vasos sanguíneos e linfáticos, os quais se ramificam para todos os tecidos do corpo. O câncer pode se fixar em outros tecidos e crescer formando novos tumores que podem danificar esses tecidos. Quando o câncer se espalha isso é chamado metástase.

PUBLICIDADE

Sintomas do câncer de próstata

Um homem com câncer de próstata pode não apresentar sintomas. Para aqueles com sintomas, os mais comuns incluem:
* Não conseguir passar a urina.
* Ter dificuldade de começar o terminar o fluxo de urina.
* Precisar urinar freqüentemente, especialmente à noite.
* Fluxo de urina fraco.
* Fluxo de urina que começa e pára.
* Dor ou queimação ao urinar.
* Dificuldade de ter ereção.
* Sangue na urina ou sêmen.
* Dor freqüente na região lombar, quadris ou parte superior das coxas.

Mais freqüentemente esses sintomas não são decorrentes de câncer de próstata. Hiperplasia prostática benigna, infecção, ou outro problema de saúde podem causar esses sintomas. Se a pessoa tiver esses sintomas, deve procurar um médico para diagnóstico.

Saiba mais:
Câncer de próstata - Tratamento
Andropausa - alterações sexuais do homem idoso
Próstata e alimentação - Problemas, doenças, prostatite, câncer
Alimentação no combate ao câncer de próstata
Colesterol e câncer de próstata
Prostatite
Retenção urinária - Sintomas e diagnóstico
Retenção urinária - Tratamento
Retenção urinária aguda e crônica - O que é, causas
Infecção urinária - Tratamento e Diagnóstico
Prostatite crônica e aguda
Aumento de próstata - Tratamento com laser
Toque retal e psa da próstata - Exames
Tamanho da próstata e sua função
Próstata e problemas urinários

PUBLICIDADE



 


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


 
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2009 Helio Augusto F. Fontes
Texto: National Cancer Institute