Copacabana Runners

Pequenas mudanças na luta contra o câncer

Cereais - National Cancer Institute Image Gallery

Segundo o Informe Mundial sobre Câncer (Genebra, 2003), a incidência da doença pode aumentar em 50% até 2020, ano para o qual são projetados 15 milhões de novos casos.

Esse aumento deve-se principalmente ao envelhecimento da população mundial, ao tabagismo, aos hábitos alimentares e estilo de vida poucos saudáveis.

O Informe alerta para que governos, profissionais da saúde, mídia e população em geral, realizem ações preventivas em prol da Saúde Pública. O objetivo é reduzir a prevalência da doença, tanto em países desenvolvidos como naqueles em desenvolvimento. As ações estratégicas de prevenção devem centrar-se em dois principais focos: tabagismo e alimentação.

A mais recente recomendação visa facilitar a adoção de uma alimentação saudável pela população e indica o consumo de refeições compostas por 2/3 (ou mais) de vegetais, frutas, grãos integrais, sementes e feijões e 1/3 (ou menos) de proteína animal. A base da alimentação deve ser os alimentos de origem vegetal, ricos em vitaminas, sais minerais, fibras e fitoquímicos que minimizam os riscos do câncer.

Pequenas mudanças que fazem grandes diferenças!

  • Consuma, diariamente, um mínimo de 5 porções de frutas e vegetais variados, preferencialmente os ricos em nutrientes que podem prevenir o câncer: os de cor amarelo-alaranjado e vermelho, frutas cítricas, folhosos de cor verde escuro e crucíferos (brócolis, couve-flor, repolho, rabanete, couve-de-bruxelas, couve-manteiga);

  • Use alimentos naturais e integrais com pouco ou sem nenhum processamento;

  • Inclua no cardápio diário: leguminosas, grãos, sementes e cereais integrais --trigo, cevada, aveia, linhaça, arroz integral, arroz selvagem, soja, feijões e ervilhas;

  • Faça refeições que tenham as carnes (magras) como guarnição e não como prato principal;

  • Limite o consumo de gorduras, principalmente as de origem animal;

  • Escolha óleos vegetais saudáveis --óleo de canola e azeite extra-virgem;

  • Reduza o consumo de salgados, curados, defumados e churrascos;

  • Substitua o sal por temperos naturais, alho, cebola, gersal (sal com gergelim), ervas aromáticas e especiarias naturais, frescas ou secas (tomilho, manjericão, coentro, hortelã, erva-doce, cominho, pimentas, curry e outras);

  • Evite ou limite o consumo de bebidas alcoólicas para 2 drinks por dia (homens) e 1 drink (mulheres);

  • Controle e mantenha seu peso corporal sendo fisicamente ativo e através da prática de exercícios moderados durante, pelo menos, 30 minutos 5 vezes por semana (caminhada, hidroginástica, danças).

Saiba mais:
Dicas para evitar o câncer
Leucemia - o que é, sintomas, tipos, causas, tratamento
Câncer de boca
Ginseng brasileiro pode combater o câncer
Alimentação saudável
Câncer de colo do útero ou cervical - Causas e fatores de risco
Câncer cervical ou de colo do útero - Sintomas, detecção e diagnóstico
Câncer de colo do útero ou cervical - Tratamento com cirurgia, radioterapia e quimioterapia
Teste de Papanicolau
Câncer Pulmonar - Tratamento
Câncer Pulmonar - Sintomas e Diagnóstico
Câncer Pulmonar - O que é, tipos, causas e prevenção
Câncer de Pulmão
Metástase - O que é câncer metastático e tratamento
Câncer de mama - Fatores de risco
Câncer de pele - Causas e fatores de risco
Câncer de pele tipo melanoma
Câncer de pele - Carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma
Câncer de endométrio
Câncer de pênis
Vinho tinto e prevenção do câncer
Causas da leucemia e fatores de risco
Tratamento para leucemia
Leucemia - O que é, tipos
Câncer oral - de boca ou faringe
Adoçantes podem fazer mal à saúde





Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus

Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:



Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Referências consultadas:
1. ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE
Disponível em: www.who.int/mediacentre/releases/2003/pr27/es/ (20/07/2003)

2. ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE
Disponível em: www.opas.org.br/mostradestnoti.cfm?codigodest=151 (20/07/2003)

3. AMERICAN INSTITUTE FOR CANCER RESEARCH
Disponível em: www.aicr.org/publications/nap/nap2.lasso (20/07/2003)

4. UNIVERSITY VIRGINIA - THE CANCER CENTER
Disponível em: www.healthsystem.virginia.edu/internet/cancer/nutritionprevention.cfm (21/07/2003)

5. HOSPITAL DO CÂNCER
Disponível em: www.hcanc.org.br/nutrionco.html (21/07/2003)

6. INSTITUTO NACIONAL DO CÂNCER
Disponível em: www.inca.org.br/prevencao/10dicas.html (21/07/2003)

7. AMERICAN COLLEGE OF MEDICINE PREVENTIVE
Disponível em: www.aicr.org/publications/nap/nap2.lasso (21/07/2003)


"As informações fornecidas não são individualizadas. Portanto, o nutricionista deve ser consultado antes de se iniciar um tratamento e/ou acompanhamento nutricional."

Créditos:
Texto © Por Drª Marília Fernandes

Drª Marília Fernandes elabora Planos Alimentares Personalizados. Para contratar seus serviços de consultoria nutricional entre em contato através do e-mail mariliac_fernandes@hotmail.com

Nutricionista - CRN3/1693 
Especialista em Nutrição Esportiva pelo CEMAFE/UNIFESP
Especialista em Nutrição em Saúde Pública pela UNIFESP
19 anos de experiência em Nutrição e Alimentação
Consultora Nutricional Pessoal e de Empresas nas áreas de Educação Alimentar, Qualidade de Vida e Bem Estar, Nutracêutica, Estética, Longevidade Saudável, Esportes, Marketing Alimentício e Saúde Ocupacional