Copacabana Runners

Catarata - Tratamento e prevenção

Mulher idosa - National Cancer Institute Image Gallery

Tratamento para catarata

A catarata precisa ser removida somente quando a perda de visão interfere nas atividades rotineiras, como dirigir, ler ou assistir televisão. A pessoa pode tomar essa decisão junto com seu oftalmologista.

Assim que o paciente entender os riscos e benefícios da cirurgia para catarata, ele poderá tomar uma decisão informada sobre se deve fazê-la. Na maioria dos casos não há necessidade de decisão apressada.

Algumas vezes a catarata deve ser removida mesmo que não cause problemas com a visão. Por exemplo, a catarata pode ser removida se impedir o exame ou tratamento de outro problema ocular, como degeneração macular.

Se o paciente precisar fazer cirurgias de catarata em ambos os olhos, elas devem ser feitas separadamente com pelo menos oito semanas de intervalo. A cirurgia de catarata é uma das mais comuns, seguras e eficientes.

Existem dois tipos de cirurgia de catarata: facoemulsificação e extração extracapsular. Na facoemulsificação, uma pequena incisão é feita no lado da córnea. O médico então insere uma pequena sonda no olho, a qual emite ondas de ultra-som que amolecem e quebram as lentes de modo que elas possam ser removidas por sucção. A maioria das cirurgias de catarata atualmente é feita por facoemulsificação.

Com a cirurgia extracapsular o médico faz uma incisão mais longa no lado da córnea e remove o núcleo opaco das lentes em um pedaço. O resto das lentes é removido por sucção.

Depois da remoção das lentes naturais, elas geralmente são substituídas por lentes artificiais. A operação de catarata geralmente dura menos de uma hora e é quase sem dor. Muitas pessoas escolher permanecer acordadas durante a cirurgia.

O paciente pode retornar rapidamente a muitas atividades rotineiras, porém a visão pode ficam embaçada por um tempo. O olho que sofre a cirurgia precisa de tempo para se ajustar, de modo que possa focar corretamente com o outro olho.

Prevenção da catarata

Usar óculos escuros para bloquear a luz ultravioleta pode ajudar a retardar a catarata. Não fumar também ajuda na prevenção. Pesquisadores acreditam que boa nutrição pode ajudar a reduzir o risco de catarata. Eles recomendam comer vegetais verdes folhosos, frutas e outros alimentos com antioxidantes.

Saiba mais:
Catarata ocular
Cirurgia de catarata - Nova técnica
Catarata - Sintomas e diagnóstico
Catarata - Causas, cirurgia
Astigmatismo - O que é, sintomas, causas, tratamento
Astigmatismo
Problemas de visão - Isolamento do idoso pode ser um sintoma
Baixa visão - Causas e sinais da perda de visão





Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:

Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: copyright © 2010 por Helio Augusto Ferreira Fontes
Texto:
NIH Senior Health