Copacabana Runners

Cateterismo Cardíaco
O que é, quem precisa fazer, riscos

Coração - Mikael Häggström, domínio público

O que é cateterismo cardíaco

O cateterismo cardíaco é um procedimento médico usado para diagnóstico e tratamento de certas condições cardíacas. Um tubo longo, fino e flexível, chamado cateter, é colocado dentro de um vaso sanguíneo no braço, coxa ou pescoço, e levado até o coração. Através do cateter os médicos podem fazer diagnósticos e tratamentos do coração.

Algumas vezes um pigmento especial é colocado no cateter para fazer com que o interior do coração e vasos sanguíneos apareçam no raio-x. O pigmento pode mostrar se placas estreitaram ou bloquearam as artérias coronárias. A placa é feita de gordura, colesterol, cálcio e outras substâncias encontradas no sangue. O acúmulo de placas estreita o interior das artérias e pode restringir o fluxo de sangue ao coração. Quando isso acontece é chamado de doença da artérial coronariana. Bloqueios nas artérias também podem ser vistos usando ultrasonografia durante o cateterismo cardíaco. Ultrasonografia usa ondas sonoras para criar imagens detalhadas dos vasos sanguíneos do coração.

Os médicos podem tomar amostras de sangue e músculo cardíaco durante o cateterismo, assim como realizar pequena cirurgia cardíaca. Cardiologistas geralmente fazem o cateterismo no hospital com a pessoa acordada durante o procedimento. Há pouca ou nenhuma dor durante o cateterismo, porém a pessoa pode sentir dolorido no vaso sanguíneo onde o médico inseriu o cateter. O cateterismo cardíaco raramente causa complicações sérias.

Quem deve passar pelo cateterismo cardíaco

O cateterismo cardíaco é usado para diagnóstico e/ou tratamento de várias condições cardíacas. O médico pode recomendar o cateterismo cardíaco para várias razões diferentes.

A razão mais comum é para avaliar dor no peito, a qual pode ser sintoma de doença da artéria coronária e o cateterismo cardíaco pode mostrar se a placa está estreitando ou bloqueando as artérias cardíacas.

Riscos do cateterismo cardíaco

O cateterismo cardíaco é um procedimento médico comum, que raramente apresenta problemas sérios. Entretanto, complicações podem incluir:
* Sangramento, infecção e dor onde o cateter é inserido.
* Dano aos vasos sanguíneos.
* Reação alérgica ao pigmento usado.

Outras complicações menos comuns incluem:
* Arritmia (batimento cardíaco irregular), a qual vai embora sozinha mas pode necessitar de tratamento se persistir.
* Coágulos sanguíneos que podem desencadear derrame, ataque cardíaco ou outros problemas sérios.
* Pressão sanguínea baixa.
* Acúmulo de sangue ou fluido no saco que envolve o coração. Esse fluido pode impedir que o coração bater apropriadamente.

Assim como qualquer procedimento envolvendo o coração, as complicações podem alguma vezes, embora raramente, ser fatais. O risco de complicações com cateterismo cardíaco é maior se a pessoa tem diabetes ou doença renal, ou tiver mais de 75 anos de idade. O risco de complicações também é maior em mulheres e pessoas que fazem o cateterismo em emergência.

Saiba mais:
Ablação por cateter
Doenças cardíacas - Prevenção de doença cardíaca e seus tipos
Doenças cardiovasculares
Doença das artérias coronárias e ataque cardíaco em mulheres - Fatores de risco
Doenças cardíacas em mulheres - Síndrome do coração partido, doença da microvasculatura coronariana
Síndrome metabólica - Tratamento
Síndrome metabólica - Causas, sinais e sintomas
Síndrome metabólica
Doença arterial coronariana - Diagnóstico
Doença arterial coronariana - Tratamento
Doença arterial coronariana - Sinais e Sintomas
Doença arterial coronariana - Causas
Doença arterial coronariana
Doença das artérias coronárias



Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Texto: National Heart, Lung, and Blood Institute
Tradução: copyright © 2008 por Helio Augusto Ferreira Fontes