Copacabana Runners

Causas da leucemia e fatores de risco

Leucemia - CDC/ Stacy Howard

Ninguém sabe ao certo as causas da leucemia e porque algumas pessoas desenvolvem a doença e outras não. Porém, cientistas identificaram alguns fatores de risco para a leucemia. Um fator de risco é qualquer coisa que eleva as chances da pessoa desenvolver uma doença. A maioria das pessoas que têm fatores de risco conhecidos não desenvolve leucemia, enquanto outros que sofreram da doença não tinham fatores de risco.

Fatores de risco para leucemia

Estudos identificaram os seguintes fatores de risco para leucemia: homem mais velho, banco, trabalhando com certo químicos, fumantes, com exposição a altos níveis de radiação, com certas condições de saúde, e com tratamento passado de quimioterapia ou radioterapia.

Mais de 65% das pessoas diagnosticas com leucemia tinham mais de 55 anos de idade. Leucemia também ocorre mais freqüente em homens do que em mulheres, e é mais comum entre brancos.

Exposição crônica a certos químicos pode ser uma das causas do desenvolvimento de leucemia. Benzeno é um químico muito usado que está relacionado às causas da leucemia. O maior risco de exposição a altos níveis de benzeno está em fábricas de químicos e indústrias relacionadas à gasolina. Porém, depois de regulamentos sobre a exposição de benzeno nas indústrias, o número de ocorrências de leucemia devido a esse químico tornou-se mais raro. O benzeno também é encontrado no fumo do tabaco. O fumo é um fator de risco para a leucemia.

Certas desordens e doenças genéticas, como síndrome de Down, podem elevar o risco de leucemia. Em torno de 3 de cada 10 pessoas com uma desordem sanguínea chamada síndrome mielodisplásica desenvolvem leucemia mielóide aguda.

Altos níveis de radiação também podem ser uma das causas de leucemia. Pessoas expostas a altas doses de radiação, como em acidente de usina nuclear, estão sob risco de desenvolver leucemia. Estudos de desastres atômicos estimam que os sobreviventes têm risco de desenvolver leucemia mais de 5 vezes maior do que o público geral.

Embora quimioterapia e radioterapia ajudem muitas pessoas com várias formas de câncer, eles estão relacionados entre as causas de cânceres secundários, como a leucemia, muitos anos depois do tratamento. A combinação de quimioterapia e radioterapia pode elevar significativamente o risco de desenvolver leucemia.

Saiba mais:
Tabagismo e problemas de saúde
Leucemia linfóide aguda em crianças - Tratamento
Leucemia linfóide aguda em crianças
Leucemia mielóide aguda
Sintomas da leucemia e diagnóstico
Tratamento para leucemia
Leucemia - O que é, tipos
Leucemia - o que é, sintomas, tipos, causas, tratamento
Luta contra o Câncer - Alimentação e hábitos alimentares
Fumo passivo e problemas de saúde
Dicas para parar de fumar
Anemia de Fanconi
Mieloma Múltiplo - O que é, fatores de risco, sintomas e tratamento



Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:




comments powered by Disqus

Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2008, Hélio Augusto Ferreira Fontes
Texto: National Institute on Aging