Copacabana Runners

Coito Interrompido

O que é coito interrompido

O coito interrompido é um método de contracepção no qual o casal tem intercurso sexual porém o sêmen é ejaculado fora e distante da vagina. O coito interrompido também pode mais geralmente referir-se a remover o pênis da vagina antes da ejaculação.

Eficiência do coito interrompido como método anticoncepcional

Como muitos métodos contraceptivos, a eficiência do coito interrompido é conseguida somente com seu uso correto. As taxas observadas de falha do coito interrompido como método anticoncepcional variam dependendo da população estuda e vão de 15 a 28% por ano. Comparativamente, a taxa de falha da pílula anticoncepcional é de 2 a 8% ao ano, preservativos de 10 a 18% ao ano e diafragma de 10 a 39% ao ano. Para casais que utilizam o coito interrompido corretamente e em cada intercurso sexual a taxa de falha é de 4% ao ano. Em comparação, o uso perfeito da pílula anticoncepcional tem uma taxa de falha de 0,3% ao ano, preservativos 2% ao ano e diafragma 6% ao ano.

A principal causa de falha no método do coito interrompido é a falta de auto-controle da pessoa. Atraso na remoção do pênis pode resultar em sêmen na vulva, o qual pode facilmente migrar para o trato reprodutivo feminino. Alguns profissionais médicos vêem o coito interrompido como um método anticoncepcional ineficiente. Foi sugerido que o fluido pré-ejaculatório, aquele liberado do pênis antes da ejaculação, conteria espermatozóides que poderiam causar gravidez ao usar o coito interrompido. Porém, estudos têm mostrado que o fluido pré-ejaculatório não contém espermatozóides capazes de engravidar a mulher. 

Acredita-se agora que a principal causa de falha do coito interrompido utilizado corretamente, ao remover o pênis em tempo e ejacular longe da vagina, seja esperma de ejaculações anteriores saindo do pênis. Por essa razão, é recomendado a quem utiliza o coito interrompido que urine entre as ejaculações para livrar a uretra do esperma, e lavar qualquer ejaculação em lugares que possam ficar próximos da vulva.

Vantagens do coito interrompido

A vantagem do coito interrompido é que ele pode ser usado por pessoas que têm objeções ou não possuem acesso a outras formas de contracepção. Alguns preferem o coito interrompido para evitar possíveis efeitos adversos de contraceptivos hormonais como depressão, variações no humor, vagina seca, diminuição no libido, inchaços, etc. O coito interrompido também não tem custos, não requer produtos artificiais, não tem efeitos colaterais e pode ser praticado sem prescrição médica.

Desvantagens do coito interrompido

O coito interrompido é muito ineficiente na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, como a AIDS, uma vês que o fluido pré-ejaculatório pode conter partículas de vírus ou bactérias que podem infectar ao entrar em contato com as membranas mucosas. Porém, a redução do volume de troca de fluidos corporais durante a relação sexual pode reduzir o risco de transmissão. O método do coito interrompido também pode ser difícil para alguns casais e a interrupção do intercurso sexual pode deixar algumas pessoas insatisfeitas.



Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus

Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos relacionados:
Métodos anticoncepcionais ou contraceptivos - método pílula anticoncepcional, preservativo masculino e feminino, DIU, diafragma
Gravidez na adolescência
Ligadura de trompas
Vasectomia - Reversão, masculinidade e outros mitos
Cirurgia de vasectomia
Viagra - Sildenafil
Levitra - Remédio contra disfunção erétil
Pílula do dia seguinte - Efeitos colaterais
Pílula do dia seguinte e Contracepção de emergência
Laqueadura - Esterilização e Reversão
Vaginismo
Frigidez Feminina
Balanite ou inflamação da glande do pênis
Métodos anticoncepcionais - Contraceptivos e informação
Injeção anticoncepcional Depo-Provera ®
Adesivo anticoncepcional OrthoEvra ®
Implante anticoncepcional Implanon ®
Anel anticoncepcional NuvaRing ®
Espermicidas vaginais
Esterilização feminina por laqueadura de trompas
Muco cervical - Método anticoncepcional de Billings
Período infértil
Tabelinha período fértil - Calculadora da ovulação e dias férteis
Calculadora da Ovulação e Tabela dos Dias Férteis
Tabelinha - Método anticoncepcional ou para engravidar
Camisinha feminina ou preservativos femininos
Preservativo masculino
Camisinha masculina
Pílula anticoncepcional
Anel Vaginal Contraceptivo
DIU - Dispositivo Intrauterino
Educação Sexual
Puberdade precoce masculina e feminina - Causas, sinais, tratamento
Como beijar de língua - Técnicas e dicas de como beijar na boca
Sarcoma de Kaposi epidêmico e AIDS
Sarcoma de Kaposi - Diagnóstico e tratamento
DST - Doenças Sexualmente Transmissíveis
Herpes - Contágio e prevenção
Herpes simplex - Labial, neonatal, genital, tipo 1 e 2 - Sintomas
Herpes genital - Sintomas, tratamento
Tipos de Hepatite
Epididimite aguda e crônica
DSTs mais comuns, sintomas
Tipos de DST
Doença inflamatória pélvica - Causas, sintomas e complicações
Herpes genital tem cura? Como prevenir e tratamento
Gonorréia
Camisinha e AIDS - Eficiência dos preservativos contra o HIV
HIV e sua transmissão - Beijo, saliva, lágrimas, suor, picadas de insetos
Transmissão do HIV - Sexo oral e AIDS
Vírus HIV
Vacina para HIV / AIDS
HIV e AIDS - Você está sob risco? O que é, como se proteger e teste
Candidíase genital
Uretrite - O que é, causas, sintomas e tratamento
Cervicite - O que é, causas, sintomas e tratamento
Clamídia
Condiloma Acuminado ou Verruga Genital
Infecção HPV – Papilomavírus Humano - O que é, tratamento, sintomas, cura
AIDS - Transmissão e prevenção do HIV
HPV no homem - Infecção anal entre homens
Proteção contra HPV
Citomegalovírus - Transmissão e gravidez
Citomegalovírus - O que é, infecção congênita, transmissão, diagnóstico
Donovanose ou Granuloma Inguinale
Linfogranuloma venéreo - O que é, sintomas, tratamento
Tricomoníase
Candidíase - Sintomas, tratamento, medicamento, peniana, no homem
Vaginite por cândida, tricomoníase, vaginose bacteriana - Sintomas e tratamento
Corrimento vaginal - Vaginite
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2008, Hélio Augusto Ferreira Fontes.
Este artigo está licenciado sob a GNU Free Documentation License (www.gnu.org/copyleft/fdl.html). Usa material do artigo da Wikipédia "Coitus interruptus"  (en.wikipedia.org/wiki/Coitus_interruptus).

VoltarVoltar a mulher corredora