Copacabana Runners

Depressão - Tipos de transtornos depressivos: distimia, sazonal, pós-parto, bipolar

Ansiedade - WomensHealth.gov

O que é depressão

Todos ocasionalmente sentem-se tristes ou melancólicos, porém isso geralmente passa em até alguns dias. Quando a pessoa tem um transtorno depressivo, este interfere com atividades cotidianas, funcionamento normal, e causa dor tanto para o paciente quanto para aqueles que se importam com ele. Depressão é uma doença comum mas séria, e a maioria que sofre dela precisa de tratamento para melhorar.

Muitas pessoas com doença depressiva nunca procuram tratamento. Porém, a grande maioria das pessoas, até aquelas com depressão mais severa, podem melhorar com tratamento. Pesquisas intensivas sobre a depressão têm resultado em desenvolvimento de remédios, psicoterapias, e outros métodos de tratamento para pessoas com transtorno depressivo.

Tipos de depressão

Há vários tipos de depressão. Os tipos mais comuns de transtornos depressivos são transtorno depressivo maior e distimia.

O transtorno depressivo maior é caracterizado pela combinação de sintomas que interferem com a capacidade da pessoa trabalhar, dormir, estudar, comer e aproveitar atividades que antes eram prazerosas. Transtorno depressivo maior é incapacitante e impede a pessoa de funcionar normalmente. Um episódio de transtorno depressivo maior pode ocorrer apenas uma vez na vida da pessoa, porém o mais freqüente é que ele seja recorrente.

A distima é caracterizada por sintomas de depressão de longo prazo (2 anos ou mais) porém menos intensos, os quais apesar de não serem incapacitantes podem impedir a pessoa de funcionar normalmente ou sentir-se bem. Pessoas com distima podem também experimentar um ou mais episódios de depressão maior durante a vida.

Outros tipos de depressão

Alguns tipos de depressão exibem características levemente diferentes do que as já descritas, ou podem se desenvolver sob circunstâncias particulares. 

Porém, nem todos os cientistas concordam em como caracterizar e definir esses tipos de depressão, os quais incluem:

* Depressão psicótica, a qual ocorre quando uma doença depressiva severa é acompanhada de alguma forma de psicose, como rompimento com a realidade, alucinações e delírios.

* Depressão pós-parto, a qual é diagnosticada se uma nova mãe desenvolver episódio de transtorno depressivo maior dentro de um mês após o parto. Estima-se que 10 a 15% das mulheres experimentam depressão pós-parto depois de dar a luz.

* Transtorno afetivo sazonal, o qual é caracterizado pelo aparecimento de doença depressiva durante o inverno quando há menos luz natural. Esse tipo de depressão geralmente some durante a primavera ou verão. O transtorno afetivo sazonal pode ser tratado eficientemente com terapia da luz, porém quase metade do pacientes não respondem ao tratamento com somente essa terapia. Antidepressivos e psicoterapia podem reduzir os sintomas de transtorno afetivo sazonal, sozinhos ou em combinação com terapia da luz.

* Transtorno bipolar, também chamado de doença maniaco-depressiva, não é tão comum quanto distimia e transtorno depressivo maior. O transtorno bipolar é caracterizado por alterações cíclicas de humor, que vão desde euforia (mania) até depressão.

Saiba mais:
Depressão e o Desejo Sexual
Depressão - Sintomas e causas
Depressão - Diagnóstico, tratamento com antidepressivos e psicoterapia
Alimentos para espantar Depressão - Triptofano, Folato, Camomila ...
Depressão em idosos
Depressão na terceira idade
Transtorno Bipolar - Sintomas, tratamento
Psicose - Sintomas e tratamento do psicótico
Transtorno Bipolar ou Psicose Maníaco Depressiva
Atividade física e uso do cérebro podem regenerar neurônios
Exercícios Físicos e Depressão
Distimia e depressão
Depressão pós-parto
Depressão infantil
Depressão em idosos
Transtornos de ansiedade - Tipos e tratamentos



Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2009, Hélio Augusto Ferreira Fontes
Texto: National Institute of Mental Health (NIMH)