Copacabana Runners

Eletroterapia

O que é eletroterapia

A eletroterapia é o uso de energia elétrica no tratamento de problemas de saúde. Na medicina, o termo eletroterapia pode se aplicar a uma variedade de tratamentos, incluindo o uso de corrente direta, como na cardioversão, e utilização de aparelhos elétricos. 

O termo eletroterapia também se aplica à aplicação de corrente elétrica para acelerar o reabilitação de lesões. Adicionalmente, o termo eletroterapia também tem sido usado para uma gama de aparelhos e tratamentos alternativos.

História da eletroterapia

Em 1855 Guillaume Duchenne, o pai da eletroterapia, anunciou que a eletricidade alternada era superior à direta para o acionamento eletro-terapêutico de contrações musculares. O que ele chamou de "efeito de aquecimento" da corrente direta irritava a pele. Além disso, a corrente alternada produzia fortes contrações musculares independente da condição do músculo, enquanto a corrente direta induzia contrações fortes em músculos fortes, e fracas em músculos fracos.

Desde essa época, quase toda reabilitação envolvendo contração muscular tem sido feita com ondas simétricas bifásicas. Porém, nos anos 40, o Departamento de Guerra dos Estados Unidos, ao investigar a aplicação da eletroterapia, descobriu que a estimulação elétrica não somente retardava e prevenia atrofia, como também restaurava a massa muscular e força. Eles empregaram o que foi chamado exercício galvânico nas mãos de pacientes que tiveram lesão nos nervos. Esses exercícios galvânicos utilizavam corrente direta monofásica.

Uso atual da eletroterapia

A eletroterapia inclui uma variedade de tipos de estimulações, protocolos e usos. Os mais comuns são:
* Eletroestimulação neuromuscular para reabilitação.
* TENS para terapia contra dor.
* Corrente Russa.
*
Microcorrentes.
* Corrente galvânica para iontoforese (introdução de químicos nos tecidos através de campo elétrico).

Aplicações da eletroterapia

A eletroterapia é usada para relaxamento de espasmos musculares, prevenção e retardamento de atrofia por falta de uso, elevação da circulação sanguínea local, reabilitação e reeducação muscular, manutenção e elevação da amplitude de movimentos, controle da dor, estimulação pós-cirúrgica imediata dos músculos para evitar trombose venosa, recuperação de lesão e aplicação de medicamentos.

Saiba mais:
Cardioversão elétrica
Estimulação Russa
Manthus
Corrente Russa







Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


comments powered by Disqus

Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2008, Hélio Augusto Ferreira Fontes.
Este artigo está licenciado sob a GNU Free Documentation License (www.gnu.org/copyleft/fdl.html). Usa material do artigo da Wikipédia "Electrotherapy" (en.wikipedia.org/wiki/Electrotherapy).