Copacabana Runners

Ergonomia nas empresas e conceito

Conceito de ergonomia nas empresas

O objetivo da ciência da ergonomia nas empresas é encontrar o melhor ajustamento entre o trabalhador e as condições do trabalho. A ergonomia tenta trazer soluções para certificar que o trabalhador permaneça seguro, confortável e produtivo. Apesar do conceito de ergonomia nas empresas parecer relativamente recente, suas idéias existem há muitos anos. Por exemplo, em 1894 um andaime dois níveis foi desenvolvido nos Estados Unidos para os trabalhadores a fim de reduzir o encurvamento dos pedreiros ao trabalhar. Esse novo sistema de andaime foi desenhado com o objetivo de elevar a produtividade dos trabalhadores ao reduzir o tempo gasto em posições inconvenientes. 

A ergonomia nas empresas olha para:
* Habilidades físicas do corpo humano.
* Limitações do corpo humano.
Em conjunto com:
* Tarefas do trabalho.
* Ferramentas, equipamentos, e materiais.
* Ambiente de trabalho.

Ergonomia nas empresas - Sua empresa precisa de um programa de ergonomia?

Muitos especialistas em ergonomia recomendam que as empresas e grupos de trabalhadores desenvolvam seus próprios programas de ergonomia para analisar fatores de risco no local de trabalho e encontrar soluções. 

Esses programas de ergonomia podem operar como parte do programa de saúde e segurança do local, ou podem ser separados. Um programa de ergonomia pode ser uma forma importante de reduzir lesões, melhorar o moral dos trabalhadores e diminuir os custo de compensação dos trabalhadores. Muitas vezes os programas de ergonomia também podem elevar a produtividade.

A empresa pode precisar mais urgentemente de um programa de ergonomia se no local:
* O afastamento dos trabalhadores por motivo de saúde mostra problemas excessivos nas mãos, braços, ombros, dor lombar ou síndrome do túnel do carpo.
* Os trabalhadores geralmente comentam que algumas tarefas estão causando dores e desconforto, especialmente se esse sintomas não desaparecem depois de uma noite de sono.
* Há trabalhos na empresa que requerem ações de força, movimentos repetidos continuamente, levantamento de peso pesado, levantamento acima da cabeça, uso de equipamento que causa vibração, ou posições desconfortáveis.
* A área de trabalho da sua empresa conta com altas taxas de transtornos músculo-esqueléticos.

Um programa de ergonomia na empresa eficiente inclui os seguintes elementos:
* Compromisso do empregador com o tempo, pessoal e recursos.
* Alguém responsável pelo programa de ergonomia na empresa que está autorizado a tomar decisões e instituir mudanças.
* Envolvimento ativo dos empregados em identificar problemas e encontrar soluções.
* Uma estrutura administrativa claramente definida, como um comitê.
* Um sistema para identificar e analisar fatores de risco.
* Sistema para pesquisar, obter, e implementar soluções como novos equipamentos.
* Treinamento do trabalhador e administração.
* Cuidados médicos para trabalhadores com lesão.
* Manutenção de registro de lesões. 




Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus

Artigos relacionados:
Alongamento e fibromialgia
Alongamentos
Flexibilidade
Edema
Inflamação nas articulações
Tendinite e Bursite - Tendão de Aquiles
Bursite
Antiinflamatórios não-esteróides
Dipirona Sódica - Novalgina, Neosaldina, Buscopan Composto
Dor crônica
Síndrome do túnel do carpo
Ginástica laboral na qualidade de vida
Ginástica laboral deve ser adequada ao tipo de atividade funcional
Ginástica laboral e seus exercícios
Ginástica Laboral
Massagem
Massoterapia - Aplicações na saúde e para estética
Reeducação Postural Global - RPG
Yoga e Musculação se Completam?
Yoga - Benefícios para a saúde
Hatha yoga
Estresse e sua saúde
Stress
Você sabe lidar com o estresse?
Dores Musculares
Escute seu corpo
Dor na coluna - causas, tratamento
Dores nas costas - Hérnia
Dor Lombar
Lesões na musculação
Está faltando mais orientação na musculação - Prevenção de lesões
Encaixe do quadril não existe
Coluna vertebral
Exercícios físicos e problemas de coluna como lordose, cifose e escoliose
Desvios posturais e lateralidade podem ser corrigidos com musculação
Boa postura corporal e postura sentada
Lombalgia
Dores nas costas
Quando a corrida desorganiza o corpo - Desequilíbrios musculares e posturais
Escoliose
Biografia de Joseph Hubertus Pilates
O Método Pilates
As aulas de Pilates
Para que serve o Método Pilates?
Pilates x Musculação
As Mudanças no Pilates
Pilates no Pré, Peri e Pós-Natal
O Stúdio de Pilates
Pilates e o treinamento de corrida
Pilates - Método, aparelhos, aulas
Meniscos - Lesões, cirurgia e tratamento
Lesões por superuso x Lesões traumáticas
Psicologia e respostas emocionais a lesões esportivas
Dor no Joelho - Síndrome Patelofemoral
Artroscopia - Cirurgia para o joelho
Torcicolo - Dor no pescoço
Linfoma
Linfoma não-Hodgkin - Tratamento
Linfoma não-Hodgkin - Sintomas, diagnóstico e tipos
Linfoma não-Hodgkin - O que é, sistema linfático, fatores de risco
Linfonodos sentinelas e axilares
Câncer no sistema linfático ou linfoma
Linfonodos ou gânglios linfáticos
Prevenção de varizes
Escleroterapia
Tratamento de Varizes - Cirurgia, Escleroterapia
Sistema Linfático
Reflexologia, tai-chi-chuan, ginástica Lian Gong e meditação - Terapias alternativas
Shiatsu Expresso - Terapias alternativas para o dia de descanso do corredor
Quick Massage - Benefícios
Automassagem para corredores
Eletroterapia
Estimulação Russa
Manthus
Corrente Russa
Enxaqueca - Tratamento
Enxaqueca com áurea
Enxaqueca - Sintomas, áurea, causas, tratamento
Enxaqueca - Sintomas, tratamento, remédios, causas e alimentação
Dor de cabeça - Cefaléia tensional
Cotovelo de Tenista ou Epicondilite Lateral
Parestesia e formigamento
Joanetes - Sintomas e tratamento do joanete
Síndrome do túnel do carpo - Sintomas, tratamento
Lesões por esforço repetitivo - LER
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2009, Hélio Augusto Ferreira Fontes.
Texto: NIOSH - National Institute for Occupational Safety and Health