Copacabana Runners

Fibrose Uterina

A fibrose uterina consiste em tumores benignos no útero. Fibrose uterina é bastante comum em mulheres na idade fértil e raramente desenvolve-se em câncer. 

Não se sabe a causa da fibrose uterina, a qual afeta mais de 1 em 5 mulheres com menos de 50 anos de idade. Fibrose uterina é responsável por 3 em cada 10 cirurgias para remoção do útero. Mulheres negras e aquelas acima do peso têm maior risco de desenvolver fibrose uterina.

Sintomas da fibrose uterina

Muitas mulheres não sentem qualquer sintoma e provavelmente nem saberão que tem fibrose. Quando há sintomas eles podem ser:
* Menstruação com muito sangramento ou dolorida.
* Sangramento no período entre as menstruações.
* Sentir-se "cheia" na parte inferior do abdômen (pressão pélvica).
* Necessidade constante de ir ao banheiro.
* Dor durante o ato sexual.
* Dor na região lombar.
* Infertilidade, perda do neném ou parto prematuro.

Onde a fibrose cresce?

A fibrose pode se desenvolver em diferentes áreas do útero como:
* Dentro da parede do útero.
* Da parede do útero para fora, dentro da área pélvica inferior.
* Da parede do útero para dentro, perto do revestimento do útero. Esse tipo causa menstruação com longos períodos de sangramento.

Há necessidade de remoção do útero?

A remoção do útero pode não ser a melhor escolha para todas a mulheres, principalmente as que querem ter filhos. É preciso conversar com o médico para ver qual é a melhor forma de tratamento.

A fibrose uterina pode impedir a mulher de ter filhos?

Em alguns casos a fibrose uterina pode impedir a mulher de engravidar. Porém, os médicos têm formas de tratar a fibrose uterina a ajudar a mulher a engravidar. 

Tratamento para fibrose uterina

A forma de tratamento depende de alguma coisas:
* A mulher apresenta sintomas?
* Ela quer ter filhos?
* Qual o tamanho da fibrose uterina?
* Qual a idade da mulher?

A formas de tratamento incluem:
* Remédios para dor.
* Diminuir a fibrose uterina sem cirurgia ao diminuir o fluxo sanguíneo para ela ou a destruir com calor.
* Cirurgia para remover a fibrose uterina sem remoção do útero.
* Cirurgia para remoção do útero.

Fibrose uterina causa câncer?

A fibrose uterina quase nunca se desenvolve em câncer. Ter fibrose uterina também não aumenta o risco de ter algum tipo de câncer no útero.

A fibrose uterina pode sumir?

Fibrose uterina geralmente para de crescer ou diminui depois da menopausa.




Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus

Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos relacionados:
Dor pélvica - Causas e tratamento
Indução do trabalho de parto
Aborto Espontâneo
Gravidez na adolescência
Câncer de ovário 
Check-up médico para a mulher
Câncer de colo do útero ou cervical - Causas e fatores de risco
Câncer cervical ou de colo do útero - Sintomas, detecção e diagnóstico
Câncer de colo do útero ou cervical - Tratamento com cirurgia, radioterapia e quimioterapia
Teste de Papanicolau Metástase - O que é câncer metastático e tratamento
O que é menopausa
Métodos anticoncepcionais ou contraceptivos

Mulher na Menopausa: isoflavonas e nutrição
Síndrome da tensão pré-menstrual - TPM
Sexologia feminina
Sexualidade feminina e prazer sexual da mulher
O sexo nosso de cada dia
Leiomioma de Útero - Mioma uterino
Uso de hormônios e o útero
Cólica Menstrual - Dismenorréia
Dores nas costas - Hérnia
Dor Lombar
Dieta da Fertilidade
Inseminação Artificial
Fertilização in vitro - Bebê de proveta
Fertilidade Feminina
Fertilidade e infertilidade - Tratamentos e causas
Tratamento da infertilidade - Reprodução assistida, testes, remédios e cirurgia
Endometriose - O que é, sintomas
Endometriose - Gravidez, tratamento, tem cura?
Infertilidade feminina - Causas, diagnóstico e tratamento
Infertilidade masculina e feminina
Quais são os efeitos do uso de hormônios ao útero
Luta contra o Câncer - Alimentação e hábitos alimentares
Pólipos do intestino grosso ou do cólon
Menorragia ou hipermenorreia- Menstruação longa
Injeção anticoncepcional Depo-Provera ®
Adesivo anticoncepcional OrthoEvra ®
Implante anticoncepcional Implanon ®
Anel anticoncepcional NuvaRing ®
Espermicidas vaginais
Esterilização feminina por laqueadura de trompas
Muco cervical - Método anticoncepcional de Billings
Período infértil
Tabelinha período fértil - Calculadora da ovulação e dias férteis
Calculadora da Ovulação e Tabela dos Dias Férteis
Tabelinha - Método anticoncepcional ou para engravidar
Período fértil feminino para engravidar - Como saber e calcular
Temperatura basal - Método para engravidar
Como engravidar
Dicas para engravidar
Período fértil e ciclo menstrual
Sangramento no início da gravidez, na gravidez avançada e parto
Sangramento vaginal - Causas na gravidez, menopausa, tratamento, anticoncepcional
Primeira menstruação ou menarca - Sintomas, idade
Ciclo menstrual, menstruação irregular e período fértil
Cólica menstrual - Dismenorréia e cólicas menstruais
Amenorréia primária e secundária - Causas, sintomas, tratamento, gravidez
Menstruação atrasada e problemas menstruais
Síndrome dos ovários policísticos - Infertilidade, sintomas, tratamento, anticoncepcional, cirurgia e dieta
Síndrome do Ovário Policístico
Cisto no Ovário
Zinco e Fertilidade
Câncer de ovário - Sintomas e tratamento de tumores malignos nos ovários
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Tradução: © 2007 Helio Augusto Ferreira Fontes
Texto: FDA Office of Women’s Health

VoltarVoltar a mulher corredora