Copacabana Runners

Gravidez ectópica e tubária

O que é gravidez ectópica e gravidez tubária

A gravidez ectópica é uma complicação na qual o ovo fertilizado é implantado em outro tecido que não é a parede uterina. A maioria das gravidezes ectópicas ocorrem no tubo de falópio e é chamada gravidez tubária, porém a implantação do ovo também pode ocorrer no cérvix, ovários e abdômen. Em torno de de 1% das gravidezes são ectópicas, e destas 98% ocorrem nos tubos de falópio (gravidez tubária). O feto produz enzimas que o permitem implantar em variados tipos de tecidos, desta forma uma embrião implantado em outro lugar que não seja o útero pode causar muitos danos ao tecido no esforço de conseguir suprimento suficiente de sangue.

Em uma gravidez ectópica típica o embrião não alcança o útero, ao invés disso adere ao revestimento do tubo de falópio resultando em gravidez tubária. O embrião implantado entoca-se ativamente no revestimento tubário. Geralmente isso invade vasos e causa sangramento. O sangramento intra-tubário expele o embrião implantado provocando aborto tubário. Algumas mulheres acham que estão tendo menstruação quando na verdade está ocorrendo um aborto tubário. Algumas vezes, o sangramento pode se forte o suficiente para ameaçar a saúde e vida da mulher. Geralmente esse nível de sangramento é devido a atraso no diagnóstico, mas algumas vezes a implantação pode invadir as proximidades de uma artéria, causando sangramento forte mais cedo do que o usual.

Se não for tratada, em torno de metade das gravidezes ectópicas resolve por aborto tubário. O advento do tratamento com metotrexato diminuiu a necessidade de cirurgia, porém a intervenção cirúrgica ainda é necessária em casos de gravidez tubária nos quais o tubo de falópio se rompeu ou corre o risco de romper.

Sintomas da gravidez ectópica

Os primeiros sintomas da gravidez ectópica são sutis, ou pode não haver sintomas iniciais. A apresentação clínica da gravidez ectópica ocorre em média 7 semanas depois do último ciclo menstrual normal, com variações de 5 a 8 semanas. Os primeiros sinais de gravidez ectópica são:
* Dor no abdômen inferior e inflamação.
* Dor ao urinar.
* Sangramento vaginal geralmente leve.
* Dor com os movimentos intestinais.

Pacientes com gravidez ectópica mais avançada geralmente experimentam dor e sangramento. Esse sangramento pode ser tanto vaginal quanto interno. Sangramento interno mais severo pode causar:
* Dor pélvica, abdominal ou lombar.
* Dor nos ombros.
* Cólicas em um dos lados da pélvis.

Os sintomas da gravidez ectópica podem ser similares a outras doenças como apendicite, desordens gastrointestinais, problemas no sistema urinário, doença inflamatória pélvica e outros problemas ginecológicos.

Diagnóstico da gravidez ectópica

Pode-se suspeitar de gravidez ectópica se a mulher, que for sexualmente ativa e capaz de engravidar, tiver dor no abdômen inferior e sangramento incomum. Uma elevação anormal dos níveis de Beta hcg no sangue pode indicar gravidez ectópica. Níveis mais elevados de Beta hcg com ultra-som não mostrando gravidez intrauterina são evidências para presumir que existe gravidez ectópica. Se o resultado foi incerto, pode ser necessário repetir depois de alguns dias o teste de sangue e ultra-som. Caso os níveis de Beta hcg caiam ao repetir o teste, isso sugere fortemente um aborto ou ruptura. Se o ultra-som mostrar um saco gestacional com coração fetal no tubo de falópio, isso é uma evidência clara de gravidez tubária. Laparoscopia ou laparotomia podem ser feitas para confirmar visualmente a gravidez ectópica.

Tratamento não cirúrgico da gravidez ectópica

O tratamento precoce da gravidez ectópica com antimetabólito metotrexato tem mostrado ser uma alternativa viável ao tratamento cirúrgico. Se administrado no início da gravidez, o metotrexato pode cessar o crescimento do embrião e provocar a interrupção da gravidez.

Tratamento cirúrgico da gravidez ectópica

Se já ocorreu hemorragia, a intervenção cirúrgica pode ser necessária caso haja evidência de perda de sangue em progresso. Fazer ou não a cirurgia é muitas vezes uma decisão difícil.

Complicações decorrentes da gravidez ectópica

A complicação mais comum é a ruptura com sangramento interno, que pode ocasionar choque. Morte devido à ruptura é rara em mulheres com acesso a instalações médicas modernas. Infertilidade ocorre em 10% a 15% das mulheres que tiveram gravidez ectópica.



Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


comments powered by Disqus

Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

Artigos Relacionados:
Defeitos de Nascença - Genética, consumo de álcool, drogas e cigarro
Síndrome de Down
Corrida durante a gravidez

Cães ajudam jovens com síndrome de down
Teste do Pezinho ou triagem neonatal
Teste do olhinho evita cegueira infantil
Indução do trabalho de parto
Aborto Espontâneo
Gravidez na adolescência
Ligadura de trompas
Vasectomia - Reversão, masculinidade e outros mitos
Cirurgia de vasectomia
Pílula anticoncepcional
Dieta da Fertilidade
Inseminação Artificial
Fertilização in vitro - Bebê de proveta
Fertilidade Feminina
Fertilidade e infertilidade - Tratamentos e causas
Tratamento da infertilidade - Reprodução assistida, testes, remédios e cirurgia
Endometriose - O que é, sintomas
Endometriose - Gravidez, tratamento, tem cura?
Infertilidade feminina - Causas, diagnóstico e tratamento
Infertilidade
Espera mais longa para gravidez em casais obesos
Pílula anticoncepcional eleva risco de trombose
Endometriose
Infertilidade masculina - Varicocele
Recomendações quanto à prática de exercícios durante a gravidez: atividades, benefícios e cuidados
Mulheres grávidas podem correr e participar de competições?
Diabetes gestacional - Diagnóstico, dieta, tratamento
Pré-natal - Exames pré-natais
Pré-natal - Exames, acompanhamento e cuidados pré-natais
Pré-eclampsia e eclampsia - Pressão alta na gravidez - Sintomas, tratamento
Gravidez de alto risco
Sintomas de gravidez
Menopausa - Sintomas
Teste de gravidez caseiro de farmácia funciona?
Ovulação - Teste de gravidez caseiro de urina
Beta hcg
Ovulação - Sintomas
Muco cervical - Método anticoncepcional de Billings
Período infértil
Tabelinha período fértil - Calculadora da ovulação e dias férteis
Calculadora da Ovulação e Tabela dos Dias Férteis
Tabelinha - Método anticoncepcional ou para engravidar
Período fértil feminino para engravidar - Como saber e calcular
Temperatura basal - Método para engravidar
Como engravidar
Dicas para engravidar
Período fértil e ciclo menstrual
Sangramento no início da gravidez, na gravidez avançada e parto
Sangramento vaginal - Causas na gravidez, menopausa, tratamento, anticoncepcional
Primeira menstruação ou menarca - Sintomas, idade
Ciclo menstrual, menstruação irregular e período fértil
Cólica menstrual - Dismenorréia e cólicas menstruais
Amenorréia primária e secundária - Causas, sintomas, tratamento, gravidez
Menstruação atrasada e problemas menstruais
Síndrome dos ovários policísticos - Infertilidade, sintomas, tratamento, anticoncepcional, cirurgia e dieta
Síndrome do Ovário Policístico
Cisto no Ovário
Consumo de cálcio na gestação e amamentação
Gravidez - Terceiro trimestre de gestação
Gravidez - Segundo trimestre de gestação
Gravidez - Primeiro trimestre
Parto prematuro e Bebê prematuro
Anemia na gravidez
Dores abdominais e estomacais - gases, gravidez, dor constante
Sangramento no início da gravidez, na gravidez avançada e parto
Sangramento vaginal - Causas na gravidez, menopausa, tratamento, anticoncepcional

Créditos:
Tradução: © 2008 Helio Augusto Ferreira Fontes.
Este artigo está licenciado sob a GNU Free Documentation License (www.gnu.org/copyleft/fdl.html). Usa material do artigo da Wikipédia "Ectopic pregnancy" (en.wikipedia.org/wiki/Ectopic_pregnancy).

VoltarVoltar a mulher corredora

Use essa ferramenta abaixo pesquisar nesse site:  

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar: