Copacabana Runners

Gravidez - Terceiro trimestre de gestação

Gravidez - Primeiro trimestre - Gravidez - Segundo trimestre de gestação

 

Gravidez - Women's Health.com

Gravidez no terceiro semestre - Mudanças no corpo da mulher no terceiro trimestre de gestação

Alguns dos mesmos desconfortos que a mulher grávida teve no segundo trimestre continuarão. Muitas mulheres acharão respirar ainda mais difícil e notarão que vão ao banheiro ainda mais freqüentemente. Isso acontece porque o bebê está ficando maior e colocando mais pressão sobre os órgãos.

As seguintes dores e desconfortos geralmente aparecem no terceiro trimestre de gravidez:
* Azia.
* Inchaço nos tornozelos, dedos e face. Caso note inchaço súbito ou extremo ou se ganhar peso muito rapidamente ligue para seu médico. Isso pode ser um sinal de pré-eclampsia ou toxemia.
* Hemorróidas.
* Seios sensíveis.
* Problemas para dormir.

À medida que a data do parto aproxima, o cérvix fica mais fino e macio. Isso é um processo natural que ajuda o canal vaginal a abrir durante o parto. O médico pode checar o progresso com um exame vaginal.

Gravidez no terceiro semestre - Ganho de peso da mulher no terceiro trimestre de gestação

Cada mulher ganha peso a taxa diferentes, mas na média é normal ganhar 450 gramas por semana, ou de 1,3 a 1,8 kg por mês, durante o terceiro trimestre de gravidez. Ao final da gravidez a mulher deve ter ganho em média de 11 a 14 kg, dos quais em torno de 3,4 kg são do bebê.

Gravidez no terceiro semestre - Mudanças no bebê no terceiro trimestre de gestação

O bebê continuará crescendo e movendo, mas agora haverá menos espaço no útero. Por causa disso, a mulher pode não sentir tantos movimentos e chutes quanto no segundo trimestre de gestação. 

À medida que o corpo se prepara para o parto, o bebê começará a mover para a posição de nascimento. A mulher grávida pode notar o bebê “caindo”, ou movendo para baixo no abdômen. Isso pode reduzir a pressão sobre os pulmões e costelas da mulher, tornando a respiração mais fácil. Ao nascimento, o bebê costuma ter em média de 50 a 55 centímetros e pesar em torno de 3,4 kg.

Gravidez no terceiro semestre - Visitas ao médico durante o terceiro trimestre de gestação

A mulher grávida deve continuar com as visitas ao médico regularmente. No último trimestre de gravidez as mulheres costumam ter consultas médicas mais freqüentemente. Da semana 30 à 38 de gravidez a maioria dos médicos recomenda uma consulta a cada 2 semanas. Depois da semana 38 de gravidez a mulher geralmente visita o médico toda a semana até o parto.

Continuar lendo:
Gravidez semana a semana - Primeiro trimestre
Gravidez semana a semana - Segundo trimestre de gestação

Saiba mais:
Consumo de cálcio na gestação e amamentação
Indução do trabalho de parto
Gravidez ectópica e tubária
Exercícios físicos e atividade física na gravidez
Icterícia em bebês recém-nascidos
Pré-natal - Exames pré-natais
Pré-natal - Exames, acompanhamento e cuidados pré-natais
Ácido fólico ou folato - O que é, quem precisa
Defeitos do tubo neural - Espinha bífida e anencefalia
Persistência do canal arterial - O que é, causas, sintomas, tratamento
Defeito cardíaco congênito - Sintomas e tratamento
Defeitos cardíacos congênitos - O que são, tipos
Defeitos de Nascença - O que são, chances de ter
Defeitos de Nascença - Genética, consumo de álcool, drogas e cigarro
DSTs na gravidez
Pré-eclampsia e eclampsia - Pressão alta na gravidez
Toxoplasmose na gravidez
Fissura labial ou lábio leporino e fenda palatina
Perturbações do espectro do álcool fetal e Síndrome do alcoolismo fetal
Recuperando o peso ideal depois da gravidez: Alimentação e atividade física
Alimentação durante a gravidez
Listeriose e gravidez - Bactéria listeria






Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus

Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2009 Helio Augusto Ferreira Fontes
Texto:
Office on Women's Health in the U.S. Department of Health and Human Services

VoltarVoltar a mulher corredora