Copacabana Runners

Hemorragia digestiva - Diagnóstico e tratamento

Com é feito o diagnóstico da hemorragia digestiva

O primeiro passo para diagnóstico da hemorragia digestiva é localizar o local do sangramento. O médico tomará o histórico médico completo do paciente e fará um exame físico. Sintomas como alterações nos hábito intestinais, fezes negras ou vermelhas, e dor ou sensibilidade no abdômen podem indicar ao médico qual área do trato digestivo está com hemorragia.

O médico pode precisar de exame de sangue ou de fezes. Alguns suplementos alimentares, subsalicilato de bismuto, e certos alimentos como beterraba podem dar às fezes a mesma aparência de hemorragia digestiva. Exame de fezes também pode mostrar sangramento que não é visível ao paciente. O exame de sangue pode ajudar a determinar a extensão da hemorragia e se o paciente está anêmico.

Lavagem nasogástrica no diagnóstico da hemorragia digestiva

Lavagem nasogástrica é um procedimento que pode ser usado para determinar se a hemorragia está no trato digestivo superior ou inferior. Na lavagem nasogástrica um tubo é inserido através do nariz para dentro do estômago. O conteúdo do estômago é removido através do tubo. Se o estômago contiver bile e não sangue, a hemorragia ou parou ou provavelmente está no trato digestivo inferior.

Endoscopia no diagnóstico da hemorragia digestiva

A endoscopia é o método mais comum para encontrar a fonte da hemorragia no trato digestivo. O endoscópio é um tubo flexível com uma pequena câmera no final. O médico insere o endoscópio através da boca do paciente para ver o esôfago, estômago e duodeno. Esse exame é chamado esofagogastroduodenoscopia. Um endoscópio também pode ser inserido pelo reto para ver o cólon. Esse procedimento é chamado colonoscopia. O médico pode usar endoscópio para biópsia, a qual envolve coletar pequenas amostras de tecido para exame sob microscópio. Sangramento que não pode ser encontrado com endoscópio é chamado hemorragia obscura. O médico pode repetir a endoscopia ou usar outros procedimentos para encontrar a causa da hemorragia digestiva obscura.

Enteroscopia no diagnóstico da hemorragia digestiva

Enteroscopia é um exame do intestino delgado. Uma vez que endoscópios tradicionais não podem alcançar o intestino delgado, endoscópios especiais são usados para enteroscopia

Outros procedimentos para diagnóstico da hemorragia digestiva

Vários outros métodos podem ajudar a localizar o local da hemorragia digestiva.

* Raio-x de bário. O bário é um material de contraste que torna o trato digestivo visível em um raio-x. O raio-x de bário é menos preciso que endoscopia em pode interferir com outras técnicas diagnósticas.

* Angiografia. Um pigmento é injetado na veia do paciente para tornar os vasos sanguíneos visíveis em raio-x ou tomografia computadorizada. O pigmento vaza dos vasos sanguíneos no local da hemorragia. 

* Laparotomia exploratória. Se outros métodos não conseguirem localizar o local da hemorragia digestiva, um procedimento cirúrgico pode ser necessário para examinar o trato digestivo.

Tratamento da hemorragia digestiva

Para o tratamento da hemorragia digestiva, endoscopia pode ser usada para interromper o sangramento no trato digestivo. O médico pode inserir instrumentos através do endoscópio para :
* Injetar substâncias no local da hemorragia.
* Fazer o tratamento do local da hemorragia e tecido ao redor com sonda de calor, corrente elétrica ou laser.
* Fechar os vasos sanguíneos afetados com uma bandagem ou clipe.

Endoscopia nem sempre controla a hemorragia. Angiografia pode ser usada para injetar medicamentos e outros materiais dentro de vasos sanguíneos para controlar alguns tipos de hemorragias. Se o tratamento com endoscopia e angiografia não funcionarem, o paciente pode precisar de outros tratamentos ou cirurgia para interromper a hemorragia digestiva.

Para prevenir hemorragias digestivas no futuro, o médico pode tratar as condições causadoras da hemorragia digestiva, como:
* H. Pylori e outras infecções.
* Úlcera.
* Hemorróidas.
* Doença do refluxo gastroesofágico.
* Pólipos.
* Doenças intestinais inflamatórias.




comments powered by Disqus

Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos relacionados:
Hemorragia digestiva alta e baixa - Causas
Hemorragia digestiva alta e baixa, aguda e crônica - Sinais e sintomas
Sangramento retal - Tratamento, causas, sintomas
Azia - Causas, alimentos, dieta, tratamento, antiácidos
Refluxo gastroesofágico em crianças
Hérnia de hiato ou hiatal - Sintomas, tratamento
Refluxo gastro-esofágico
Gastrite
Álcool e as festas de fim de ano
Barriga de chopp ou de cerveja
Cerveja dá barriga?
Comendo demais?
Endoscopia
Exercício, esporte ou tipo de ginástica para perder barriga
Quando barriga atrapalha - Abdominais
Barriga tanquinho
Barriga inchada e arrotos
Hérnia inguinal - Diagnóstico, tratamento e cirurgia
Hérnia Inguinal - O que é, sintomas
Dores abdominais e estomacais - gases, gravidez, dor constante
Como acabar com gases intestinais - Alimentos que causam
Excesso de gases intestinais e seus sintomas
Flatulência - Remédios para gases intestinais e estomacias
Doença de Crohn ou enterite regional - Tratamento
Doença de Crohn ou enterite regional - Causas, sintomas e complicações
Síndrome do intestino irritável
Azia e doença do refluxo gastroesofágico
Indigestão - Dispepsia
Prisão de ventre infantil - Intestino preso em crianças
Intestino mais saudável
Prisão de ventre ou intestino preso
Obstipação - constipação intestinal comum
Fibras Alimentares - Alimentos ricos em fibra alimentar
Colite Ulcerativa
Dor de Barriga
Soro Caseiro
Diarréia em crianças e bebês
Diarréia crônica
Diarréia
Gastroenterite aguda - Tratamento em crianças com terapia de reidratação oral
Gastroenterite viral
Diverticulite
Prisão de ventre infantil - Intestino preso em crianças
Intestino mais saudável
Prisão de ventre ou intestino preso
Laxantes - O que é laxante, casos indicados, tipos
Câncer de estômago - O que é, fatores de risco
H. Pylori e úlcera péptica
Hemorróidas - Sintomas, como tratar hemorróida
Fissura Anal
Fístula Anal
Tratamento, remédios para hemorróidas e prevenção
Anemia Ferropriva - Causas
Causas da anemia e fatores de risco
Tratamento da anemia e prevenção
Hemorróidas na gravidez
Hemorróidas externas e internas
Câncer de intestino ou colo-retal
Pólipos do intestino grosso ou do cólon
Histeroscopia cirúrgica e diagnóstica
Câncer colorretal - Sintomas, diagnóstico e tratamento
Pólipos colorretais e câncer colorretal
Pólipos endometriais ou uterinos
Colonoscopia
Colite ulcerativa - Tratamento e diagnóstico
Colite ulcerativa - Sintomas e causas
Colite colagenosa e linfocítica
Hematospermia ou sangue no esperma
Sangue na urina ou hematúria
Hemofilia A e B
Tratamento da hemofilia
Sangue nas fezes - Melena ou hematoquesia
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2010, Hélio Augusto Ferreira Fontes.
Texto: National Digestive Diseases Information Clearinghouse