Copacabana Runners

Hipotireodismo - glândula tireóide, causas, sintomas, tratamento

Tireóide - OMH.gov

O que é hipotireodismo

O hipotireodismo ocorre quando glândula tireóide não produz hormônio suficiente para as necessidades do corpo. Sem os hormônios da tireóide muitas das funções do organismo ficam prejudicadas. Mulheres têm maior probabilidade de desenvolver hipotireodismo do que homens.

O que é a glândula tireóide

A glândula tireóide está localizada na frente do pescoço embaixo da laringe. A tireóide é parte do sistema endócrino. As glândulas endócrinas produzem, armazenam, e liberam hormônios na corrente sanguínea que viajam através do corpo e direcionam as atividades das células. Hormônios da tireóide regulam o metabolismo, o qual é a forma que o corpo usa energia, e afeta quase todos os órgãos do corpo.

A glândula tireóide produz os hormônios triiodotironina (T3) e tiroxina (T4), os quais afetam o metabolismo, desenvolvimento cerebral, respiração, função cardíaca e do sistema nervoso, temperatura corporal, força muscular, umidade da pele, ciclo menstrual, peso e níveis de colesterol. Um terceiro hormônio produzido por células especializadas na glândula tireóide, calcitonina, afeta os níveis de cálcio no sangue e acúmulo desse mineral nos ossos.

Causas do hipotireodismo

O hipotireodismo pode ter várias causas, incluindo:
* Tireoidite de Hashimoto, na qual o sistema imunológico ataca células na tireóide.
* Tireoidite ou inflamação da glândula tireóide.
* Hipotireodismo congênito, aquele presente ao nascimento.
* Remoção cirúrgica de parte ou toda glândula tireóide em casos de hipertireoidismo, bócio, nódulos ou câncer.
* Radioterapia na tireóide para hipertireoidismo, câncer, linfomas e doença de Hodgkin.
* Alguns medicamentos.

Hipotireodismo congênito

Alguns bebês nascem com tireóide não completamente desenvolvida, ou que não funciona apropriadamente. Se não for tratado, hipotireodismo congênito pode levar a retardamento mental e problema de crescimento.

Sintomas do hipotireodismo

O hipotireodismo tem muitos sintomas, que variam de pessoa para pessoa. Alguns sintomas comuns do hipotireodismo são:
* Fadiga.
* Ganho de peso.
* Face inchada.
* Intolerância ao frio.
* Dor nos músculos e articulações.
* Constipação.
* Cabelo seco.
* Diminuição na transpiração.
* Menstruação forte ou irregular e problemas de infertilidade.
* Depressão.
* Batimento cardíaco reduzido (bradicardia).

Sintomas mais específicos para a doença de Hashimoto são bócio e sensação de garganta cheia. 

Hipotireodismo pode contribuir para colesterol alto. Pessoas com alto colesterol devem ser testadas para hipotireodismo. Em raras ocasiões, casos não tratados podem ocasionar coma mixedematoso, uma forma extrema de hipotireodismo na qual o corpo desacelera ao ponto de ameaçar a vida.

Diagnóstico do hipotireodismo

Muitos sintomas do hipotireodismo podem ocorrer em outras doenças, então ele não pode ser diagnosticado baseado somente nos sintomas. O médico faz um historio médico e exame físico. Então pode-se fazer vários testes para confirmar o diagnóstico de hipotireodismo e encontrar sua causa. Geralmente o primeiro teste é o de hormônio estimulante da tireóide (TSH), o qual mede mais precisamente a atividade de tireóide. 

Hipotireodismo e gravidez

Mulheres com hipotireodismo devem discutir sua condição com o médico antes de engravidar. Hipotireodismo não controlado eleva o risco de aborto espontâneo, parto prematuro e pré-eclâmpsia que é uma complicação potencialmente séria que eleva a pressão sanguínea. Hipotireodismo não controlado durante a gravidez também afeta o crescimento do bebê e seu desenvolvimento cerebral. Tireoidite pós-parto muitas vezes é confundida com depressão pós-parto.

Tratamento do hipotireodismo

O hipotireodismo é tratado com tiroxina sintética, a qual é idêntica à T4 feita pela tireóide. A dose exata depende na idade e peso do paciente, gravidade do hipotireodismo, presença de outros problemas de saúde, e que remédios a pessoa toma. O médico pede teste de níveis de TSH em 6 a 8 semanas depois que o paciente começa a tomar o hormônio e faz os ajustes necessários na dose.

Saiba mais:
Tireoidite de Hashimoto - O que é, sintomas, tratamento
Hipotireoidismo - O que é, causas
Hipotireoidismo - Sintomas e tratamento
Bócio - Causas, tratamento
Hipotireoidismo - O que é, causas
Hipotireoidismo - Sintomas e tratamento
Hipotireoidismo - O que é, causas, sintomas, gravidez e tratamento
Hipoparatireoidismo - O que é, causas, sintomas, tratamento 
Hipertireoidismo
Hiperplasia adrenal congênita - O que é, causa, sintomas, tratamento
Transtornos das glândulas adrenais - Síndrome de Cushing, hiperplasia adrenal congênita, tumores pituitários
Bócio - Causas, tratamento



Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2008, Hélio Augusto Ferreira Fontes.
National Institute of Diabetes and Digestive and Kidney Diseases