Copacabana Runners

Quanto vale um profissional
Quanto custa a hora aula de professor de Educação Física

Não sei por que, mas nas últimas semanas tenho recebido um número bastante significativo de perguntas do tipo: Quanto custa a hora aula de professor de Educação Física nas diversas áreas sendo as mais procuradas a musculação e ginástica de academia.

Tenho respondido que essa questão de valor de hora aula e salários de professor nas atividades de academias variam de cidade para cidade assim como de bairro para bairro e o porte da academia. Tenho visto, pelo menos na minha cidade, uma variação entre R$ 9,00 a R$11,00 a hora dependendo ainda do número de horas por semana e conforme o caso as negociações diretas ainda podem ser composto salário mensal para “x” horas semanais. A gente sabe de profissionais que ganham muito mais que isso, mas valem porque são muito bons.

Entretanto, volto a afirmar que o poder de negociação depende fundamentalmente do quanto o próprio profissional acha que vale de acordo com a sua experiência, conhecimento adquirido com horas de cursos extras e facilidade de lidar com as pessoas e encher as suas turmas. Uma questão que em minha opinião muito particular não funciona, como querem alguns órgãos que se dizem defensores da classe é compor tabelas de salários. Precisamos estar cientes que não é o público nem os órgãos que valorizam ou desvalorizam o profissional e sim ele mesmo nas suas atitudes, conhecimento e experiência. Ou seja, primeiro temos que mostrar o que temos a oferecer. Depois quanto vale isso. Eu conheço a dificuldade do profissional recém formado que muitas vezes acaba se sujeitando a qualquer salário justificado pela necessidade imediata de trabalhar logo e ganhar dinheiro mesmo sendo pouco. Até ai tudo bem porque pode ser uma situação temporária, mas o que não pode é o profissional se acomodar e muitos até param de estudar. Depois não pode reclamar nem dizer que está virando escravo como tenho visto algumas frases prontas demagógicas típicas de sindicalistas de diversas classes pelo Brasil afora.

Uma das condições para o profissional evoluir é continuar os estudos e outra é se especializar na modalidade que mais gosta. O sujeito que hoje está na musculação, amanhã na natação pulando de galho em galho aproveitando qualquer vaga ou brecha que surja para ficar empregado acaba não aprendendo nada. Qualquer um de nós na área de Educação Física quando queremos saber de um assunto específico se começar a perguntar a um e a outro acaba recebendo resposta do tipo: Quem mais entende desse assunto é “fulano”. Assim temos o “bamba” na musculação, na ginástica, na natação e assim por diante. São pessoas que se tornam referência por gostar tanto se dedicam e aprofundam seus conhecimentos a vida toda se especializando num assunto e por isso mesmo ganham mais porque merecem.

Vale lembrar que, por outro lado, geralmente os empresários não são leigos em administração e já têm os seus valores fixados. Ou seja, paga até “X” dependendo da competência, currículo e experiência do professor. Precisamos inverter a ordem. Primeiro mostramos o que temos a oferecer, depois quanto vale isso. Não é incomum pretendente a determinadas vagas chegarem logo perguntando quanto é o salário sem antes se apresentar, conversar e/ou negociar.

O que não podemos é deixar que nos influenciem a olhar os patrões como “senhores da senzala”. Nós precisamos deles e eles de nós. Se eles não ganham dinheiro perdendo mais alunos, o profissional de Educação Física também não ganha e sabemos muito bem que do profissional depende em grande parte a aderência dos alunos e isso tem preço. Quando um empresário fecha as portas quem sai perdendo é o profissional de Educação Física que perde o emprego. O empresário vende os equipamentos, paga suas dívidas e pronto. O que sobra ainda coloca na poupança.

Sabemos sim que existem erros de ambas as partes. Patrões que preferem a exploração de mão de obra barata e profissionais que não querem trabalhar e só dão dor de cabeça chegando atrasado, faltando sem justificativa e pior que isso. Não dão o mínimo de atenção aos seus alunos. A experiência mostra que nenhum dos dois trabalhando desse jeito cresce e não chega a lugar nenhum.

Empresários inteligentes estimulam com rigor e cobram o desenvolvimento dos seus profissionais criando algo similar a plano de carreira dentro de suas academias para que um dia um ou vários deles tenham condições de assumir a coordenação. Bons administradores mantêm quadro de profissionais por muito tempo porque ninguém quer sair e cumprem com suas obrigações. Vale lembrar que existem leis a serem cumpridas para ambas as partes.

Cartas para: lcmoraes@compuland.com.br - Luiz Carlos de Moraes CREF1 RJ 003529

Para Refletir: Desconfiar de algumas pessoas é prudente. De todo mundo é burrice. (Moraes 2010)
Sobre a Ética: Na dúvida pergunte a poucas pessoas experientes. Muitas opiniões é tão ruim quanto nenhuma. (Moraes 2010).



 


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:



comments powered by Disqus

Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

Artigos relacionados:
Malhar com personal - Vantagens e possíveis desvantagens
Personal Trainer
Escalada, rapel, rafting, corrida de aventura - Aproveite o horário de verão
Três meses na academia - O desafio da barreira
Academia em casa não é tão simples assim
Erros mais comuns cometidos por quem frequenta academia
Malhar em academia - Vantagens e possíveis desvantagens
Academia - Porque as pessoas desistem
Step
Body Pump
Ginástica localizada não sai de moda
Ginástica Localizada
Equipamentos de Ginástica e Estações de Musculação
Musculação
Flexibilidade
Atividade física regular e controle de peso
Corpo definido
Barriguinha lisinha e abdômen definido tanquinho
Aparelhos Abdominais - aparelho abdominal para fortalecer abdome
Abdome definido e saúde
Ginástica
Ginástica passiva
Ginástica laboral na qualidade de vida
Ginástica laboral deve ser adequada ao tipo de atividade funcional
Ginástica laboral e seus exercícios
Ginástica laboral
Educação física
Biografia de Joseph Hubertus Pilates
O Método Pilates
As aulas de Pilates
Para que serve o Método Pilates?
Pilates x Musculação
As Mudanças no Pilates
Pilates no Pré, Peri e Pós-Natal
O Stúdio de Pilates
Pilates e o treinamento de corrida
Pilates - Método, aparelhos, aulas
Exercícios físicos para gestantes e cuidados durante atividade física
Curves
Periodização no spinning - Planejar é preciso... Periodizar também
Periodização do treinamento
Escala de borg na musculação
Amplitude de Movimentos na Musculação
Série simples e pesada na musculação libera mais testosterona
Musculação em forma de circuito
Spinning e lesões
Spinning: Vantagens e Desvantagens - As diferentes qualidades físicas nas aulas
História da bicicleta
Ciclismo - Dicas para suas pedaladas na bicicleta
Spinning e as invenções esdrúxulas
Aula de Running
Plataforma vibratória
Treinamento em Circuito
Barriguinha lisinha e abdômen definido tanquinho
Como motivar sedentário a praticar exercícios físicos
Sedentarismo
Malefícios da atividade física sem orientação
Atividade física e qualidade de vida
Benefícios da caminhada
Caminhada - Caminhar Forte
Corrida não garante emagrecimento - Tabela de calorias gastas de acordo com o peso corporal
Correr naturalmente e com prazer
Conceito de Fitness
Treinamento ideal cada um tem o seu e não é o mesmo para sempre
Relógio Biológico
Dez passos para malhar melhor
Onze razões para correr e malhar
Musculação ajuda performance dos corredores fundistas?
Mudança Climática e Educação Física
Treine o seu cérebro e a emoção
Preparar-se para os exercícios! Psicologia espotiva
Academia de Ginástica - Como escolher Academias?
Trabalho, família e o exercício físico em sintonia
Bumbum é a preferência nacional
Tatuagem - Riscos e insatisfação com tatuagens
Dicas de Beleza
Ginástica por obrigação vira problema
Lesões em academias de ginástica
Corpo sarado como sinônimo de saúde
Correr na Esteira ou na Rua
Relação professor-aluno de educação-física tem que ser muito forte
Professor de educação física generalista ganha menos
O que fazer quando o gás para a corrida acaba - Exercícios e séries
Correr forte antes da musculação não atrapalha o treino dos braços e tronco
O que fazer quando o gás para a corrida acaba - Musculação
Correr na rua com segurança - A logística Antes e Durante o Treino
Correndo na rua com segurança
Desmotivação para correr - Parte II
Desmotivação para correr - Síndrome de Burnout
Motivação para exercício físico
Dinâmicas de Grupo e Atividades Recreativas para Crianças e Adolescentes
Hábitos de vida saudável
Vencer a si mesmo no esporte
Criança esperta não engorda e nem vira adulto problema
Criança não é adulto em miniatura para fazer musculação - Treinamento de força
Psicomotricidade das crianças
Treinamento aeróbio das crianças
Professor de educação física não precisa ser atleta mas precisa dar exemplo de postura
Fazer exercício com música pode ser muito bom ou um inferno
Quanto custa a hora aula de professor de Educação Física - Quanto vale um profissional
Professor de Educação Física - Doze Virtudes
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Texto copyright © 2010 por Luiz Carlos de Moraes CREF/1 RJ 003529
lcmoraes@petrobras.com.br | lcmoraes@compuland.com.br  
Leia mais artigos sobre esporte e saúde no site Notícias do Corpo