Copacabana Runners

Exercícios e nossos hormônios!
Estrogênio, testosterona e hormônio de crescimento

Spinning - CDC/ Amanda Mills

À medida que envelhecemos, nossos órgãos sexuais (de ambos homens e mulheres) produzem menos estrogênio e testosterona. De fato, o New York Times tem informado que há uma abundância de livros sobre este tema de menopausa e perimenopausa para nós mulheres acima de 40 anos. Essa é a época na qual nossos hormônios estão flutuando e nossos ovários estão começando a produzir menos estrogênio, o que pode resultar em alguns sintomas desagradáveis. 

Homens acima dos 40 anos também podem experimentar sintomas da redução dos níveis hormonais, como a fadiga. Porém, nossa glândula adrenal continua produzindo pequenas quantidades desses hormônios vitais por toda a vida. Então como os exercícios físicos podem ajudar?

Um estudo relatou que os níveis de estrogênio, testosterona e hormônio de crescimento no sangue foram significantemente maiores em mulheres de idades entre 19-69 anos depois de 40 minutos de exercícios de resistência do que o grupo de controle que não realizou nenhum exercício! Podemos ver que até as mulheres mais velhas produzem mais hormônios anti-envelhecimento! O estudo concluiu que "uma sessão acurada de exercício físico pode aumentar a concentração de hormônios anabólicos em mulheres de uma grande gama de idades". O que isso significa? Significa anti-envelhecimento para nossos músculos, ossos e é claro, entre outros maravilhosos efeitos colaterais, boas notícias para nossa pele e saúde mental!

Outra pesquisa sobre a resposta hormonal a exercícios em homens, embora menos conclusiva em relação aos níveis de testosterona, mostrou elevação de hormônio de crescimento depois de exercícios de resistência. O que isso significa? Hormônio de crescimento, propagado como "a" terapia anti-envelhecimento a qual algumas celebridades creditam o seu visual jovem, aumenta a massa muscular, densidade óssea e reduz a gordura corporal. Parece juventude para mim!

Agora vamos ao ponto da dica de hoje: exercícios aumentam os hormônios circulando no organismo, o que pode ajudar a reduzir alguns dos efeitos desagradáveis do envelhecimento. 

Pode ser que exercícios ajudem as mulheres que não podem passar pela terapia de reposição hormonal, e que eles também ajudem a reduzir a quantidade de hormônios sintéticos para aquelas mulheres que estão fazendo a terapia. Sabemos que elevações dos níveis de estrogênio e testosterona ajudam na absorção de cálcio, o qual é vital para nossos ossos. Então, agora temos outra grande razão para nos exercitarmos em adição a todas as outras.

Você ainda não tem 40 anos? Pelo que sabemos nunca é cedo demais para tomar cuidados com o envelhecimento. Aqui está a "Fonte da Juventude Natural" que está dentro de todos nós!

Saiba mais:
Osteoporose - Tratamento
Menopausa
Hormônio de crescimento
Série simples e pesada na musculação libera mais testosterona
Menopausa - Sintomas
Menopausa precoce
Menopausa
Idade da menopausa
Anovulação
Endorfina
Lupus e gravidez
Lupus - Causas, sintomas, diagnóstico
Lupus - Tratamento
Osteoporose - O que é, prevenção, sintomas
Corrida de longa duração diminui a testosterona e aumenta o cortisol
Tribulus terrestris - Efeitos sobre a massa muscular e testosterona
Mulheres sofrem mais com os joelhos do que os homens
Por causa dos joelhos o treinamento das mulheres não é igual ao do homem (parte II)



Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Fontes: 
Hormonal responses to endurance and resistance exercise in females aged 19-69 years.
Copeland JL, Consitt LA, Tremblay MS.
Department of Biology, University of New Brunswick, Fredericton, Canada. jec324@duke.usask.ca

Créditos:
Junefit.com
Texto copyright © 2003 por Junefit.com
Tradução: Hélio Augusto Ferreira Fontes
Para dicas semanais, Programa Nutricional e Programa de Perda de Peso, acesse Junefit.com