Copacabana Runners

Infecção HPV – Papilomavírus Humano
O que é, tratamento, sintomas, cura

Vírus HPV - CDC

O que é infecção genital por HPV ?

A infecção genital por HPV é uma doença sexualmente transmissível cuja causa é o papilomavírus humano (HPV), que é o nome de um grupo de vírus que inclui mais de 100 variedades diferentes. Mais de 30 desses vírus são transmitidos sexualmente e podem infectar a área genital de homens e mulheres incluindo a pele do pênis, vulva (área de exterior da vagina) ou ânus, e o revestimento da vagina, cérvix ou reto. A maioria das pessoas infectadas com HPV não apresenta sintomas e serão curadas por si mesmas. Alguns desses vírus são do tipo de "alto-risco" e podem ocasionar câncer no cérvix, vulva, vagina, ânus ou pênis. Outros são chamados de "baixo risco" e podem causar verrugas nos genitais.

Como as pessoas contraem infecção de HPV?

Os tipos de HPV que infectam a área genital são espalhados principalmente pelo contato genital. A maioria das infecções de HPV não apresenta sinais ou sintomas, desta forma a maioria das pessoas não sabe que está infectada mas pode passar o vírus ao parceiro sexual. Em raros casos a mulher grávida pode passar HPV ao bebê durante o parto natural. 

Quais são os sintomas de infecção genital por HPV?

A maioria das pessoas com infecção genital de HPV não sabe que está infectadas. O vírus vive na pele ou membranas mucosas e geralmente não causa sintomas. Algumas pessoas apresentam verrugas visíveis na área dos genitais ou têm alterações pré-cancerígenas no cérvix, vulva, ânus ou pênis. Em casos raros a infecção por HPV pode ocasionar câncer no ânus ou genitais.

Como é feito o diagnóstico do HPV?

A maioria das mulheres tem o diagnóstico de HPV baseado em teste papanicolau anormal. O teste de papanicolau é a principal ferramenta para diagnosticar câncer cervical ou alterações pré-cancerígenas no cérvix relacionadas ao HPV. Também há um teste específico para detectar o DNA do HPV em mulheres. Não há teste de HPV em homens.

Existe cura para o HPV? Como é o tratamento?

Não existe "cura" para a infecção de HPV, embora na maioria das mulheres ela desapareça por si mesma. O tratamento é direcionado às alterações na pele ou membrana mucosa causadas pela infecção de HPV, como as verrugas e alterações pré-cancerígenas no cérvix.

Como reduzir os riscos de contrair infecção genital por HPV?

O meio mais seguro de eliminar o risco de infecção de HPV é evitar contato genital com outras pessoas. Para aqueles sexualmente ativos, o relacionamento mutuamente monogâmico com um parceiro não infectado é a forma mais segura de prevenir infecções por HPV. Porém, é difícil determinar se o parceiro que esteve sexualmente ativo no passado não esteja infectado. 

Para aqueles sexualmente ativos que não têm relação monogâmica de longo prazo, reduzir a quantidade de parceiros sexuais e escolher parceiro de menor risco diminui a probabilidade de contrair infecção por HPV. Parceiros de menor risco são aqueles que têm menos chances de estarem infectados por terem poucos parceiros sexuais anteriores.

A infecção por HPV pode ocorrer em áreas genitais de homens e mulheres não cobertas pelo preservativo de látex, de modo que a eficiência deste para prevenir a infecção não está determinada. Porém, o uso de preservativos tem sido associado a uma menor taxa de câncer cervical, uma doença relacionada à infecção por HPV.

Saiba mais:
HPV no homem - Infecção anal entre homens
Proteção contra HPV
Check-up médico para a mulher
Câncer de colo do útero ou cervical - Causas e fatores de risco
Câncer cervical ou de colo do útero - Sintomas, detecção e diagnóstico
Câncer de colo do útero ou cervical - Tratamento com cirurgia, radioterapia e quimioterapia
Teste de Papanicolau
Condiloma Acuminado ou Verruga Genital
Verrugas vulgares, comuns, genitais, planas, filiformes, plantares - Causas e HPV
Verrugas - Tratamento e prevenção
Doenças sexualmente transmissíveis - DST
DSTs na gravidez
DSTs - Testes, diagnóstico, tratamento e prevenção
DSTs mais comuns, sintomas
Tipos de DST
Molusco contagioso - O que é, como evitar, tratamento



Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Tradução: © Helio Augusto Ferreira Fontes
Texto: Centers for Disease Control and Prevention



© 1999-2014 Helio A. F. Fontes
Utilização de material original do site

Copacabana Runners - Atletismo e Maratonas