Copacabana Runners

Intoxicação Alimentar

E. coli - NIAID Image Gallery

O que é intoxicação alimentar

A intoxicação alimentar é uma infecção causada ao consumir alimento contaminado com bactéria patogênica, toxinas, vírus, príons ou parasitas. A contaminação geralmente decorre do modo inapropriado de manusear, preparar ou estocar comida. Intoxicação alimentar também pode ser causada ao adicionar pesticidas ou medicamentos ao alimento, ou ao acidentalmente consumir substâncias naturalmente venenosas como alguns cogumelos e peixes.   

O contato entre alimento e pestes, especialmente moscas, ratos e baratas, também é causa de contaminação do alimento. A boa higiene antes, durante e depois da preparação do alimento pode reduzir as chances de sofrer intoxicação alimentar.

Sintomas da intoxicação alimentar e mortalidade

Os sintomas da intoxicação alimentar geralmente começam várias horas depois da ingestão e, dependendo do agente envolvido, pode incluir alguns dos seguintes: náusea, dor abdominal, vômito, diarréia, febre, dor de cabeça e cansaço. Na maioria dos casos o corpo é capaz de recuperar-se completamente depois de um curto período de doença aguda e desconforto. Porém, intoxicação alimentar pode resultar em problemas de saúde permanentes ou até a morte, especialmente em bebês, mulheres grávidas (e o feto), idosos, pessoas doentes ou com o sistema imunológico fraco. 

Período de incubação

O tempo entre o consumo de alimento contaminado e o aparecimento dos primeiros sintomas da doença é chamado período de incubação, o qual varia de algumas horas a dias (e raramente meses ou até anos), dependendo do agente e o quanto foi consumido. Se os sintomas aparecerem entre 1-6 horas depois de ingerir o alimento, isso sugere que a intoxicação alimentar foi causada por uma toxina bacteriana ao invés de bactéria viva.

Durante o período de incubação, micróbios passam pelo estômago até o intestino, prendem-se às células do revestimento da parede do intestino, e começam a se multiplicar lá. Alguns tipos de micróbios ficam no intestino, outros produzem toxina absorvida pela circulação sanguínea e uns podem invadir diretamente tecidos mais profundos do corpo. 

Dose infecciosa

A dose infecciosa é a quantidade do agente que precisa ser consumida para provocar os sintomas da intoxicação alimentar, e varia de acordo com o agente consumido e estado de saúde e idade da pessoa que ingeriu. No caso sa Salmonella, apenas 15-20 células podem ser suficientes.


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:




Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus

Artigos relacionados:
Listeriose e gravidez - Bactéria listeria
Vanadio
Cromo
Salmão e risco de contaminação
Dor abdominal
Botulismo
Giardíase - Infecção por Giárdia
Amebíase
Disenteria bacteriana e amébica
Síndrome hemolítico-urêmica - O que é, causas, sintomas, tratamento
Escherichia coli
Intoxicação por Salmonela - Salmonelose
Leptospirose - Sintomas, transmissão e tratamento
Leptospirose
Doença do peixe cru - Difilobotríase
Cólera
Quem deve se vacinar contra febre amarela
Rotavírus
Enterobíase ou infecção por oxiúros - Sintomas e tratamento
Amarelão ou Ancilostomíase
Verminose por lombriga ou ascaridíase
Lombriga e Ascaridíase
Esquistossomose
Febre Tifóide
Calafrios - O que são, causas
Ciclo da malária
Sintomas da malária sem complicações e severa
Gripe suína e diabéticos - Influenza por vírus A (H1N1) e diabetes
Gripe suína e HIV - Influenza por vírus A (H1N1) e AIDS
Gripe Suína - Influenza A (H1N1) - Vacina, sintomas, como prevenir
Gripe suína e pneumonia invasiva
Gripe A
Gripe suína e amamentação do bebê - Amamentar e influenza por vírus A (H1N1)
Gripe suína e mulheres grávidas - Vírus influenza A H1N1 e a mulher grávida
Vacina para gripe suína ou influenza por vírus A (H1N1)
Remédio Tamiflu ® contra Gripe Suína - Medicamento antiviral para vírus influenza A H1N1
Gripe suína - Transmissão do vírus A (H1N1)
Pessoas com sintomas da gripe suína pelo vírus A (H1N1)
Gripe espanhola ou pandemia de influenza de 1918
Sintomas da gripe suína
Gripe suína ou Influenza por vírus H1N1
Gripe suína
Malária
Febre Amarela
Leishmaniose visceral e cutânea
Doença do Sono - Tripanossomíase africana e trypanossoma
Doença de Chagas - Transmissão pelo barbeiro, diagnóstico
Doença de Chagas
Dengue
Toxoplasmose na gravidez
Toxoplasmose
Infecção Alimentar
Brucelose - Febre de Malta
Dores, cólicas e desconfortos abdominais
Resistência aos antibióticos
Por que lavar as mãos é importante
Febre
Ânsia de vômito e corrida
Vômito e náusea

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © Hélio Augusto Ferreira Fontes.
Este artigo está licenciado sob a GNU Free Documentation License (www.gnu.org/copyleft/fdl.html). Usa material do artigo da Wikipédia "Food poisoning" (en.wikipedia.org/wiki/Food_poisoning).