Leptospirose - Sintomas, transmissão e tratamento

Bactéria Leptospira

O que é leptospirose

A leptospirose é uma doença bacteriana associada a animais selvagens e domésticos.

Transmissão da leptospirose

A leptospirose afeta principalmente trabalhadores rurais, veterinários, pessoas que trabalham com esgotos, e outras ocupações onde há contato com animais, especialmente ratos. A transmissão da leptospirose se dá principalmente pela urina de animais infectados e geralmente não é transmitida de pessoa para pessoa.

PUBLICIDADE

Sintomas da leptospirose

Os sintomas da leptospirose são febre, dor de cabeça, calafrios, vômito, icterícia, anemia e algumas vezes erupção cutânea. Pessoas com leptospirose ficam geralmente muito doentes e freqüentemente precisam ser hospitalizadas.

Quanto tempo depois da exposição à leptospirose os sintomas aparecem?

O período de incubação é geralmente de 10 dias, variando de 4 a 19 dias.

PUBLICIDADE

Diagnóstico da leptospirose

O diagnóstico da leptospirose é feito usando testes de sangue específicos disponíveis através de laboratórios.

Tratamento da leptospirose

O tratamento da leptospirose se dá através de antibióticos como penicilina, tetraciclina e eritromicina. Tratamento com diálise renal pode ser necessário em alguns casos.

Complicações decorrentes da leptospirose

Sem tratamento o paciente com leptospirose pode sofrer danos nos rins. Em casos raros, pode até ocorrer morte.

Prevenção da leptospirose

A prevenção da leptospirose consiste em ter boas condições sanitárias. O uso de botas e luvas em ambientes insalubres e o controle de roedores pode minimizar a transmissão da leptospirose.

Se meu cachorro tem leptospirose corro o risco de contrair a doença?

Infecções de leptospirose em cachorros não são incomuns. A vacinação de cachorros não é totalmente eficiente devido aos numerosos tipos de organismo que provocam a leptospirose. Teoricamente cachorros infectados podem transmitir leptospirose ao dono através da urina, embora tal contágio não seja freqüentemente documentado. Os donos de cachorros com leptospirose devem:
* Cooperar com o veterinário para tratar a leptospirose no cachorro.
* Ter cuidado ao lidar com a urina do cachorro e lavar as mãos sempre que houver suspeita de contato com a urina dele.
* Até que o cachorro esteja curado, não o leve para passear ou urinar em áreas freqüentadas por outras pessoas.

Saiba mais:
Leptospirose - O que é, tratamento, prevenção
Febre - O que é, convulsões febris, tratamento
Disenteria bacteriana e amébica
Intoxicação Alimentar
Dor abdominal
Meningite viral e bacteriana
Dores, cólicas e desconfortos abdominais
Resistência aos antibióticos
Por que lavar as mãos é importante
Febre


PUBLICIDADE


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:




Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2010, Hélio Augusto Ferreira Fontes
Texto: New York State Department of Health