Lúpus - O que é, causas, sintomas, diagnóstico

Dor muscular - Couldihavelúpus.gov

O que é lúpus?

O lúpus é uma doença autoimune crônica que pode danificar qualquer parte do corpo (pele, articulações e/ou órgãos). Crônica significa que os sintomas tendem a durar mais do que 6 semanas e freqüentemente por muitos anos.

No lúpus algo vai errado com o sistema imunológico, o qual luta contra vírus, bactérias e outros germes. Normalmente o sistema imunológico produz proteínas chamadas anticorpos que protegem o corpo desses invasores. Auto-imune significa que o sistema imunológico não consegue diferenciar os organismos invasores e os tecidos saudáveis do corpo. No lúpus o sistema imunológico cria auto-anticorpos que atacam e destroem tecidos saudáveis. Esses auto-anticorpos causam inflamação, dor e danos a várias partes do corpo. Quando as pessoas falam de lúpus, geralmente se referem a lúpus eritematoso. Esse é o tipo de lúpus mais comum.

PUBLICIDADE

Embora lúpus possa afetar quase qualquer órgão, para muitas pessoas a doença afeta apenas poucas partes do corpo. Por exemplo, uma pessoa com lúpus pode ter joelhos inchados e febre. Outra pessoa pode ficar sempre cansada ou ter problemas renais. Outros podem ter feridas na pele.

Geralmente o lúpus desenvolve-se lentamente, com os sintomas indo e vindo. Para a maioria das pessoas o lúpus é uma doença moderada. Porém, para outras, ele pode causar problemas sérios. Mesmo que o lúpus seja moderado, é uma doença séria que precisa de tratamento. Lúpus pode danificar órgãos e ser uma ameaça à vida se não tratado.

PUBLICIDADE

Quem tem maior probabilidade de desenvolver lúpus

Qualquer um pode ter lúpus, porém 90% dos pacientes são mulheres. As mulheres negras têm três vezes mais probabilidade de desenvolver lúpus que as brancas.  

Causas do lúpus

O lúpus não pode ser contraído de outra pessoa. A causa do lúpus é desconhecida. Provavelmente mais de um fator está envolvido no desenvolvimento do lúpus. Alguns fatores que suspeita-se possam estar envolvidos com o desenvolvimento do lúpus são:
* Ambiente (luz solar, estresse, certos medicamentos e vírus).
* Hormônios (lúpus é mais comum em mulheres durante a vida fértil).
* Problemas com o sistema imunológico.

Sintomas do lúpus

Os sinais de sintomas de lúpus variam de pessoa para pessoas. Alguns têm apenas poucos sintomas, enquanto outros têm mais. Os sintomas do lúpus também tendem a aparecer e sumir. Os sintomas comuns de lúpus são:
* Dor e rigidez na articulação, como ou sem inchaço.
* Dores musculares.
* Febre sem causa conhecida.
* Cansaço.
* Rachaduras na pele.
* Anemia.
* Problemas de raciocínio e memória.
* Problemas renais sem causa aparente.
* Dor no peito ao respirar profundamente.
* Sensibilidade à luz.
* Perda de cabelo.

Sintomas menos comuns incluem:
* Coágulo sanguíneo.
* Dedos pálidos ou roxos de frio ou estresse.
* Tonturas.
* Feridas na boca ou nariz.
* Dor de cabeça forte.
* Alucinações.
* Tristeza.
* AVC.

Diagnóstico do lúpus

O lúpus pode ser de diagnóstico difícil. Ele é muitas vezes confundido com outras doenças. Muitas pessoas têm lúpus por algum tempo antes de conseguir o diagnóstico. Caso tenha sintomas, informe seu médico imeditamente. Nenhum teste único pode dizer se a pessoa tem lúpus, mas o médico pode descobrir de outras formas como: histório médico, histórico familiar, exame físico completo, biópsia, e testes de sangue e de urina.

Saiba mais:
Lúpus: sintomas, diagnótico e tratamento
Lúpus e gravidez
Lúpus - Tratamento
Lúpus eritematoso sistêmico
Doenças autoimunes - O que são, sintomas, causa, lista, tratamento
Gravidez de alto risco
Aborto Espontâneo
Parto prematuro e Bebê
Esclerose lateral amiotrófica
Esclerose Múltipla - Atriz Cláudia Rodrigues e médica Soraya Hissa de Carvalho
Esclerose múltipla - O que é, sintomas, tratamento
Esclerose múltipla
Sarcoidose - O que é, sintomas e tratamento


PUBLICIDADE


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: copyright © 2009 por Helio Augusto Ferreira Fontes
Texto: Office on Women's Health in the U.S. Department of Health and Human Services