Copacabana Runners

Pele sensível - Vermelhidão, ardor e coceira

Descubra quais são os fatores que podem pôr a saúde de sua pele em risco. Vermelhidão, ardor e coceira são os principais sintomas quando se fala de pele sensível. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a sensibilidade é um estado, e não um tipo de pele. Quando esses sintomas aparecem, alguns cuidados devem ser tomados, e precauções para que eles não sejam desencadeados são aconselháveis.

O ideal mesmo é conhecer a própria pele para que os danos a ela sejam cada vez menores. Acompanhe abaixo algumas dicas para manter esse órgão corporal insubstituível cada vez mais bonito.

Não é um tipo de pele

Como já foi antes mencionado, a pele sensível é apenas um caráter passageiro, mas alguns tipos de pele têm mais propensão á desenvolver essa característica.

De acordo com a Dra. Flávia Martelli, da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a pele seca é sempre mais sensível por ter menos oleosidade. "A hidratação natural da pele é uma barreira contra as agressões externas".

O que sensibiliza a pele?

Há sensibilidade da pele pode ser desencadeada por diversos fatores. Desde o clima até substâncias com as quais se matem contato direto.

"No inverno a pele tende a ficar mais seca e, portanto, mais sensível", garante a dermatologista. Há também medicamentos que podem provocar fotossensibilidade, completa.

A dermatite atópica é a mais conhecida das doenças que podem tornar a pele mais sensível. É difícil se falar em cura, mas muitas crianças que desenvolvem esse disfunção, ficam curadas quando adultas.

Pessoas muito alérgicas são mais propensas a ter a pele irritada com o uso de determinados produtos. Em relação ao uso de produtos, a irritação pode ser desencadeada de duas maneiras.

No primeiro caso, a sensibilidade é provocada por substâncias que são chamadas de Irritantes primários. "O produto não é adequado para o contato contínuo com a pele", explica a Dra. Martelli, como é o caso de produtos de limpeza. Na verdade isso não consiste numa sensibilidade da pele, mas sim no alto coeficiente irritativo que o produto contém.

O segundo caso esta relacionado a uma alergia específica a um determinado produto, como cremes, perfumes e até mesmo aerosóis. "Neste caso a sensibilidade é da pessoa e este mesmo produto pode não provocar nenhuma reação em outro indivíduo", esclarece a médica.

Testes de contato podem ser realizados para que se saiba a quais substâncias sua pele pode ter alergia. Seguem abaixo algumas das principais substancias que podem induzir a uma pele sensível:
Ácido benzóico
Ácido cinâmico e compostos
Ácido Lático
Ácido sórbico
Bronopol
Dowicil 200
Emulsificantes não iônicos
Formaldeído
Laurilssulfato de sódio
Propilenogliicol
Quarternium 15
Uréia

Locais de maior sensibilidade

Geralmente a pele facial tende a responder mais ás agressões externas por um simples motivo: "A espessura da pele neste local é bem menor que em outras partes do corpo", garante a Dra. Flávia.

A pele das mãos, ao contrário, não é tão fina. Usualmente ela é bem resistente. O que determina sua sensibilidade é o contato freqüente e direto com que ela entra com os mais diversos produtos.

Tratamentos para a pele sensível

A Dra. Flávia Martelli explica que o tratamento para pele sensível consiste na hidratação com produtos adequados, os hipoalergênicos, por exemplo.

Banhos com água muito quente e uso de bucha são contra-indicados. No caso das mãos, luvas de proteção para quando for se mexer com produtos de limpeza são a melhor alternativa.

Se o grau de sensibilidade da pele for muito alto, tratamentos com laser e peelings químicos são desaconselháveis.

Mantenha uma alimentação equilibrada e tome bastante água.



Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus

Artigos sobre dermatologia estética:
Laser nos tratamentos estéticos - Complicações
Ginástica facial combate rugas e linhas de expressão
Pele saudável e alimentação
Envelhecimento da pele e nutrição
Acne
Rugas
Estrias na Gestação
Tratamento de estrias vermelhas e brancas
Peeling
Hiperidrose - Tratamentos para excesso de suor
Toxina botulínica para sudorese
Peeling de cristal
Depilação com Cera Quente
Depilação a Laser
Estrias
Métodos de Depilação
Cravos e Espinhas
Causas da Acne
Tratamento contra Acne
Laser como tratamento futuro para acne
Carboxiterapia® contra celulite
Carboxiterapia
Limpeza de pele facial - Produtos e tipos de pele
Hidratação da pele - Hidratantes
Sol faz bem à saúde
Proteção Solar
Manchas no rosto - Como tratar
Protetor solar - Bloqueador, filtro dos protetores solares
Bronzeamento saudável
Bronzeamento Artificial
Tratamento facial - Opções de tratamentos faciais
Rejuvenescimento facial com Softlift®
Revolumerização facial - Rejuvenescimento do rosto
Rejuvenescimento facial
Queratose seborréica
Chocolate dá espinhas e acne
Loções autobronzeadoras e os jatos de bronzeamento
Hidratação e Higienização da pele
Cuidados com a pele
Pele de bebê e cuidados com a assaduras
Couro cabeludo e cuidados - Caspas, coceiras e queda dos fios
Queimaduras na pele
Unha encravada - Sintomas, o que fazer, tratamento
Chulé ou bromidrose
Celulite - Tratamento com ácido hialurônico
Celulite - Cremes e Endermologia no Tratamento
Erisipela
Vitiligo - Causas, tratamento
Verrugas vulgares, comuns, genitais, planas, filiformes, plantares - Causas e HPV
Verrugas - Tratamento e prevenção
Queloide - Tratamento

Artigos relacionados:
Temperatura corporal - Baixa, normal, febre e hipertermia
Insolação
Exagerou no sol? Dicas para recuperar a pele e os cabelos danificados
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Adriana Cimino - www.wmulher.com.br 
Empresa: WMULHER
Fone: (11) 3051-4499 
E-mail: fhesse@wmulher.com.br
Contato: FLÁVIA DE QUEIROZ HESSE