Copacabana Runners

Doar Sangue e Treinamento

Pergunta: Quanto tempo depois de doar sangue o corredor pode voltar aos treinamentos normais?

Resposta do Professor Carlos Gomes Ventura

É importante mencionar que a doação de sangue, não prejudica ninguém, todas as pessoas deveriam criar o hábito da doação pois isto é uma demonstração de solidariedade e colaboração social.

Não posso escrever como médico, pois sou professor de educação física e técnico de atletismo, mas sempre procurei orientação com os profissionais da área.

Minhas orientações para atletas e alunos sob minha responsabilidade que vão doar sangue, são de que a doação deve acontecer e isto não vai prejudicar seu rendimento. Após a doação os atletas devem voltar aos treinamentos, após 12 a 15 horas, apenas com trote leve e exercícios localizados. O treinamento ou competição logo após a doação pode ocasionar, tonturas, dificuldade na vivência espacial, ânsia de vômito, alteração nos batimentos cardíacos, alteração na pressão arterial, ansiedade, alguma tremedeira e calafrios.

Portanto a doação de sangue não prejudica o atleta desde que seja respeitado um mínimo de 12 a 15 horas para reiniciar atividade de treinamento.

Carlos Gomes Ventura (Carlão)
Telefone: (11)3686-5384 - blog: carlosventura8085.blogspot.com - e-mail: cgventura@uol.com.br

Livro Manual do Corredor - A Grande Pirâmide

Manual do corredor - Carlos Ventura - clique aquiCarlos Ventura é um dos treinadores brasileiros de maior sucesso. Em seu novo livro, Carlão responde às indagações mais comuns entre nós corredores. A sabedoria de décadas de experiência do Carlão são passadas de forma simples e clara para corredores de todos os níveis de performance.
Saiba mais sobre o livro...


Resposta do treinador Nilson Duarte Monteiro

Depende!

Então vejamos; se o atleta está anêmico, ou seja, com seus valores de hemoglobina na faixa de uma pessoa sedentária, ele é considerado com anemia de atleta, pois o atleta deve ter os valores de hemoglobina acima da média da população. Nesse caso um especialista, médico, deve recomendar quando o atleta deve voltar aos treinamentos normais sem perder o rendimento, ou ficar doente, pois numa doação de sangue você perde um pouco da imunidade, deixando o organismo debilitado, exposto a doenças. Já o atleta que tem sua taxa de hemoglobina alta, ele pode voltar aos treinos normais em pouco tempo. Depende muito de cada atleta, pois cada ser humano é diferente, não existe uma média.

Resumindo, o atleta que é um doador, deve consultar um nutricionista, médico em fisiologia esportiva para ver quando deve ser a volta aos treinos "normais", pois uma corridinha para manter o rendimento sem se expor, pode ser feita dois dias depois da doação.



Resposta do Professor Luis Tavares

Pode-se voltar aos treinamentos normais após 48 horas de forma gradativa e treinamento leve após 24 horas.

Professor Luis Tavares
Telefone: (11)3159-8456 - e-mail: e.c.tavares@uol.com.br - site: http://www.ectavares.com.br





Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus

Artigos relacionados:
Doação de medula óssea - Tornando-se um doador
Lesão medular - História do tratamento
Lesão medular
Tratamento imediato para lesão na medula espinhal por trauma na coluna
Reabilitação e fisioterapia para pessoas com lesão na medula espinhal por trauma na coluna
Tetraplegia tem cura? Pesquisas para lesão na medula espinhal
Trauma na coluna - O que acontece quando há lesão na medula espinhal
Lesão na coluna cervical e medula espinhal - Conseqüências
Medula espinhal
Trauma na medula espinhal - Traumatismo, compressão e cura para tetraplégicos e paraplégicos
Espinha bífida oculta, meningocele e mielomeningocele - Malformação da coluna espinhal
Tetraplegia e Paraplegia - Causas e complicações em pessoas tetraplégicas e paraplégicas
Lesão na medula espinhal em garotas
Lesão na medula espinhal - Acidente de carro e paralisia
Lesão na medula espinhal
Células Tronco
Leucemia linfóide aguda em crianças - Tratamento
Leucemia linfóide aguda em crianças
Leucemia mielóide aguda
Causas da leucemia e fatores de risco
Sintomas da leucemia e diagnóstico
Tratamento para leucemia
Leucemia - O que é, tipos
Leucócitos e Leucopenia
Hemograma - Decifrando o exame de sangue
Anemia Ferropriva - O que é
Anemia Ferropriva - Causas
Anemia Ferropriva - Sintomas e sinais
Anemia Ferropriva - Tratamento
Anemia ferropriva na infância
Anemia Ferropriva - Diagnóstico
Anemia perniciosa ou megaloblástica - Deficiência de vitamina B12
Anemia perniciosa - Causas
Anemia perniciosa - Sintomas e sinais
Anemia perniciosa - Tratamento e prevenção
Anemia perniciosa - Diagnóstico e hemograma
Anemia falciforme - O que é, causas e cura
Anemia falciforme - Sintomas e complicações
Anemia falciforme - Diagnóstico, tratamento, alimentação
Ferritina alta e baixa
Anemia - O que é, sinais, sintomas e complicações
Anemia na gravidez
Causas da anemia e fatores de risco
LDH - Exame de lactato desidrogenase
Diagnóstico da Anemia
Tratamento da anemia e prevenção
Esferocitose hereditária
Anemia Falciforme
Anemia
Talassemia - Causas, sintomas, tratamento

VoltarVoltar

Use essa ferramenta abaixo pesquisar nesse site:  

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar: