Percentual de gordura em corredores

Pergunta: Qual é o percentual de gordura ideal para corredores e como ele pode ser medido?

Resposta do Professor Carlos Gomes Ventura

A grande preocupação de todas as pessoas que fazem da corrida o exercício ideal para manter a forma, melhorar sua qualidade de vida é indubitavelmente sem sombra de dúvida, a eliminação do peso eliminando gorduras ou não as adquirindo.

Normalmente atletas de médias a altas performances não possuem este tipo de preocupação, sabem eles que devido a seqüência de treinamentos o sobre peso, não é problema, não existe.

O porcentual de gordura entre corredores homens e mulheres é diferente como também varia de modalidade esportiva para modalidade esportiva, praticada por ambos os sexos.

Vários fatores contribuem para a variação do porcentual de gordura em cada pessoa, como por exemplo o metabolismo de cada um, os níveis de gordura são depositados em quantidades variáveis nos órgão e nos tecidos.

Fatores genéticos também contribuem para alterações nos porcentuais de gordura. A cada período de aproximadamente 10 anos o ser humano tem o peso aumentado em 2 a 3 % nos homens e cerca de 10 a 15 % nas mulheres. Para quem é corredor de longas distancias especialmente, o nível de gordura ideal é de 3 a 6% nos homens e 6 a 10 % nas mulheres.

As medidas que determinam a gordura corporal são feitas analisando-se as dobras cutâneas, normalmente usa-se um compasso, um aparelho que chamamos de Skin-fold, este tipo de medida deve ser feita por especialista da área da atividade física Quando houver interesse em saber de seus porcentuais de gordura, consulte u médico esportivo, pois ele sem dúvida lhe dará as medidas exatas do seu estado físico no que tange a gorduras.
O termo gordura para quem pratica esporte é parecido como um palavrão, entretanto no afã de se conseguir clientela, principalmente academias e alguns personais disseminam a idéia da total eliminação delas, quando na verdade isto é uma propaganda enganosa, pois o organismo necessita de uma taxa de gordura como combustível.

Alguns treinadores de atletas de alta performance, entre os quais me incluo sugerem que antes de uma maratona por exemplo, seus atletas aumentem de peso cerca de 1 a 2 kg para que isto funcione como uma reserva técnica de energia. A gordura é necessária, distúrbios alimentares como anorexia, bulimia, levam a quadros graves de saúde.

Carlos Gomes Ventura (Carlão)
Telefone: (11)3686-5384 - blog: carlosventura8085.blogspot.com - e-mail: cgventura@uol.com.br

PUBLICIDADE

Livro
Manual do Corredor - A Grande Pirâmide

Manual do corredor - Carlos Ventura - clique aquiCarlos Ventura é um dos treinadores brasileiros de maior sucesso. Em seu novo livro, Carlão responde às indagações mais comuns entre nós corredores. A sabedoria de décadas de experiência do Carlão são passadas de forma simples e clara para corredores de todos os níveis de performance.
Saiba mais sobre o livro...


Resposta do treinador Nilson Duarte Monteiro

Para ser sincero com vocês, não sei. Isso vai depender muito do metabolismo de cada um. Uma coisa eu sei, um corredor com muito pouco percentual de gordura, deve sofrer mais, pois ele tem pouco combustível para queimar quando é ultrapassada aquela barreira entre a queima de glicogênio para a queima de gordura.

Não sei se vocês já notaram nas corridas de longa distância, ou melhor, todos já tiveram essa experiência, mas só os atletas de alta performance sabe lidar com essa situação, mas a maioria deles não sabe o que acontece, apenas suportam melhor o sofrimento ou ultrapassam essa fase da corrida. É quando você está naquele ritmo forte e de repente bate aquele desânimo, aquela vontade louca de parar ou diminuir o ritmo. Essa fase da corrida é quando o organismo está mudando de combustível, igual ao carro Flex, ele passa da queima de glicogênio para a gordura.

Eu fui um atleta que lia muito, queria saber o que acontece no corpo humano quando este está sendo submetido a um esforço demasiado, até que descobri o porquê dessa sensação no meio da corrida, ou seja, o porquê de quando a prova estava se desenrolando numa boa, batia aquele desânimo miserável e, comigo durava cerca de no máximo 1 minuto no meio da prova. Depois de passado esse tempo de sofrimento tudo voltava ao normal, mas, ultrapassar essa barreira tinha que ter uma força de vontade hercúlea, pelo menos no meu caso, isso pode varia de pessoa para pessoa. Então, matutando com os meus botões, cheguei a conclusão de que nesse período de 1 minuto o meu organismo não estava queimando combustível, sei lá, estava numa espécie de falta de tudo, e meu cérebro pedindo, “para, se não você vai morrer”, ou seja, o organismo mandando uma mensagem em forma de desânimo para que os órgãos que estão com deficiência de alimento (combustível) não entre em falência. Só os atletas profissionais conseguem ultrapassar essa barreira sem que o ritmo caia, apesar de que a maioria nem saiba porque.

É isso, o percentual de gordura varia de pessoa para pessoa, mas que o percentual muito baixo também pode ser prejudicial. Esse problema aconteceu com meu filho mais novo. Ele tinha um percentual de 3%, o nutricionista até guardou o exame dele, pois era o primeiro que ele tinha visto. O moleque era tão seco, parecia um esqueleto ambulante, dava até a impressão que a carne era por dentro dos ossos, mas, isso o estava prejudicando em sua performance, ou seja, a certa altura da prova ele simplesmente desistia de brigar contra aquilo que eu falei aí em cima, batia o desânimo e ele desistia, não lutava. Também pudera, acabava o glicogênio e quando ia queimar gordura ela era tão pouca que o cérebro falava, “acabou meu chapa, o resto que está sobrando de glicogênio é para mim, e já que não tem gordura suficiente para queimar, é melhor parar”. 

Depois que o nutricionista prescreveu uma dieta rica em carboidratos e ele aumentou de 3 para 8% de gordura, a performance dele melhorou sobremaneira.



PUBLICIDADE


Resposta do Professor Luis Tavares

Sobre o porcentual ideal também é bem relativo, geralmente um atleta de elite o nível porcentual está em torno de 6 a 8% e um atleta normal ( não elite), pode estar em torno de 10 a 12% que ainda é excelente.

Para medir é um pouco complicado, pois teria que ter um compasso de medição de dobras cutâneas e aplicar algumas formulas, para detectar e chegar a um resultado final do seu porcentual.

Uma forma mais simples e qualquer um poderia estar fazendo, seria descobrir o seu IMC ( índice de massa corpora), para medir sua obesidade, que seria a formula : massa que deverá estar em quilogramas, dividido pela sua altura ( metros) ao quadrado e o resultado confrontar com a tabela abaixo:

Resultado final Categoria:
<18,5 - Abaixo do peso 
18,5 - 24,9 - Peso normal 
25,0 - 29,9 - Sobrepeso 
30,0 - 34,9 - Obesidade grau I 
35,0 - 39,9 - Obesidade grau II 
>40,0 - Obesidade grau III 

Por exemplo no meu caso, tenho 76 kgs divido esse valor pela minha altura ( 1,65) x (1,65)

Professor Luis Tavares
Telefone: (11)3159-8456 - e-mail: e.c.tavares@uol.com.br - site: http://www.ectavares.com.br

PUBLICIDADE

Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos relacionados:
Índice de Massa Corporal - IMC - Peso Saudável e ideal
Pressão alta ou hipertensão arterial
Pressão baixa ou hipotensão - Tratamento e como controlar
Pressão baixa ou hipotensão
Exercício físico - Riscos e benefícios para o coração
Combata a Hipertensão de Forma Segura e Sem Medicação
Métodos de medida da pressão arterial
Pressão Arterial
Como ficar em forma rápido
Boa Forma Geral
Hábitos Saudáveis de Vida
Diabetes tipo 1, 2 e gestacional
Riscos da obesidade para a saúde
Riscos de doenças cardíacas
Pressão alta e corrida - Hipertenso pode correr?
Hipertensão e exercícios físicos
Precisão relativa do IMC
Diabetes insipidus - O que é, sintomas, diagnóstico
Diabetes - Sintomas e diagnóstico
Diabetes - Tratamento
Diabetes - Prevenção
Diabetes - Fatores de risco
Diabetes e pré-diabetes - O que é, sinais, tipos
Diabetes e doenças cardíacas
Diabetes
Exercícios Físicos e Diabetes
Mantendo a forma com diabetes - Exercícios físicos para diabéticos
Viver bem com diabetes
Diabete Infantil e Alimentação
Motivos para avaliar a Gordura Abdominal
Índice de massa corpórea normal não exclui risco de hipertensão
Obesidade Mórbida
Medida de circunferência abdominal na cintura
Emagrecer rápido - alerta sobre emagrecer rapidamente
Quero e preciso emagrecer
O que é obesidade
Obesidade - Do preconceito aos porquês e causas
Obesidade - O caminho certo
Fatores de risco para a obesidade infantil
Obesidade Infantil
Dieta dos adolescentes
Dietas de muito baixas calorias rápidas - Dieta rápida
Riscos de estar acima do peso
Como motivar sedentário a praticar exercícios físicos
Sedentarismo
Malefícios da atividade física sem orientação
Atividade física e qualidade de vida
Benefícios da caminhada
Caminhada - Caminhar Forte
Corrida não garante emagrecimento - Tabela de calorias gastas de acordo com o peso corporal
Correr naturalmente e com prazer
Conceito de Fitness
Treinamento ideal cada um tem o seu e não é o mesmo para sempre
Relógio Biológico
Dez passos para malhar melhor
Onze razões para correr e malhar
Tratamento da obesidade
Exercícios diminuem pressão arterial de crianças obesas
Circunferência da cintura e risco de diabetes
Anorexia Nervosa - Definição, causas, tratamento
Programa de condicionamento físico
Condicionamento físico
Prescrição de Exercícios Físicos
Exercício físico e atividade física - Importância para a saúde
Exercício físico - Benefícios à saúde e emagrecimento
Exercícios físicos para pessoas com obesidade
Exercício físico para emagrecer com saúde
Como fazer exercícios físicos para emagrecer
Exercícios para emagrecer - Exercício aeróbico e emagrecimento
Como engordar com dietas - Dieta para engorda
Regime nutricional para emagrecer - Regimes fáceis ou de emagrecimento rápido
Emagrecer é diferente de perder peso
Programa Calorias Inteligentes de Reeducação Alimentar
Dietas saudáveis
Dietas Equilibradas
Dietas de Verão
Ração Humana para emagrecer - Receita, onde comprar
Emagrecer para sempre
Regime alimentar para emagrecer - Regimes de emagrecimento populares
Bulimia nervosa - tipos, causa, diagnóstico, tratamento
Pirâmide alimentar - Dieta saudável equilibrada e balanceada
Dietas para emagrecer - dieta de emagrecimento
Dicas para como ganhar peso - Dieta hipercalórica para ganho de peso
Fast food, obesidade e colesterol
Obesidade não da lucro nas empresas
Obesidade na sociedade e empresas
Obesidade na adolescência
Saúde da criança e escolhas saudáveis
Desnutrição
Obesidade - A culpa
Causas da obesidade
Obesidade e Genética
Vírus culpado por obesidade
Banda Gástrica
Dieta para manter o peso
Dieta para perder kg
Tabela de peso ideal pelo IMC
IMC para crianças e adolescentes
Ortorexia nervosa
Compulsão alimentar
Transtornos alimentares
Alimentação das modelos
Transtorno Dismórfico Corporal - Anorexia, Drunkorexia, Bulimia, Vigorexia
Anorexia Alcoólica ou Drunkorexia
Anorexia e bulimia - Perguntas e respostas
Reserva de glicogênio muscular para a maratona
Sobrepeso e obesidade - Tratamento
Sobrepeso e obesidade - Causas
Sobrepeso e obesidade
Sintomas da obesidade
Obesidade no Brasil
Gordura abdominal masculina e feminina - Causas, tratamento, como perder, tratamento e dieta
Tipos de obesidade
Aspectos psicológicos e a obesidade infantil
Mitos sobre obesidade infantil
Educação física - Ferramenta no combate a obesidade infantil
Prescrição de atividade física para criança

Mais na web:
Percentual de Gordura Corporal Ideal

VoltarVoltar

Use essa ferramenta abaixo pesquisar nesse site:  

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar: