Pressão alta e corrida - Hipertenso pode correr?

Pergunta: Quem tem pressão alta pode correr?

Homem medindo sua pressão - NIDDK Image Gallery

Resposta do Professor Carlos Gomes Ventura

Antes de tudo quero afirmar a minha condição de professor de Educação Física com especialização Técnica em Atletismo, e respeitando por questões éticas a profissão médica. A resposta a questão proposta é muito delicada e envolve um grau de responsabilidade muito alta em função da grande divulgação propiciada pelo Copacabanarunners.

Todas as pessoas que praticam atividades físicas, seja um trabalhador braçal seja um esportista de final de semana devem passar por um check-up médico. Somente com o aval de um médico a atividade física deve ser feita, especialmente no caso de pessoas vindas de sedentarismo, atletas de final de semana, entusiasta que verificaram na balança um peso um pouco maior e decidem pela atividade, toda precaução deve ser tomada.

O Colégio Americano de Medicina do Esporte, sugere para um bom desempenho do sistema cardiovascular a pratica de exercícios aeróbios de pouca intensidade com duração média de 20 a 60 minutos. A atividade aeróbia é bastante positiva sobre perfis de obesidade, hiperglicemia, níveis de colesterol e fundamentalmente hipertensão arterial.

Três a quatro semanas de corrida lenta (trote), caminhadas diárias com um adequado controle alimentar, diminuindo gorduras e incidindo no consumo de fibras reduzem a massa corporal, também reduzem alguns níveis de pressão arterial, também o nível de colesterol, positivando qualidade de vida até para pessoas pacientes de problemas oncológicos.

O prolongamento deste tipo de atividade durante alguns meses em indivíduos de qualquer idade aumenta o consumo de oxigênio, aumenta o tempo de exaustão, diminui a freqüência cardíaca em níveis submáximos e também a pressão arterial em repouso.

Uma pessoa com pressão arterial elevada deve ser examinada por um médico da área do esporte e no caso de um avaliação positiva fazer uma atividade ou treinamento com orientação de um personal, de um técnico formados em Educação Física devidamente registrados no CREF e com rígido controle da freqüência cardíaca, da pressão arterial.

É importante na atividade aeróbia a preocupação com a duração e não com a intensidade da atividade física. A atividade aeróbia de longa duração em regime de steady-state (estado de equilíbrio) provoca um melhor trabalho cardíaco. 

Exercício de alta intensidade não são aconselháveis para portadores de pressão alta.

Carlos Gomes Ventura (Carlão) blog, Telefone: (11)3686-5384, e-mail

Livro
Manual do Corredor - A Grande Pirâmide

Manual do corredor - Carlos Ventura - clique aquiCarlos Ventura é um dos treinadores brasileiros de maior sucesso. Em seu novo livro, Carlão responde às indagações mais comuns entre nós corredores. A sabedoria de décadas de experiência do Carlão são passadas de forma simples e clara para corredores de todos os níveis de performance.
Saiba mais sobre o livro...


PUBLICIDADE


Resposta do treinador Nilson Duarte Monteiro

Pode não, quem tem pressão alta deve correr. Os exercícios recomendados devem ser os aeróbicos, pois não elevam tanto a pressão, já os anaeróbicos devem ser evitados, pelo menos assim eu penso.

Geralmente quem tem pressão alta são pessoas acima do peso ideal, assim, a prática esportiva (aeróbia) , pois o exercício mantém o sujeito no peso ideal melhorando a auto-estima.

Convenhamos, o cara gordo (por relaxamento) está sujeito não só a hipertensão, como a diabetes, problemas nas articulações, o diabo. Ah, muita gente diz que não tem tempo de fazer exercícios, mentira. É só saber ser organizado, que tempo tem. O cara está acostumado desde pequeno a ter tudo na mão, pelo menos é assim com a geração pós a minha. Como disse Carlinhos Brown, "a geladeira estragou o homem moderno", ou seja, a tecnologia está deixando o homem moderno doente.

Ah, me esqueci, antes de começar a se exercitar, vá ao médico.


PUBLICIDADE


Resposta do Professor Luis Tavares

Sim, quem tem pressão alta pode correr desde que liberado pelo seu médico para a prática da corrida não há problemas. Geralmente é aconselhável um teste ergométrico até a exaustão em esteira, e usando medicação, e verificar como reage o seu corpo durante a corrida. Tenho dois alunos com pressão alta e eles treinam e levam a vida normalmente, inclusive com diversas maratonas concluídas, porém temos apenas ter uma atenção a mais com esses alunos.

Professor Luis Tavares
Telefone: (11)3159-8456 - e-mail: e.c.tavares@uol.com.br - site: http://www.ectavares.com.br



Resposta do Onécimo Ubiratã Medina Melo

Sim, quem tem pressão alta pode correr. Mas deve tomar alguns cuidados.

Fazer um eletrocardiograma de esforço antes de começar a correr ou caminhar conforme o caso. Ter um cardiologista com quem faça consultas periódicas e acompanhamento de um profissional de educação física.

A corrida ou caminhada, vai ajudar de diversas maneiras a melhora da condição física do futuro atleta. Aspectos benéficos vindos do treino de longa duração; diminuição da ansiedade, diminuição de freqüência cardíaca de repouso, melhor capilarização, diminuição do percentual de gordura e maior elasticidade de veias.

Trazem ao longo do tempo uma baixa no limiar de resposta aos medicamentos usados, fazendo com seja necessário uma menor quantidade desse medicamento e em alguns casos até dispensa desse medicamento.

Enfim correr ou caminhar é importante ou melhor fundamental para o hipertenso. Não se esquecendo que primeiro se caminha, para depois correr.

Onécimo Ubiratã Medina Melo
e-mail: biratri@yahoo.com.br - site: http://www.biratreinamento.com.br



Resposta do Alex Batalha Machado da Silva

Quando a hipertensão está controlada, uma atividade física como a corrida por exemplo é recomendada, desde que a pessoa não apresente sinais de lesões em órgão importantes como o coração e os rins.

As corridas regulares e sistemáticas podem reduzir a pressão arterial e proporcionar vários outros benefícios, a diminuição do peso corporal é um deles. Porém, as atividades devem respeitar alguns limites, acredita-se que trabalhos realizados a uma intensidade entre 50% e 70% da freqüência cardíaca máxima, com duração de 30 a 50 minutos, e a uma freqüência de três a cinco vezes por semana, são capazes de reduzir a pressão arterial em indivíduos hipertensos.

Um exercício aeróbio como a corrida, não provoca aumento na espessura muscular do coração, ao passo que atividades isométricas, como treinamentos contra resistência (musculação) fazem com que as “paredes” do coração se tornem mais espessas, isso é muito prejudicial para uma pessoa que sofre de hipertensão.

Práticas regulares de atividade aeróbias geram inúmeras adaptações fisiológicas e acarretam benefícios para o hipertenso:
* reduz a tensão arterial em repouso,
* reduz a tensão arterial durante o exercício, 
* emagrrecimento, 
* elevação do HDL (bom colesterol), 
* diminuição do LDL (mau colesterol), 
* perda de sal e água através da sudorese, 
* diminuição da viscosidade do sangue, 
* redução do tônus simpático, com a redução da concentração de adrenalina no sangue e melhora na freqüência cardíaca, 
* efeito psicológico favorável de "bem estar", 
* estudos mostram que na hipertensão do obeso, o exercício físico reduz a insulina que, por sua vez, reduz a absorção de sal no organismo, diminuindo, tanto o peso, como a hipertensão arterial.

Todavia, antes de iniciar qualquer tipo de atividade física, principalmente um hipertenso, é necessário uma avaliação médica. E o acompanhamento de um profissional de educação física é fundamental para que os efeitos benéficos do exercício sejam extraídos e seus riscos minimizados.

Alex Batalha Machado da Silva
Telefone: (14) 3237-5747 / (14) 9109-5022 - e-mail: alex.batalha@hotmail.com


PUBLICIDADE





Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos relacionados:
Guia Simples e Prático do Exercício Aeróbico para Hipertensos - Parte I
Guia Simples e Prático do Exercício Aeróbico para Hipertensos - Parte II: Quanto fazer, como fazer
Pressão alta ou hipertensão arterial
Motivos para avaliar a Gordura Abdominal
Índice de massa corpórea normal não exclui risco de hipertensão
Pressão baixa ou hipotensão - Tratamento e como controlar
Pressão baixa ou hipotensão
Exercício físico - Riscos e benefícios para o coração
Combata a Hipertensão de Forma Segura e Sem Medicação
Métodos de medida da pressão arterial
Pressão Arterial
Síndrome metabólica - Tratamento
Síndrome metabólica - Causas, sinais e sintomas
Síndrome metabólica
Doença arterial coronariana - Tratamento
Corrida aumenta o bom colesterol
Fórmula geral para frequência cardíaca máxima está superada

VoltarVoltar

Use essa ferramenta abaixo pesquisar nesse site:  

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar: