Copacabana Runners

Perguntas que todo corredor odeia escutar

Os corredores freqüentemente escutam sempre as mesmas perguntas de quem não participa de corridas. Nesse artigo, reúno três perguntas que todo corredor odeia escutar.

Quantos quilômetros tinha a maratona que você correu?

Quando era criança, e via os participantes da Maratona do Rio de Janeiro passavando em frente de casa, admirava o esforço daqueles corredores para completar os 42 km de corrida, mais precisamente os 42 km 195 metros. Bem mais tarde, aos 27 anos, tomei coragem, treinei e consegui realizar o sonho de completar a distância desafiadora da maratona. 

Para minha surpresa, após completar minha primeira maratona, comecei a escutar a pergunta “quantos quilômetros tinha a maratona que você correu?”. Como assim quantos quilômetros? Parece óbvio que, se completei a maratona, foram 42 km... 

Mais tarde percebi como era comum essa pergunta e a surpresa acabou virando indignação. Para a maioria das pessoas “maratona” é sinônimo de “corrida”, desvalorizando a esforço e dedicação necessários para superar a distância. Não dá para comparar o desgaste físico e psicológico de maratona com uma corrida de 5 ou 10 km. Mais tarde, com a popularização da meia-maratona do Rio de Janeiro, as pessoas começaram a chamar meia-maratona de maratona. O que também menospreza o que é uma maratona. Apesar da distância ser o dobro, o desgaste, esforço, dor, enfim tudo, é bem mais que o dobro. É apenas depois dos 30 e poucos km que o “bicho pega” na maratona e o corredor pode sentir como se estivesse carregando o mundo nas costas. Quantos quilômetros tinha a maratona eu corri? Minhas maratonas sempre tiveram 42 km!

Você já correu “maratona” de São Silvestre?

Para começar a São Silvestre não é uma maratona, e sim uma corrida de 15 km. As pessoas em geral conhecem apenas as corridas televisionadas, e a São Silvestre é a mais famosa. Para muitos, os corredores devem correr a São Silvestre, pois acreditam que é a melhor corrida do Brasil. Não, nunca corri a São Silvestre. Afirmo também que não é a “melhor corrida do Brasil", muito pelo contrário. As corridas televisionadas são planejadas para a TV, não para os corredores. O horário da largada é o melhor para a TV, mesmo que os corredores derretam no calor. A largada é em lugar estreito, para dar maior sensação de multidão na TV. As mulheres correrem a São Silvestre no meio da tarde em pleno verão é no mínimo irresponsável. Tive uma amiga que participou da São Silvestre e foi hospitalizada em coma devido ao calor no horário da prova. Os corredores são amassados na largada da São Silvestre (e na meia-maratona do Rio também), mas isso fica bonito em uma tomada mais longe na TV. Há corridas muito melhores, feitas para corredores, como as maratonas de Porto Alegre e Santa Catarina, que quase ninguém conhece. Se eu já corri a São Silvestre? Nunca e nem quero correr.

Você não ganhou? Qual foi a sua colocação?

Uma das coisas bonitas da corrida é que você pode competir contra si mesmo, e sair vitorioso ao superar metas. A esmagadora maioria dos corredores estabelece como metas completar a prova em um determinado tempo ou algumas vezes, se for uma distância desafiadora como uma maratona ou ultra, apenas completar a corrida. Um número relativamente pequeno de corredores tem como meta obter uma colocação em sua faixa etária. Essa é outra coisa bonita nas corridas, os corredores são divididos em faixas etárias e além da colocação geral também recebem colocação no seu grupo de idade. Além desses, a minoria da minoria, apenas a elite, entra numa corrida de grande porte para ganhar. 

Assim, o corredor pode ficar muito feliz ao superar o seu melhor tempo em uma corrida e sentir-se vencedor, então recebe a pergunta “e ai, ganhou? Não??? Chegou em que colocação?”. Ao responder sua colocação o corredor, que foi vitorioso ao conseguir alcançar sua meta, é visto com um olhar de surpresa e pena como se fosse um derrotado.




 

Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus

Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos relacionados:
Como planejar seu calendário de corridas
Alimentar corretamente
Capacidade aeróbica
Maratona: força e flexibilidade  
Melhorando a performance: Pense positivo! 
Princípios básicos de treinamento para corredores 
Sessões de Treino para a Maratona
Plano de 10 passos para corrida eficiente
Preparando suas pernas para 42 km de asfalto duro
Treino, recuperação, supercompensação
Tomada de decisão durante a maratona
Preparação para o dia da corrida
Acelerar a recuperação de competições
Taxa ótima de treino x recuperação
Estabelecendo objetivos para a corrida
Benefícios das corridas longas
Jogos Olímpicos - Olimpíada de Londres 1908 - Distância oficial da maratona
História da São Silvestre
Opinião sobre as competições realizadas na parte da manhã

Créditos:
Texto copyright © 2008 por Helio Augusto Ferreira Fontes

Use essa ferramenta abaixo pesquisar nesse site:  

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar: