Copacabana Runners

Pólipos endometriais ou uterinos

O que são pólipos endometriais ou uterinos

Os pólipos endometriais, também conhecidos como pólipos uterinos, são massa fixa no revestimento interno do útero. Os pólipos endometriais podem ter uma base plana (sésseis) ou ser ligados ao útero por um pedículo. Pólipos pediculados são mais comuns que os sésseis. Os pólipos endometriais variam de tamanho de alguns milímetros a vários centímetros. No caso dos pólipos pediculados uterinos eles podem se projetar através do cérvix até a vagina. Pequenos vasos sanguíneos podem estar presentes nos pólipos endometriais, especialmente nos maiores.

Causas dos pólipos endometriais ou uterinos

Não é conhecida nenhuma causa definitiva para os pólipos endometriais ou uterinos, mas eles parecem ser afetados pelos níveis hormonais e crescem em resposta ao estrogênio em circulação.

Sintomas dos pólipos endometriais ou uterinos

Os pólipos endometriais ou uterinos geralmente não causam sintomas. Quando os sintomas ocorrem, eles incluem sangramento menstrual irregular, sangramento entre períodos menstruais, sangramento menstrual excessivo (menorragia), e sangramento vaginal depois da menopausa. Sangramento a partir dos vasos sanguíneos nos pólipos endometriais contribui para elevação da perda de sangue durante a menstruação. Se o pólipo endometrial projetar-se através do cérvix até a vagina, pode ocorrer dor durante a menstruação (dismenorréia).

Diagnóstico dos pólipos endometriais ou uterinos

Os pólipos endometriais podem ser detectados por ultra-som vaginal (sonohisterografia), histeroscopia, e dilatação e curetagem. A detecção por ultra-sonografia pode ser difícil, particularmente quando há hiperplasia endometrial, que é o espessamento excessivo do endométrio.

Tratamento dos pólipos endometriais ou uterinos

Os pólipos endometriais ou uterinos podem ser removidos cirurgicamente usando curetagem ou histeroscopia. Quando é feita a curetagem, alguns pólipos podem não ser achados. Durante a histeroscopia, os pólipos podem ser visualizados e removidos através do cérvix. Se for um pólipo grande ele pode ser cortado em seções para remoção.

Prognóstico e complicações decorrentes de pólipos endometriais ou uterinos

Os pólipos endometriais ou uterinos geralmente são benignos, embora alguns possam ser pré-cancerosos ou cancerosos. Em torno de 0,5% dos pólipos endometriais contêm células adenocarcinomas (câncer). Se os pólipos desenvolverem-se perto dos tubos de falópio, eles podem ocasionar dificuldade de engravidar. Embora tratamentos com histeroscopia geralmente resolvam a preocupação com pólipos, a recorrência de pólipos endometriais é freqüente.

Fatores de risco para pólipos endometriais ou uterinos

Os pólipos endometriais ou uterinos geralmente ocorrem em mulheres nos seus 40 e 50 anos. Fatores de risco incluem obesidade, pressão alta e histórico de pólipos cervicais. Terapia de reposição hormonal também eleva o risco de pólipos uterinos. Os pólipos endometriais ocorrem em até 10% das mulheres. Estima-se que pólipos endometriais ocorram em 25% das mulheres com sangramento vaginal anormal.



Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus

Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos relacionados:
Frutas e verduras
Teste de Papanicolau
Dor crônica
Dor pélvica - Causas e tratamento
Fibrose Uterina
Câncer de intestino ou colo-retal
Dieta líquida
Sopas e caldos
Laxantes
Colite ulcerativa - Tratamento e diagnóstico
Colite ulcerativa - Sintomas e causas
Colite colagenosa e linfocítica
Hemorragia digestiva alta e baixa - Causas
Hemorragia digestiva - Diagnóstico e tratamento
Hemorragia digestiva alta e baixa, aguda e crônica - Sinais e sintomas
Sangramento retal - Tratamento, causas, sintomas
Sangue nas fezes - Melena ou hematoquesia
Sinais vitais - Temperatura corporal, pulso, pressão arterial e respiração
Colonoscopia
Pólipos do intestino grosso ou do cólon
Histeroscopia cirúrgica e diagnóstica
Câncer colorretal - Sintomas, diagnóstico e tratamento
Pólipos colorretais e câncer colorretal
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2010, Hélio Augusto Ferreira Fontes.
Este artigo está licenciado sob a GNU Free Documentation License (www.gnu.org/copyleft/fdl.html). Usa material do artigo da Wikipédia "Endometrial_polyp" (en.wikipedia.org/wiki/Endometrial_polyp).