Copacabana Runners

Ritalina - Metilfenidato

O que é ritalina e metilfenidato

A ritalina é o nome comercial do metilfenidato, um estimulante comumente usado para tratar pessoas hiperativas com transtorno de déficit de atenção. A ritalina também é um dos principais remédios usados para tratar sintomas de sonolência diurna decorrente de narcolepsia (condição neurológica na qual há episódios irresistíveis de sono) e síndrome de fadiga crônica. A ritalina também vem sendo começada a ser usada no tratamento de fadiga relacionada a câncer.

Indicações da ritalina (metilfenidato)

A ritalina é indicada no tratamento de pessoas que sofrem ou de narcolepsia, ou de déficit de atenção e hiperatividade. O metilfenidato é um estimulante do sistema nervoso central, que reduz o comportamento impulsivo e facilita a concentração no trabalho e outras tarefas. Adultos que têm hiperatividade com transtorno de déficit de atenção dizem que a ritalina melhorou sua capacidade de concentração em tarefas e cpacidade de organizar a vida.

Uma pesquisa de 2006 para avaliar a segurança do metilfenidato sobre o cérebro em desenvolvimento descobriu que animais com capacidade psicomotora prejudicada melhoraram com o tratamento. Isso indicaria que em pacientes com hiperatividade com transtorno de déficit de atenção a ritalina poderia ajudar positivamente no desenvolvimento cerebral.

Efeitos colaterais da ritalina (metilfenidato)

Quando usada sob prescrição médica nas dosagens corretas a ritalina geralmente é bem tolerada pelos pacientes. Os efeitos colaterais reportados da ritalina incluem: psicose, dificuldade de dormir, alterações e oscilações no humor, nervosismo, dor estomacal, diarréia, dor de cabeça, diminuição do desejo sexual, sangramento na gengiva e pele, falta de apetite que ocasiona perda de peso, e boca seca.

Abusos potenciais no uso da ritalina (metilfenidato)

Internacionalmente o
metilfenidato é classificado como substância controlada pela Convenção de Substâncias Psicotrópicas pois, apesar do seu valor médico, apresenta grande probabilidade de abuso por causa do seu potencial de dependência. Nos Estados Unidos a ritalina vêm sendo usada ilegalmente sem prescrição médica por estudantes para ajudar no desempenho acadêmico. Aqui no Brasil o uso abusivo da ritalina sem prescrição médica também ocasionou um aumento impressionante no consumo nesse remédio, o que foi até matéria da revista Veja em 2004. 

No Brasil estudantes estão usando a ritalina para aumentar a concentração e diminuir o cansaço visando elevar o desempenho escolar. Executivos também vêm abusando da ritalina para melhorar a performance no trabalho. Além disso, muitas pessoas que desejam emagrecer usam a ritalina indevidamente por causa do seu possível efeito colateral de provocar perda de apetite que poderia ocasionar emagrecimento. Todas as pessoas que usam a ritalina indevidamente sem orientação médica estão colocando risco sobre a saúde e relacionamentos sociais.




Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


comments powered by Disqus

Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

Artigos relacionados: 
Transtorno de déficit de atenção com hiperatividade em adultos
Transtorno de déficit de atenção com hiperatividade em adolescentes
Transtorno de déficit de atenção com hiperatividade - Tratamento
Sintomas de transtorno de déficit de atenção com hiperatividade em crianças
Transtorno de déficit de atenção com hiperatividade
Crianças Hiperativas - Transtorno de Déficit de Atenção com hiperatividade
Clorodiazepóxido
Fluoxetina emagrece? Perda de peso e efeitos colaterais
Fluoxetina - Daforin ou Prozac
Transtorno Dismórfico Corporal - Anorexia, Drunkorexia, Bulimia, Vigorexia
Anorexia Alcoólica ou Drunkorexia
Anorexia e bulimia - Perguntas e respostas
Inibidores de apetite - Perigosa influência sobre o comportamento
Distimia e depressão
Depressão e o Desejo Sexual
Depressão - Tipos
Depressão - Sintomas e causas
Depressão - Diagnóstico, tratamento com antidepressivos e psicoterapia
Depressão e Alimentos - Triptofano, Folato, Camomila, Tirosina
Depressão em idosos
Depressão na Terceira Idade
Pedalar diminui ansiedade Esclerose lateral amiotrófica
Esclerose Múltipla - Atriz Cláudia Rodrigues e médica Soraya Hissa de Carvalho
Doenças autoimunes - O que são, sintomas, causa, lista, tratamento
Esclerose múltipla - O que é, sintomas, tratamento
Depressão infantil
Endorfina
Neurotransmissores serotonina, dopamina, noradrenalina e bem-estar
TPM - tensão pré-menstrual
Antidepressivos
Stress
Você sabe lidar com o estresse?
De que modo a corrida afeta o bem-estar psicológico
Gene ligado à depressão Transtorno de déficit de atenção com hiperatividade em adultos
Transtorno de déficit de atenção com hiperatividade em adolescentes
Transtorno de déficit de atenção com hiperatividade - Tratamento
Sintomas de transtorno de déficit de atenção com hiperatividade em crianças
Transtorno de déficit de atenção com hiperatividade
Desenvolvimento da auto-estima
Fobia Social e Fobias Específicas com seus Tipos
Transtorno de ansiedade generalizada
Como tratar e controlar a ansiedade
Tratamento da ansiedade - Remédios e psicoterapia
Ansiedade - Sintomas e tipos
Timidez e Fobia Social
Chá preto
Chá de hibisco
Chá branco
Chá verde na fitoterapia - Emagrecer, baixar colesterol e tratar câncer
Chá Verde - Benefícios à Saúde
Camomila
Síndrome da fadiga crônica
Síndrome das Pernas Inquietas
Ataque de Pânico
Autismo
Rivotril - Clonazepam
Lexotan - Bromazepam
Valium ® - Diazepam Atividade física e uso do cérebro podem regenerar neurônios

Sertralina - Zoloft
Narcolepsia

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2008, Hélio Augusto Ferreira Fontes.
Este artigo está licenciado sob a GNU Free Documentation License (www.gnu.org/copyleft/fdl.html). Usa material do artigo da Wikipédia "Methylphenidate" (en.wikipedia.org/wiki/Methylphenidate).