Copacabana Runners

Sangramento retal - Tratamento, causas, sintomas

O que você deveria saber o sangramento retal

É importante localizar a fonte do sangramento retal, para que tratamento apropriado possa ser iniciado e o problema resolvido. O sangramento retal é freqüentemente notado como sangue vermelho vivo no papel higiênico, ou mancha de sangue no vaso da privada tornando a água avermelhada. Porém, sangramento retal também pode causar fezes escuras.

Sangue vermelho vivo geralmente significa que sangramento tem origem na parte de baixo do cólon, ou reto. Já sangue vermelho escuro geralmente significa que o sangramento é proveniente da parte superior do cólon ou do intestino delgado. Fezes escuras (melena) ocorrem quando o sangramento vem do estômago (úlcera estomacal, por exemplo).

Tratamento do sangramento retal

Sangramento retal geralmente se desenvolve rapidamente e está comumente associado a transtornos abdominais. Na maioria dos casos de sangramento retal a pessoa deve procurar um médico para avaliação completa. Dependendo da fonte do sangramento, o tratamento varia de cremes tópicos até mudanças na dieta, antibióticos, transfusão de sangue e até cirurgia. Desta forma, é importante localizar a fonte do sangramento.

Causas do sangramento retal e respectivos tratamentos

Hemorróidas como causa de sangramento retal e seu tratamento
As hemorróidas são vasos sanguíneos dilatados na área anal ou retal. Hemorróidas podem ser externas, onde geralmente são dolorosas mas raramente sangram. Ou internas, onde geralmente não causam dor mas freqüentemente ocasionam sangramento. Hemorróidas são comuns quando há constipação crônica e em mulheres grávidas. O tratamento para hemorróidas geralmente consiste em dieta rica em fibras ou agentes para amolecer as fezes.

Fístula anal como causa de sangramento retal e seu tratamento
Uma fístula é canal anormal que geralmente vai do reto até a pele ao redor do ânus. A fístula anal pode sangrar. Ainda que geralmente seja um problema local, a fístula anal ocasionalmente está associada com inflamação crônica em outra parte do trato intestinal, chamada doença de Crohn. O tratamento para fístula consiste em antibióticos, banho quente ou medicamentos para a doença de Crohn. Se a fístula persistir, geralmente é necessária cirurgia.

Fissura anal como causa de sangramento retal e seu tratamento
A passagem de fezes duras ou diarréia severa podem ferir o tecido de revestimento do ânus. Terminações nervosas e vasos sanguíneos são expostos, de modo que pode ocorrer dor e sangramento ao defecar. O tratamento para fissura anal consiste em banhos quentes, dieta rica em fibras, agentes que amolecem as fezes, ou alguns cremes. Algumas vezes cirurgia é necessária. 

Diverticulite como causa de sangramento retal e seu tratamento
O divertículo é um saco que projeta a partir da parede do intestino. A maioria das pessoas desenvolve divertículo no cólon à medida que envelhece. Geralmente isso não causa problemas. Porém, algumas vezes o divertículo fica infectado, uma condição chamada diverticulite. Ocasionalmente a diverticulite pode causar sangramento, produzindo bastante sangue. Na maioria das vezes o sangramento termina tão rápido quanto começou, porém ocasionalmente ele pode continuar em pequenas quantidades por dias ao defecar. Sangramento dos divertículos sério e persistente geralmente requer hospitalização e, em alguns casos, cirurgia.

Proctite e colite como causas de sangramento retal
O reto, cólon, ou ambos, podem ficar inflamados e ulcerados. Há várias desordens que fazem a superfície interna do intestino ficar ulcerada e sangrar. Pode haver sensação urgente de defecar, cólica ou diarréia associados ao sangramento. Quando a inflamação é restrita ao reto isso é chamado proctite. Quando o cólon está envolvido é chamado colite. É importante identificar a causa específica da inflamação para o tratamento apropriado.

Pólipos e câncer como causas de sangramento retal
A maior preocupação quando há sangramento retal é a possibilidade de câncer. Pólipos são tumores benignos no cólon. Quando um pólipo atinge tamanho grande, ele pode sangrar. Adicionalmente, certos tipos de pólipos podem se transformar em câncer. Câncer de cólon é geralmente curável quando detectado cedo. Como o câncer de cólon é uma forma comum de câncer, ele é considerado uma possibilidade quando há sangramento retal. 

Prolapso retal como causa de sangramento retal e seu tratamento
Algumas pessoas idosas têm tecidos de suporte retal enfraquecidos, de modo que partes do reto podem projetar a partir do ânus e sangrar. Essa condição é chamada prolapso retal. Cirurgia é geralmente um tratamento eficiente.

Sintomas do sangramento retal

Sintomas comuns do sangramento retal incluem dor no reto, sangue vermelho vivo nas fezes, mudança na cor das fezes para escura ou vermelha, confusão, tontura, e desmaio. Sangramento retal deve sempre ser avaliado por um médico. Deve-se procurar atendimento médico imediato quando sangramento retal estiver presente com um ou mais dos seguintes sintomas:
* Febre.
* Dor ou inchaço estomacal.
* Náusea ou vômito.
* Sangramento retal continua a piorar.
* Perda de peso recente.
* Diarréia severa ou prolongada.
* Incapacidade de defecar.
* Escoamento involuntário de fezes.




comments powered by Disqus

Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos relacionados:
Sangue nas fezes - Melena ou hematoquesia
Hemorragia digestiva alta e baixa - Causas
Hemorragia digestiva - Diagnóstico e tratamento
Hemorragia digestiva alta e baixa, aguda e crônica - Sinais e sintomas
Gastrite
Endoscopia
Quando barriga atrapalha - Abdominais
Barriga tanquinho
Barriga inchada e arrotos
Hérnia inguinal - Diagnóstico, tratamento e cirurgia
Hérnia Inguinal - O que é, sintomas
Dores abdominais e estomacais - gases, gravidez, dor constante
Como acabar com gases intestinais - Alimentos que causam
Excesso de gases intestinais e seus sintomas
Flatulência - Remédios para gases intestinais e estomacias
Doença de Crohn ou enterite regional - Tratamento
Doença de Crohn ou enterite regional - Causas, sintomas e complicações
Síndrome do intestino irritável
Azia e doença do refluxo gastroesofágico
Indigestão - Dispepsia
Prisão de ventre infantil - Intestino preso em crianças
Intestino mais saudável
Prisão de ventre ou intestino preso
Obstipação - constipação intestinal comum
Colite Ulcerativa
Dor de Barriga
Soro Caseiro
Diarréia em crianças e bebês
Diarréia crônica
Diarréia
Gastroenterite aguda - Tratamento em crianças com terapia de reidratação oral
Gastroenterite viral
Diverticulite
Prisão de ventre infantil - Intestino preso em crianças
Intestino mais saudável
Prisão de ventre ou intestino preso
Laxantes - O que é laxante, casos indicados, tipos
Câncer de estômago - O que é, fatores de risco
H. Pylori e úlcera péptica
Hemorróidas - Sintomas, como tratar hemorróida
Fissura Anal
Fístula Anal
Hemorróidas na gravidez
Hemorróidas externas e internas
Câncer de intestino ou colo-retal
Parto prematuro e Bebê prematuro
Disenteria bacteriana e amébica
Infecção Alimentar
Pancreatite crônica
Pólipos do intestino grosso ou do cólon
Histeroscopia cirúrgica e diagnóstica
Câncer colorretal - Sintomas, diagnóstico e tratamento
Pólipos colorretais e câncer colorretal
Pólipos endometriais ou uterinos
Colonoscopia
Febre Tifóide
Amebíase
Colite ulcerativa - Tratamento e diagnóstico
Colite ulcerativa - Sintomas e causas
Colite colagenosa e linfocítica
Hematospermia ou sangue no esperma
Sangue na urina ou hematúria
Hemofilia A e B
Hemofilia - Sinais e sintomas
Hemofilia - Diagnóstico
Hemofilia tipo A
Tratamento da hemofilia
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2010, Hélio Augusto Ferreira Fontes.
Texto: Nebraska Colon Cancer Screening Program