Copacabana Runners

Síndrome das Pernas Inquietas

Senhor com doença de Parkinson sendo aparado - NIH

O que é a síndrome das pernas inquietas

A síndrome das pernas inquietas é uma desordem sensorial que causa na pessoa uma necessidade incontrolável de mover as pernas. Essa necessidade de mover as pernas é devida a sensações incômodas que ocorrem ao ficar quieto. Mover as pernas melhora essas sensações, mas somente por um tempo. As sensações incômodas também podem ocorrer nos braços
.

Efeitos da síndrome das pernas inquietas

A síndrome das pernas inquietas pode tornar difícil cair no sono e se manter dormindo. Pessoas com síndrome das pernas inquietas não têm sono suficiente e podem sentir-se cansadas e sonolentas durante o dia, o que tornar difícil a concentração, trabalho, estudo, e atividades sociais e cotidianas. Não ter sono suficiente também pode fazer com que a pessoas sinta-se deprimida ou com mau humor.

Tipos de síndrome das pernas inquietas

Há dois tipos de
síndrome das pernas inquietas:

* Síndrome das pernas inquietas primária

Esse é o tipo mais comum, também chamado de síndrome das pernas inquietas idiopática. A síndrome das pernas inquietas primária, uma vez que aparece, geralmente torna-se uma condição para toda a vida. Com o passar do tempo os sintomas tendem a piorar e ocorrem mais freqüentemente, especialmente se a síndrome das pernas inquietas primária começar quando a pessoa é jovem. Em casos leves, pode haver grandes períodos sem sintomas, ou os sintomas podem durar um tempo limitado.

* Síndrome das pernas inquietas secundária

Esse tipo é causado por outra doença ou condição médica, e algumas vezes por certos medicamentos. Os sintomas geralmente desaparecem quando a pessoa fica boa ou melhor da doença ou condição médica, ou quando pára de tomar o medicamento que causou a síndrome das pernas inquietas.

Causas da síndrome das pernas inquietas primária

Nos casos de síndrome das pernas inquietas primária a causa não pode ser encontrada. Porém, é sabido que a síndrome das pernas inquietas primária tende a acontecer em membros da mesma família, o que sugere que há um componente genético na probabilidade de sofrer dessa condição.

Causas da síndrome das pernas inquietas secundária

A síndrome das pernas inquietas secundária é causada por certos medicamentos ou por outra doença ou condição médica. Algumas doenças e condições médicas que podem causar a síndrome das pernas inquietas secundária são:
* Deficiência de ferro, com ou sem anemia.
* Falha nos rins.
* Diabetes.
* Mal de Parkinson.
* Danos ao nervos das mãos ou pés.
* Artrite reumatóide.
* Gravidez.

A síndrome das pernas inquietas secundária é comum em mulheres grávidas, ocorrendo nos últimos 3 meses de gravidez e geralmente melhorando ou desaparecendo em algumas semanas depois do parto. Porém, algumas mulheres podem continuar a ter os sintomas depois do parto ou desenvolver síndrome das pernas inquietas de novo mais tarde.

Tratamento da síndrome das pernas inquietas

O tratamento da síndrome das pernas inquietas visa aliviar os sintomas, melhorar a qualidade do sono e tratar ou corrigir a condição que pode estar causando a síndrome. Os tipos de tratamento incluem mudanças de hábitos e/ou medicamentos. 

As mudanças de hábitos que podem aliviar os sintomas da síndrome das pernas inquietas são:

* Evitar álcool, cafeína, fumo e alguns medicamentos (certos antidepressivos, remédios contra náusea, anti-psicóticos e anti-histaminas).

* Adotar bons hábitos de sono: manter o quarto quieto, escuro e confortável; usar o quarto para dormir e não para ver tv, usar computador e outras atividades; ir dormir e acordar nos mesmos horários.

* Seguir um programa de exercícios físicos de intensidade moderada.

Saiba mais:
Insônia - o que é, causa e tratamento
Nutrição e sono
Falta de sono e pressão alta
Doença de Parkinson: Entendendo uma condição complicada
Bons sonhos para corredores - Sono, saúde e corrida
Narcolepsia, sonolência diurna excessiva e cataplexia
Cansaço e fadiga
Bruxismo ou ranger os dentes
Sono - Quanto precisamos
A importância do sono para nosso corpo
Sonhos e o sono REM
Sono e doenças
Falar dormindo ou Sonilóquio
Sonambulismo - Tratamento e causas
Insônia primária e secundária - O que é, causas, depressão, na gravidez
Insônia na gravidez e na menopausa
Insônia - O que fazer, sintomas, tratamentos
Insônia, ronco, apnéia, sonolência - Desordens do sono
Olheiras - Causas
Síndrome da fadiga crônica
Narcolepsia - Causas, tratamento, sintomas
Rivotril - Clonazepam
Ritalina - Metilfenidato
Sertralina - Zoloft
Doença de Parkinson - Tratamento, sinais e sintomas





 

Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Texto: National Heart, Lung, and Blood Institute
Tradução: copyright © por Helio Augusto Ferreira Fontes