Copacabana Runners

Síndrome do túnel do carpo
Sintomas, tratamento, causas, prevenção

O que é a síndrome do túnel do carpo

A síndrome do túnel do carpo é um problema comum que afeta muitas pessoas em todos os tipos de trabalhos. Os ossos do punho chamados ossos carpais formam um túnel através do qual o nervo mediano e tendões flexores correm até as mãos. O nervo mediano fornece a sensação da maioria das partes da mão e os tendões flexores permite a movimentação da mão.

A síndrome do túnel do carpo entra na categoria de transtornos de traumas acumulados. O trauma repetitivo no caso da síndrome do túnel do carpo pode ser decorrente a simplesmente flexionar e estender o punho. Eventualmente o movimento repetitivo do punho pode causar inchaço no túnel de carpo, pressão no nervo mediano e tendões flexores, e finalmente dor e torpor nas mãos.

Causas da síndrome do túnel do carpo

A síndrome do túnel do carpo ocorre como resultado de superuso crônico. As tarefas que mais comumente podem ocasionar a síndrome do túnel do carpo incluem:
* Trabalhar no computador.
* Costurar.
* Montagem de pequenas partes.
* Uso de ferramentas manuais que vibram ou que são pequenas.
* Vários esportes como golfe, tênis, escalada e remo.

Sintomas da síndrome do túnel do carpo

Os sintomas incluem entorpecimento nos dedos, sensações de dor e formigamento que podem irradiar para o braço e até os dedos. Se a condição progredir, fraqueza pode ser notada e pode ficar mais difícil agarrar objetos. 

Tratamento da síndrome do túnel do carpo

Inicialmente o tratamento envolve reduzir a inflamação ao redor do nervo mediano. Isso pode ser feito com o uso de gelo ou antiinflamatórios. Munhequeira também pode ser utilizada durante atividades repetitivas e ao dormir como forma de suporte temporário para os punhos. Se a síndrome do túnel do carpo não responder ao tratamento conservador, então cirurgia pode ser necessária para reduzir a pressão no nervo mediano.

Prevenção da síndrome do túnel do carpo

Existem formas de prevenção da síndrome do túnel do carpo. Para começar deve-se evitar sempre que possível posições de trabalho com punho que não são naturais ou desajeitadas. Modificar a atividade das mãos e punhos também ajuda a aliviar os sintomas. É aí onde a ergonomia desempenha um papel importante. Deve-se ter a estação de trabalho avaliada e ajustada para se ajustar aos requerimentos físicos da pessoa. Outra forma de prevenção é fazer mini pausas durante o dia de trabalho. Também ajuda alongar e relaxar os ombros, costas, punhos e mãos entre longos períodos de trabalho.



Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus

Artigos relacionados:
Parestesia e formigamento
Síndrome do túnel do carpo
Alongamento e fibromialgia
Alongamentos
Flexibilidade
Edema
Inflamação nas articulações
Tendinite e Bursite - Tendão de Aquiles
Bursite
Antiinflamatórios não-esteróides
Dipirona Sódica - Novalgina, Neosaldina, Buscopan Composto
Dor crônica
Ginástica laboral na qualidade de vida
Ginástica laboral deve ser adequada ao tipo de atividade funcional
Ginástica laboral e seus exercícios
Ginástica Laboral
Massagem
Massoterapia - Aplicações na saúde e para estética
Reeducação Postural Global - RPG
Yoga e Musculação se Completam?
Yoga - Benefícios para a saúde
Hatha yoga
Estresse e sua saúde
Stress
Você sabe lidar com o estresse?
Dores Musculares
Escute seu corpo
Dor na coluna - causas, tratamento
Dores nas costas - Hérnia
Dor Lombar
Boa postura corporal e postura sentada
Lombalgia
Dores nas costas
Quando a corrida desorganiza o corpo - Desequilíbrios musculares e posturais
Escoliose
Biografia de Joseph Hubertus Pilates
O Método Pilates
As aulas de Pilates
Para que serve o Método Pilates?
Pilates x Musculação
As Mudanças no Pilates
Pilates no Pré, Peri e Pós-Natal
O Stúdio de Pilates
Pilates e o treinamento de corrida
Pilates - Método, aparelhos, aulas
Meniscos - Lesões, cirurgia e tratamento
Lesões por superuso x Lesões traumáticas
Dor no Joelho - Síndrome Patelofemoral
Artroscopia - Cirurgia para o joelho
Torcicolo - Dor no pescoço
Reflexologia, tai-chi-chuan, ginástica Lian Gong e meditação - Terapias alternativas
Shiatsu Expresso - Terapias alternativas para o dia de descanso do corredor
Quick Massage - Benefícios
Automassagem para corredores
Eletroterapia
Estimulação Russa
Manthus
Corrente Russa
Arnica - Pomada e gel antiinflamatório
Cotovelo de Tenista ou Epicondilite Lateral
Joanetes - Sintomas e tratamento do joanete
Neuroma de Morton
Raiva humana e animal - Hidrofobia, sintomas
Derrame cerebral - Acidente vascular cerebral - AVC
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © Hélio Augusto Ferreira Fontes.
Este artigo está licenciado sob a GNU Free Documentation License (www.gnu.org/copyleft/fdl.html). Usa material do artigo da Wikipédia "Repetitive strain injury" (en.wikipedia.org/wiki/Repetitive_strain_injury).