Copacabana Runners

Sintomas da leucemia e diagnóstico

Leucemia - CDC/ Stacy Howard

Sintomas da leucemia

Durante os primeiros estágios de leucemia pode não haver sintomas. Muitos dos sintomas da leucemia não ficam aparentes até que grande número de células sanguíneas normais tenham sua função prejudicada pela superpopulação de células de leucemia.

Na leucemia crônica os sintomas desenvolvem gradualmente e geralmente não são tão severos como na leucemia aguda. A leucemia crônica é geralmente encontrada durante exame médico de rotina, antes que os sintomas apareçam. Quando os sintomas aparecem, eles geralmente são moderados no começo e gradualmente ficam piores, mas algumas vezes não pioram até muitos anos depois d diagnóstico inicial. Na leucemia aguda os sintomas geralmente aparecem e pioram rapidamente. Pessoas com leucemia aguda geralmente procuram o médico porque estão se sentindo doentes.

Pessoas com leucemia podem tem altos níveis de células brancas sanguíneas, mas porque muitas dessas células são anormais, elas não conseguem lutar contra infecções. Desta forma, pessoas com leucemia podem desenvolver febre e infecções freqüentes. Uma diminuição das células vermelhas, chamada anemia, pode fazer com que a pessoa sinta-se cansada. Não ter plaquetas suficientes no sangue pode fazer com que a pessoa sangre facilmente.

Alguns sintomas dependem de onde as células de leucemia reúnem-se no corpo. Células de leucemia podem se acumular em diferentes tecidos e órgãos, como trato digestivo, rins, pulmões, nódulos linfáticos, ou outras partes do corpo como olhos, cérebro e testículos. 

Outros sintomas comuns de leucemia são dor de cabeça, perda de peso, dor nos ossos ou articulações, inchaço ou desconforto no abdômen, e inchaço nos nódulos linfáticos. Sintomas de leucemia aguda podem incluir vômito, confusão, perda de controle muscular, e convulsão.

Alguns dos sintomas da leucemia são similares àqueles causados por gripe e outras doenças comuns, então eles não são sinais claros de leucemia. É importante verificar com seu médico caso tenha esses sintomas, o qual é a pessoa capacitada para o diagnóstico e tratamento.

Diagnóstico da leucemia

Para achar as causas dos sintomas relacionados à leucemia, o médico perguntará sobre o histórico médico e conduzirá um exame físico. Durante o exame, o médico checará por sinais da doença como caroços, inchaço nos nódulos linfáticos, baço ou fígado, e qualquer outra coisa que pareça diferente.

O médico pedirá teste de sangue para verificar os níveis e tipos de células sanguíneas, e procurar por alterações na forma dessas células. 

O médico também pode examinar certos fatores no sangue para ver se a leucemia afetou outros órgãos como fígado ou rins.

Mesmo que o teste de sangue sugira leucemia, o médico pode procurar por sinais na medula óssea, ao fazer uma biópsia, antes de dar o diagnóstico. Caso células de leucemia sejam encontradas na medula óssea, o médico pode fazer mais testes para determinar se a doença se espalhou para outras partes do corpo. Raio-x do peito, tomografia computadorizada e ultra-som são testes usados para verificar se a leucemia espalhou a partir da medula óssea.

Saiba mais:
Leucemia linfóide aguda em crianças - Tratamento
Leucemia linfóide aguda em crianças
Leucemia mielóide aguda
Tratamento para leucemia
Leucemia - O que é, tipos
Leucemia - o que é, sintomas, tipos, causas, tratamento
Causas da leucemia e fatores de risco
O que é hemofilia tipo A
Anemia de Fanconi
Mieloma Múltiplo - O que é, fatores de risco, sintomas e tratamento



Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2008, Hélio Augusto Ferreira Fontes
Texto: National Institute on Aging