Copacabana Runners

Sinusite - Diagnóstico, tratamento e prevenção

Exame da garganta - CDC/ Amanda Mills

Diagnóstico da sinusite

Um vez que o nariz pode ficar entupido com o resfriado comum, a pessoa pode confundir uma simples congestão nasal com sinusite. Porém o resfriado geralmente dura de 7 a 14 dias e desaparece sem tratamento. Já a sinusite aguda dura mais e geralmente causa mais sintomas do que um simples resfriado. O médico geralmente diagnostica a sinusite aguda ao escutar os sintomas do paciente e fazer exame físico, o qual inclui examinação dos tecidos nasais. Se os sintomas forem vagos ou persistentes, o médico pode pedir uma tomografia computadorizada para confirmar a sinusite. 

Já com relação à sinusite crônica, o testes laboratoriais para diagnóstico podem incluir:
* Testes de sangue para verificar outras condições associadas com a sinusite, como deficiência imunológica ou fibrose cística.
* Culturas para detectar infecção bacteriana ou por fungos.
* Biopsia para determinar a saúde das células do revestimento da cavidade nasal.

Tratamento da sinusite

Depois de diagnosticada a sinusite e identificada sua causa provável, o médico pode sugerir tratamentos que reduzirão a inflamação e aliviarão os sintomas.

Tratamento da sinusite aguda

O médico pode recomendar o seguinte para a pessoa com sinusite aguda:
* Descongestionantes para reduzir a congestão nasal.
* Antibióticos para controlar a infecção bacteriana, caso esteja presente.
* Analgésico para reduzir qualquer dor.

Porém, deve-se usar descongestionantes somente por alguns dias. Se usá-los por períodos mais longos pode-se ocasionar ainda mais congestão e inchaço das vias nasais. Caso a sinusite tenha sido causada por bactéria, antibióticos utilizados com descongestionante geralmente ajudarão. O médico pode prescrever um antibiótico que ataque o tipo de bactéria mais comumente associado à sinusite. Muitos casos de sinusite acabam sem o uso de antibióticos. Se a pessoa tem uma doença alérgica com sinusite, pode precisar de medicamentos para aliviar os sintomas da alergia. Caso o paciente já tenha asma e então fica com sinusite pode experimentar a piora da asma e deve entrar em contato com seu médico. Adicionalmente, o médico pode prescrever outro tratamento para reduzir a congestão, inchaço e inflamação.

Tratamento da sinusite crônica

Os médicos geralmente acham difícil tratar a sinusite crônica com sucesso, percebendo que os sintomas persistem mesmo depois do uso de antibióticos por um longo período. Alguns médicos usam sprays nasais contendo esteróides. Outros tratam a sinusite crônica como se fosse uma infecção, através de antibióticos e descongestionantes. Há ainda os que fazem o tratamento com uma combinação de antibióticos e sprays nasais contendo esteróides. É preciso ainda mais pesquisas para determinar qual é o melhor tratamento.

Os sprays nasais contendo esteróides são prescritos para reduzir a inflamação na sinusite crônica. Por ainda não se ter certeza da segurança do seu uso a longo prazo, é preciso que o médico pese os riscos e benefícios.

Em casos graves de sinusite crônica o médico pode receitar esteróides orais, como prednisona. Uma vez que os esteróides orais são medicamentos fortes e podem ocasionar efeitos colaterais significativos, deve-se usá-los somente em casos nos quais outros remédios não funcionaram.

Embora remédios caseiro não possam curar a sinusite, eles podem proporcionar algum conforto:
* Inalar vapor de um vaporizador pode abrandar a inflamação.
* Spray nasal salino pode proporcionar alívio.
* Calor gentilmente aplicado sobre a área inflamada pode oferecer conforto.

Quando o tratamento médico falha, cirurgia pode ser a única alternativa para a sinusite crônica. Estudos sugerem que a maioria das pessoas que passaram pela cirurgia tem menos sintomas e melhor qualidade de vida.

Prevenção da sinusite

Embora você não possa prevenir por completo a sinusite, da mesma forma como não pode evitar resfriados e infecções bacterianas, dá para fazer algumas coisas para diminuir a sua freqüência e gravidade, e possivelmente evitar que a sinusite aguda torne-se crônica. Pessoas com susceptibilidade para sinusite, especialmente as que têm alergias, devem evitar ar poluído e não fumar cigarro. Caso suspeite que a sinusite está relacionada à poeira, mofo, pólen ou outros alérgenos, deve consultar o médico para identificar qual alérgeno causa a alergia a fim de tomar as medidas necessárias para reduzi-la. 

Atividade que podem ocasionar sinusite incluem:
* Beber álcool.
* Nadar em piscinas tratadas com cloro.
* Mergulhar.

Saiba mais:
Sinusite - O que é, causas, sintomas
Tosse - Qual é o remédio?
Pólipos Nasais
Rinite vasomotora e alérgica - Sintomas, causas e tratamento
Alérgicos e dúvidas sobre alergia
Desvio de septo nasal
Resfriado Comum - Informações sobre Resfriados
Enxaqueca - Tratamento
Enxaqueca com áurea
Enxaqueca - Sintomas, áurea, causas, tratamento
Enxaqueca - Sintomas, tratamento, remédios, causas e alimentação
Dor de cabeça - Cefaléia tensional
Dieta e dor de cabeça - Enxaqueca e cefaléia
Alergia - Tipos de Alergias
Alergia alimentar - O que é, sintomas, ao leite, ovo
Alergia alimentar - Tratamento e vacinas
Alergia a Alimentos e Alimentar Infantil
Reações alérgicas, urticária, dor de cabeça? Tartrazina
Asma - Causas do ataque, diagnóstico, tratamento
Rinite - Temperatura e umidade



Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


comments powered by Disqus

Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Mais na web:
Sinusite aguda e crônica - O que é, sintomas e tratamento

Créditos:
Tradução: © 2007 Helio Augusto F. Fontes
Texto: National Institutes of Health (NIH)