Copacabana Runners

Soro Caseiro

Pessoas bebendo água - NIH

O que é soro caseiro

O soro caseiro é uma forma simples, barata e eficiente de tratamento para desidratação associada à diarréia, particularmente gastroenterites como as causadas por cólera ou rotavírus. O soro caseiro é constituído de uma solução de sais e açúcares que são administrados oralmente. Soro caseiro é usado em todo o mundo, sendo mais importante em países em desenvolvimento onde salva milhões de crianças da morte por diarréia -- a segunda maior causa de mortes em crianças de menos de 5 anos de idade.

Componentes do soro caseiro pela UNICEF e OMS

A UNICEF e OMS mantêm em conjunto normas oficiais sobre os componentes de pacotes de soro caseiro. Essas normas, usadas para produção comercial de soro caseiro, são:
Para cada 1 litro de preparação, a solução de soro deve conter:
* 2,6 gramas de cloreto de sódio (NaCl).
* 2,9 gramas de citrato de sódio.
* 1,5 gramas de cloreto de potássio.
* 13,5 gramas de glicose anidra.

Há recomendação de adicionar de suplementação de zinco para controle da diarréia, particularmente para crianças. Embora o magnésio seja ingrediente comum em preparações comerciais, ele não faz parte das normas da
UNICEF e OMS.

Fórmulas alternativas de soro caseiro

Embora existam vários produtos comerciais, uma fórmula que pode ser feita em casa de soro caseiro consiste em 8 colheres de chá de açúcar de mesa (sacarose) e 1 colher de chá de sal de cozinha, misturados a 1 litro de água fervida. Frutose ou adoçantes não devem substituir o açúcar da fórmula do soro caseiro. Metade de um copo de suco de laranja ou metade de uma banana amassada pode ser adicionado para cada litro, a fim de adicionar potássio e melhorar o gosto. Essa fórmula do soro caseiro é preferível aos isotônicos para esportistas (como o Gatorade), os quais são formulados para reidratar pessoas com saúde e por isso contêm muito mais açúcar e menos eletrólitos.

Uso do soro caseiro 

Adultos e crianças com desidratação que não estão vomitando podem beber soro caseiro em adição à dieta normal. Pessoas que estão vomitando devem ser alimentadas com pequenas quantidades freqüentes de soro caseiro até resolver a desidratação. Uma vez reidratadas, elas podem voltar a comer alimentos normais quando a náusea passar. Vômito não significa que o soro caseiro não possa ser dado. Desde que mais fluidos entrem do saiam, a reidratação pode ser conseguida.

Soro caseiro e fisiologia

O soro caseiro é considerado o melhor método para combater desidratação causada por diarréia e/ou vômito. Várias doenças podem danificar o intestino, permitindo que água flua do sangue para dentro do intestino esgotando o organismo de fluidos e eletrólitos. No corpo humano a água é absorvida e secretada passivamente, ela segue os movimentos dos sais em um princípio chamado osmose. Então, em muitos casos, a diarréia é causada pela secreção de sais (principalmente sódio) das células do intestino e fluido de água passando por elas.

Simplesmente beber água pode não ser eficiente para reidratação porque é preciso repor os sais. Porém, foi descoberto que o corpo pode absorver solução simples contendo açúcar e sal, o soro caseiro. A reidratação pode ser conseguida bebendo freqüentemente pequenas porções de soro caseiro. É importante fazer a reidratação com soluções que contêm eletrólitos, especialmente sódio e potássio. O açúcar é essencial para melhorar a absorção de eletrólitos e água. O soro caseiro não visa parar a diarréia, mas sim evitar a desidratação até que a doença passe.

Saiba mais:
Diarréia crônica
Quanta água você precisa beber? Sinais de desidratação
Diarréia - Causas, sintomas, tratamento, conduta nutricional
Hidratação - O que beber
Isotônicos
Diarréia em crianças e bebês
Devo passar protetor solar em bebês?
Importância da Água
Desidratação, Calor e Exercícios Físicos
Perigos da desidratação
Gastroenterite aguda - Tratamento em crianças com terapia de reidratação oral
Gastroenterite viral
Aprovada vacina contra diarréia por rotavírus
Colite ulcerativa - Sintomas e causas
Colite colagenosa e linfocítica
Hemorragia digestiva alta e baixa, aguda e crônica - Sinais e sintomas
Giardíase - Infecção por Giárdia
Amebíase
Disenteria bacteriana e amébica
Síndrome hemolítico-urêmica - O que é, causas, sintomas, tratamento
Intoxicação por Salmonela - Salmonelose
Leptospirose - Sintomas, transmissão e tratamento
Cólera
Quem deve se vacinar contra febre amarela
Rotavírus
Calafrios - O que são, causas
Ciclo da malária
Febre Amarela
Ressaca







Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

comments powered by Disqus

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2008, Hélio Augusto Ferreira Fontes.
Este artigo está licenciado sob a GNU Free Documentation License (www.gnu.org/copyleft/fdl.html). Usa material do artigo da Wikipédia "Oral rehydration therapy" (en.wikipedia.org/wiki/Oral_rehydration_therapy).