Copacabana Runners

Tomate é fruta ou legume - História e nutrição

Tomate - National Cancer Institute Image Gallery

O tomate é fruta ou legume

Botanicamente o tomate é um fruto. O tomate tem ovário e sementes de uma planta florífera. Entretanto, tomate tem muito menos açúcar do que as frutas, e desta forma não é doce. Tipicamente servido como parte de uma salada ou de um prato principal, ao invés de sobremesa, o tomate é considerado legume para propósitos culinários. 

A argumentação do tomate ser fruta mas considerado legume para fins culinários, teve implicações legais nos Estados Unidos. Em 1887 as leis tarifárias impuseram uma taxa sobre os legumes, mas não sobre as frutas. Isso fez a classificação do tomate tomar importância legal. A Suprema Corte encerrou a controvérsia em 1893, declarando que o tomate é um legume, baseado na definição popular que o classificava pelo uso, sendo ele utilizado como um prato e não como sobremesa.

História do tomate

O tomate é nativo da América do Sul. Evidências genéticas mostram que a origem do tomate está nas terras altas do Peru. Uma espécie de tomate, Solanum lycopersicum, foi transportada para o México, onde foi cultivada e consumida por civilizações meso-americanas.

Depois da colonização espanhola nas Américas, o tomate foi distribuído pelas colônias espanholas no Caribe. Os espanhóis também levaram o tomate para as Filipinas, de onde se espalhou para o continente asiático. 

Os espanhóis também levaram o tomate para a Europa, onde foi facilmente cultivado no clima mediterrâneo. O cultivo do tomate na Europa começou na década de 1540. O tomate já era usado na culinária européia no começo do século 17 na Espanha. O livro de receitas mais antigo com tomates foi publicado em Nápoles em 1692. Em certas áreas da Itália, como em Florença, o tomate era usado apenas como decoração até ser incorporado na culinária local no final do século 17 ou começo do século 18.

Tomate na nutrição

Acredita-se que o consumo de tomate tenha benefícios ao coração, entre outros. Tomate contém licopeno, um dos antioxidantes naturais mais poderosos. Em alguns estudos o licopeno mostrou ajudar na prevenção de câncer de próstata, porém outros estudos contradisseram essa conclusão. O licopeno também mostrou melhorar a capacidade da pele de proteção contra os raios UV. Tomate também contém vitamina C e vitamina A. O consumo de tomate tem sido associado à diminuição do risco de câncer de mama, além de mostrar ter efeito de proteção contra doenças neurodegenerativas.




Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


comments powered by Disqus

Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

Artigos relacionados:
Tomates e Licopeno
Receita de Molho Antioxidante de Tomate e Melancia
Tabela de calorias dos alimentos
Os 10 alimentos mais saudáveis
Nutrição e Beleza : Receita anti-envelhecimento
Tabela de Índice Glicêmico - Carboidratos
Verduras, legumes e frutas para emagrecer
Frutas e verduras para emagrecer
Receitas da dieta dash
Azia - Causas, alimentos, dieta, tratamento, antiácidos
Fitoquímicos ou Fitonutrientes
Pizza e História das Pizzas
Fontes de vitaminas
Polifenóis, carotenos e fitonutrientes
Dieta antioxidante
Vitamina C - Falta, excesso, função, importância, fontes
Alimentos com suas vitaminas A, B, C, E, D, K
Radicais Livres e Antioxidantes

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2010, Hélio Augusto Ferreira Fontes.
Este artigo está licenciado sob a GNU Free Documentation License (www.gnu.org/copyleft/fdl.html). Usa material do artigo da Wikipédia "Tomato" (en.wikipedia.org/wiki/Tomato).