Copacabana Runners

Toxoplasmose - Transmissão, sintomas e tratamento

Toxoplasmose - CDC/Dr. Martin D. Hicklin

O que é toxoplasmose

A toxoplasmose é uma doença causada pelo protozoário parasita Toxoplasma gondii. Em vários lugares do mundo até 95% da população foi infectada com toxoplasma. As taxas de infecção são maiores em lugares do mundo com clima quente e úmido e em altitudes menores.

Transmissão da toxoplasmose

A toxoplasmose não é transmitida de pessoa para pessoa, exceto em casos de mãe para bebê (congênita), transfusão de sangue e transplante de órgãos. As três formas mais comuns de transmissão são através de alimentação, de animais (zoonose) e de mãe para bebê (congênita).

Transmissão da toxoplasmose através da alimentação

O parasita da toxoplasmose pode ser transmitido a humanos através dos alimentos. Pessoas podem ser infectadas ao:
* Comer carne contaminada não cozinhada.
* Ingestão acidental de carne crua contaminada depois de manuseá-la e não lavar as mãos cuidadosamente (toxoplasma não pode ser absorvido pela pele intacta).
* Comer alimento contaminado por faca ou utensílios que tiveram contato com carne crua contaminada.

Transmissão da toxoplasmose de animais para humanos - zoonose

Os gatos desempenham um papel importante na disseminação da toxoplasmose. Gatos ficam infectados ao comer roedores, passarinhos e outros pequeno animais contaminados. O parasita então é passado nas fezes do gato na forma de oocisto, o qual é microscópio. Pessoas podem acidentalmente engolir o oocisto do parasita ao:
* Ingerir acidentalmente o oocisto depois de limpar a caixa de fezes do gato.
* Ingerir acidentalmente o oocisto depois de tocar ou comer alguma coisa que entrou em contato com fezes de gato infectado com toxoplasma.
* Ingerir acidentalmente o oocisto em solo contaminado.
* Beber água contaminada pelo parasita toxoplasma.

Transmissão da toxoplasmose de mãe para o bebê - congênita

Um mulher que foi infectada recentemente com toxoplasma durante a gravidez pode transmiti-lo ao feto (infecção congênita). A mulher pode não ter sintomas, mas é possível que o bebê sofra conseqüências severas, como doenças no sistema nervoso e olhos.

Tipos raros de transmissão da toxoplasmose

Pessoas que receberam transplante de órgão podem ser infectadas se for de um doador com toxoplasmose. Em ocasiões raras as pessoas também podem ser infectadas ao receber transfusão de sangue.

Sintomas da toxoplasmose

Sintomas da toxoplasmose em pessoas saudáveis que não estão grávidas

Pessoas saudáveis infectadas pelo toxoplasma gondii geralmente não apresentam sintomas porque seu sistema imunológico geralmente impede o parasita de causar doença. Quando a doença ocorre, geralmente apresenta sintomas de gripe que duram por várias semanas e depois vão embora. Porém, o parasita ainda fica no organismo em estado inativo, e pode ser reativado se a pessoa tiver enfraquecimento do sistema imunológico.

Sintomas da toxoplasmose em pessoas com sistema imunológico comprometido

As pessoas com sistema imunológico comprometido podem sofrer sintomas severos da toxoplasmose. Alguns desses sintomas podem incluir febre, confusão, dor de cabeça, convulsão, náusea e coordenação ruim.

Sintomas da toxoplasmose na gravidez

Geralmente se uma mulher foi contaminada antes de ficar grávida o feto ficará protegido, uma vez que a mãe desenvolveu imunidade. Se a mulher for infectada pelo toxoplasma durante a gravidez, ou pouco antes de engravidar, pode passar a infecção para o feto (transmissão congênita). Os danos ao bebê geralmente são mais graves quanto mais cedo a transmissão ocorrer. Potenciais resultados podem ser:
* Aborto espontâneo.
* Bebê natimorto.
* Bebê nascido com sinais de toxoplasmose, como por exemplo tamanho anormal da cabeça.

Os bebês infectados antes do nascimento geralmente não apresentam sintomas ao nascer, porém os desenvolvem posteriormente, como perda potencial da visão, convulsões e retardamento mental.

Toxoplasmose e doença ocular

Doenças oculares (mais freqüentemente retinocoroidite) decorrente de toxoplasmose podem resultar de infecção congênita ou após o nascimento. Lesões nos olhos provenientes da infecção congênita geralmente não são identificadas ao nascimento, mas ocorrem depois na fase adulta em 20-80% das pessoas infectadas.

Tratamento da toxoplasmose

A maioria das pessoas saudáveis recupera-se da toxoplasmose sem tratamento. Pessoas que ficaram doentes podem ser tratadas com uma combinação de medicamentos.

Mulheres grávidas, recém-nascidos e bebês podem ser tratados, porém o parasita não é eliminado completamente. 

Pessoas com toxoplasmose ocular algumas vezes recebem orientação do oftalmologista para usar medicamentos. A recomendação ou não do uso de medicamentos depende do tamanho da lesão ocular, localização e características da lesão.

Pessoas com sistema imunológico comprometido precisam ser tratadas até melhorar da condição. Para pacientes com AIDS, pode ser necessário continuar a medicação pelo resto da vida.

Saiba mais:
Toxoplasmose na gravidez
Intoxicação Alimentar
Salmão e risco de contaminação
Dor abdominal
Difteria
Botulismo
Dor de Barriga
Soro Caseiro

Leptospirose - Sintomas, transmissão e tratamento
Leptospirose
Doença do peixe cru - Difilobotríase
Cólera Rotavírus
Enterobíase ou infecção por oxiúros - Sintomas e tratamento
Amarelão ou Ancilostomíase
Verminose por lombriga ou ascaríase
Lombriga e Ascaridíase
Esquistossomose
Giardíase - Infecção por Giárdia
Amebíase
Disenteria bacteriana e amébica


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


comments powered by Disqus

Assine o nosso boletim e saiba quando forem publicados artigos
Seu e-mail aqui:

Oferecido por FeedBurner

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2008, Hélio Augusto Ferreira Fontes
Texto: CDC - Center for Disease Control and Prevention