HIV e sua transmissão - Beijo, saliva, lágrimas, suor, picadas de insetos

Preservativos - CDC/ Debora Cartagena

Como é a transmissão do HIV

A transmissão do HIV ocorre através de contrato sexual com uma pessoa infectada, ao compartilhar seringas (primariamente para drogas injetáveis) com alguém infectado, ou mais raramente através de transfusão de sangue, durante o parto ou pela amamentação. Bebês de mães com o HIV podem ser infectados antes ou durante o nascimento, ou através da amamentação.

Algumas pessoas temem que possa haver transmissão do HIV por outras formas, porém não há evidência científica que apóiem esses medos. Se o HIV pudesse ser transmitido por outras vias (como ar, água e insetos) o padrão de casos reportados seria muito diferente do observado.

PUBLICIDADE

O HIV no ambiente

Cientistas e autoridades médicas concordam que o HIV não sobrevive bem no ambiente. Isso torna muito remota a probabilidade de transmissão do HIV pelo ambiente. O HIV é encontrado em variadas concentrações no sangue, sêmen, fluido vaginal, leite materno, saliva e lágrimas. Adicionalmente, o HIV é incapaz de se reproduzir fora do seu hospedeiro. Desta forma, o HIV não se espalha ou mantém infeccioso fora de um hospedeiro.

HIV em pessoas que convivem no lar

Embora o HIV já tenha sido transmitido entre membros da família que convivem no lar, esse tipo de transmissão é muito raro. Acredita-se que essas transmissões foram decorrentes de contato entre pele ou mucosa com sangue infectado. Para prevenir mesmo essas raras ocorrências, pode-se tomar precauções como:
* Usar luvas durante contato com sangue ou outros fluidos que contenham sangue visível, como urina, fezes ou vômito.
* Cortes e feridas devem ser cobertos com bandagens.
* Mãos ou outras partes do corpo deve ser lavados imediatamente depois de contado com sangue ou outros fluidos corporais, e superfícies sujas de sangue devem ser desinfetadas.
* Práticas que elevam a probabilidade de contato com sangue, como compartilhar giletes e escova de dentes, devem ser evitadas.
* Agulhas e outros instrumentos cortantes devem ser usados somente quando medicamente necessários e manuseados de acordo com as recomendações.

PUBLICIDADE

Transmissão do HIV no trabalho

Não existe risco conhecido de transmissão do HIV entre funcionários, clientes ou consumidores em estabelecimentos de alimentos. Funcionários com HIV que lidam com alimentos não precisam ter restrições no trabalho a menos que tenham outras infecções ou doenças como diarréia ou hepatite A.

Transmissão do HIV por tatuagem, piercing e acupuntura

Até o momento não existem casos documentados de transmissão do HIV através de tatuagem ou piercing, apesar do vírus da hepatite B já ter sido transmitido durante esses procedimentos. Um caso de transmissão do HIV por acupuntura já foi documentado. Uma vez que a cicatrização do piercing geralmente dura semanas, ou até meses, existe risco teórico de transmissão do HIV se o tecido não cicatrizado entrar em contato com sangue ou outros fluidos corporais de alguém infectado. Adicionalmente, o HIV poderia ser transmitido através de instrumentos contaminados com sangue que não foram esterelizados ou desinfetados apropriadamente.

Transmissão do HIV através do beijo

Contato casual através de beijo “social” ou com a boca fechada não apresenta risco de transmissão do HIV. Por causa do potencial de contato com sangue durante o beijo de língua, o CDC (órgão norte-americano para controle e prevenção de doenças) recomenda não o realizar em pessoas que sabe-se estar infectada com o HIV. Porém, acredita-se que o risco de transmissão do HIV através do beijo de língua seja muito pequeno. O CDC investigou somente um caso de infecção do HIV que poderia ser atribuído ao contato com sangue durante beijo de língua.

Transmissão do HIV e saliva, lágrimas e suor

Em alguns pacientes com AIDS, o vírus HIV foi encontrado em quantidades muito pequenas na saliva e lágrimas. É importante entender que encontrar pequenas quantidades de HIV em fluidos corporais não significa necessariamente que ele possa ser transmitido por esses fluidos. Nunca foi encontrado HIV no suor de pacientes com AIDS. Contato com saliva, lágrimas ou suor nunca mostrou resultar em transmissão do HIV.

Transmissão do HIV por picadas de insetos

Estudos conduzidos por pesquisadores em todo o mundo não mostraram evidência que o HIV possa ser transmitido por picadas de insetos.

Saiba mais:
HIV e AIDS - Tratamento funciona, mas prevenção é a chave
HIV e AIDS - Você está sob risco?
AIDS - Transmissão e prevenção do HIV
Camisinha e AIDS - Eficiência dos preservativos contra o HIV
HIV e AIDS - Qual a diferença?
HIV Positivo e sintomas da AIDS
Tratamento para HIV / AIDS
Mulher e AIDS - Orientações para mulheres com HIV
Transmissão do HIV - Sexo oral e AIDS
Vírus HIV
Cura da AIDS e Prevenção - Pesquisas para vacina e microbicidas
Vacina para HIV / AIDS
Transmissão vertical do HIV controlada
Doenças sexualmente transmissíveis - DST
DSTs na gravidez
DSTs - Testes, diagnóstico, tratamento e prevenção
DSTs mais comuns, sintomas
Tipos de DST
Dicas para corredores portadores do HIV


PUBLICIDADE




Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Tradução: © 2009 Helio Augusto Ferreira Fontes
Texto: National Center for HIV/AIDS, Viral Hepatitis, STD, and TB Prevention